Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/24400
Título: Polimorfismos genéticos dos genes IL6, TNFA e ECA em pacientes diagnosticados com acidente vascular encefálico hemorrágico e/ou aneurisma intracerebral em uma amostra do Distrito Federal
Autor(es): Borges, Felipe Silva Alves
Orientador(es): Nóbrega, Otávio de Tolêdo
Assunto: Acidente vascular cerebral isquêmico
Aneurisma cerebral
Polimorfismo (Genética)
Data de publicação: 5-Set-2017
Data de defesa: 13-Jun-2017
Citação: BORGES, Felipe Silva Alves. Polimorfismos genéticos dos genes IL6, TNFA e ECA em pacientes diagnosticados com acidente vascular encefálico hemorrágico e/ou aneurisma intracerebral em uma amostra do Distrito Federal. 2017. 85 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Médicas)—Universidade de Brasília, Brasília, 2017.
Resumo: O Acidente Vascular Encefálico (AVE) é caracterizado como uma disfunção neurológica aguda provocada pela interrupção do fluxo sanguíneo para o encéfalo ou hemorragia para espaço subaracnoide e/ou intraparenquimatoso. São denominados AVE Isquêmico (AVEI) e AVE Hemorrágico (AVEH). Esta doença é responsável por mais de 68 mil mortes todos os anos e chega a ser considerada a principal causa de morte e incapacidade no Brasil, além de acarretar graves efeitos para a economia e sociedade. A ocorrência de AVEH é menor se comparada com o AVEI, porém produz pior prognóstico. Polimorfismos genéticos têm sido associados a fatores de risco por serem mutações não-raras de troca, inserção ou deleção de nucleotídeos, que alteram regiões codantes, não-codantes ou promotoras de genes e produzem diferentes fenótipos. Este estudo objetivou a investigação de possível associação entre polimorfismos dos genes IL6, TNFA e ECA e a ocorrência do AVEH e/ou Aneurisma Intracerebral, a descrição das respectivas frequências alélicas e genotípicas, e a avaliação de diferentes manifestações clínicas e prognósticos de pacientes residentes no Distrito Federal. Após o consentimento dos participantes, fichas clínicas com as variáveis: idade, sexo, tabagismo, etilismo, características bioquímicas, resultados de exames de imagem foram preenchidas e a coleta de sangue venoso dos participantes foi realizada. O DNA foi extraído das amostras e utilizado nas reações de PCR-RFLP para definição das características genéticas. As frequências genotípicas foram estimadas por contagem direta, por meio do programa SPSS versão 23.0. Aplicou-se o teste qui-quadrado para comparação das distribuições das frequências e detecção de possíveis associações dos genótipos entre os grupos caso e controle. Foram consideradas associações com probabilidades menores que 5% (P<0,05). De acordo com os resultados, concluiu-se que, independentemente do polimorfismo, a presença da HAS é um fator de risco para a ocorrência de AVEH/Aneurisma. Além disso, o genótipo GG, do polimorfismo do gene IL6 -174 G/C, e o alelo D, do polimorfismo do gene ECA D/I, foram considerados fatores de risco para a ocorrência de AVEH/Aneurisma. Em contrapartida, o genótipo AG do gene TNFA -308 G/A diminuiu o risco para a ocorrência de AVEH/Aneurisma, como um fator de proteção.
Abstract: Stroke is characterized as acute neurological dysfunction caused by disruption of blood flow to the brain or hemorrhage to subarachnoid and/or intraparenchymal space. They are named Ischemic Stroke (IS) and Hemorrhagic Stroke (HS). This disease is responsible for more than 68,000 deaths each year and is considered the leading cause of death and disability in Brazil, and has serious effects on the economy and society. The occurrence of HS is smaller when compared to the IS, but produces a worse prognosis. Genetic polymorphisms have been associated with risk factors because they are non-rare nucleotide exchange, insertion or deletion mutations that alter coding, non-coding or promoter regions of genes and produce different phenotypes. This study aimed to investigate the possible association between polymorphisms of the IL6, TNFA and ACE genes and the occurrence of HS and/or Intracerebral Aneurysm, the description of the respective allelic and genotype frequencies, and the evaluation of different clinical and prognostic manifestations of patients residing in the Federal District. After the consent of the participants, clinical files with the variables: age, sex, smoking, alcohol, biochemical characteristics, results of imaging tests were completed and the venous blood collection of the participants was performed. The DNA was extracted from the samples and used in PCR-RFLP reactions to define the genetic characteristics. The genotypic frequencies were estimated by direct counting, using SPSS software version 23.0. The chi-square test was used to compare frequency distributions and to detect possible associations of genotypes between the case and control groups. Associations with probabilities less than 5% (P <0.05) were considered. According to the results, it was concluded that, regardless of the polymorphism, the presence of SAH is a risk factor for the occurrence of HS/Aneurysm. In addition, the GG genotype of the IL6 -174 G/C gene polymorphism and the D allele of the ECA D/I gene polymorphism were considered risk factors for the occurrence of HS/Aneurysm. In contrast, the genotype AG of the TNFA-308 G/A gene decreased the risk for the occurrence of HS/Aneurysm as a protection factor.
Descrição: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Medicina, Programa de Pós-Graduação em Ciências Médicas, 2017.
Texto parcialmente liberado pelo autor.Conteúdo restrito: Artigos 1,2 e 3.
Licença: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Aparece nas coleções:FMD - Mestrado em Ciências Médicas (Dissertações)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2017_FelipeSilvaAlvesBorges_PARCIAL.pdf988,51 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.