Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/24390
Título: Caracterização mineralógica, geoquímica e potencial econômico de ocorrências de terras raras do maciço granítico Serra do Mendes, Goiás
Autor(es): Zapata Montoya, Angélica María
Orientador(es): Botelho, Nilson Francisquini
Assunto: Mineralogia - Goiás (Estado)
Geoquímica - petrologia - minérios
Maciços rochosos
Intemperismo
Data de publicação: 5-Set-2017
Data de defesa: 10-Mar-2017
Citação: ZAPATA MONTOYA, Angélica María. Caracterização mineralógica, geoquímica e potencial econômico de ocorrências de terras raras do maciço granítico Serra do Mendes, Goiás. 2017. v, 62 f., il. Dissertação (Mestrado em Geologia)—Universidade de Brasília, Brasília, 2017.
Resumo: O Maciço Granítico Serra do Mendes (MGSM) está localizado na Província Estanífera de Goiás (PEG), que é caracterizada por corpos de granito de tipo A com conteúdos de estanho e elementos das terras raras associados. O maciço da Serra do Mendes é o maior corpo granítico da subprovincia do Paranã e possui 3 fácies principais pertencentes à Suíte Granítica Pedra Branca. Esta suíte tem idades de 1.77 a 1.74 Ga, com uma tendência subalcalina para alcalina e altas concentrações de Zr, Y e ETR. Amostras de rocha fresca, saprolito e sedimentos de drenagem foram coletadas das fácies graníticas mais abundantes, PB1a e PB1c, com o objetivo de caracterizar os minerais portadores de ETR e suas concentrações. As técnicas analíticas incluíram petrografia, microscopia eletrônica de varredura, análise de química mineral por microssonda eletrônica (EPMA) e geoquímica de rocha total. A fácies mais evoluída, PB1c, contém as concentrações mais elevadas de minerais portadores de ETR, sendo os mais notáveis fluocerita-Ce, oxifluoretos de ETR, bastnaesita, monazita, allanita, soluções sólidas de torita-zircão e torita-xenotima, além de apatita. De acordo com a litogeoquímica, a fácies mais abundante, PB1a, contém concentrações de ETR de 363.8 a 985.9 ppm, e seu saprolito contém concentrações de 60 a 1283.9 ppm, com razões LaN / YbN entre 4 e 17,7. A facies PB1c contém ETR em concentrações entre 460.9 e 958.6 ppm, e seus saprolitos contêm concentrações de ETR de 495.7 e 902.1 ppm. As razões LaN / YbN nas rochas e saprolitos estão entre 2 e 12.3. Ao lado dos minerais de terras raras, merece destaque a ocorrência de zircão e torita com até 20% de ETR2O3 + Y2O3. As concentrações de ETR, juntamente com fatores como o clima e morfologia da área de estudo, tornam o Maciço Granítico da Serra do Mendes um alvo interessante para prospecção e exploração de ETR.
Abstract: The Serra do Mendes granite massif (SMGM) is located in the Goiás tin province (GTP), which is characterized by A-type granite bodies that bear tin and associated rare earth elements (REEs). The Serra do Mendes massif is the largest granitic body in the Paranã subprovince and has 3 main facies belonging to the Pedra Branca Granite Suite. This suite has ages of 1.77 to 1.74 Ga, a subalkaline to alkaline tendency and high concentrations of Zr, Y and REEs. Samples of fresh rock, saprolite and alluvial sediments were collected from the most abundant facies, PB1a and PB1c, with the objective of characterizing the REE-bearing minerals and their concentrations. The analytical techniques included petrography, scanning electron microscopy, mineral chemistry analysis with an electron probe micro-analyzer (EPMA) and total rock geochemistry. The most evolved facies, PB1c, contains the highest concentrations of REE-bearing minerals, the most noteworthy of which are fluocerite-Ce, REE oxyfluorides, bastnaesite, monazite, allanite, solid solutions of thorite, zircon, fluorite and apatite. REE contents in the most abundant facies, PB1a, range from 363.8 to 985.9 ppm, and its saprolite contains concentrations of 60 and 1283.9 ppm with LaN/YbN ratios between 4 and 17.7. Facies PB1c contains REEs at concentrations between 460.9 and 958.6 ppm, and its saprolites contain concentrations of REEs of 495.7 and 902.1 ppm. The LaN/YbN ratios in the rocks and are between 2 and 12.3. Along with the REE minerals, it is noteworthy the occurrence of zircon and thorite with up to 20% REE2O3 + Y2O3. These values together with factors such as the climate and morphology of the study area make the Serra do Mendes granite massif an interesting objective for prospecting and exploration for REEs.
Descrição: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Geociências, Programa de Pós-Graduação em Geologia, 2017.
Licença: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Aparece nas coleções:IG - Mestrado em Geologia (Dissertações)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2017_AngélicaMaríaZapataMontoya.pdf3,48 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.