Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/24329
Título: Política pública de acesso ao ensino superior : um estudo de caso sobre a utilização do ENEM-SISU na Universidade de Brasília de 2012 a 2016
Autor(es): Goellner, Isabella de Araujo
Orientador(es): Collares, Ana Cristina Murta
Assunto: Ensino superior - pesquisa
Universidades e faculdades - ingresso
Exame Nacional do Ensino Médio (Brasil)
Política pública - educação
Data de publicação: 28-Ago-2017
Data de defesa: 20-Abr-2017
Citação: GOELLNER, Isabella de Araujo. Política pública de acesso ao ensino superior: um estudo de caso sobre a utilização do ENEM-SISU na Universidade de Brasília de 2012 a 2016. 2017. 105 f., il. Dissertação (Mestrado em Sociologia)—Universidade de Brasília, Brasília, 2017.
Resumo: Esta dissertação empreende um estudo de caso, na Universidade de Brasília, sobre a adoção do Enem em 2012 e do Sisu em 2014 até 2016 com comparação desses com os principais mecanismos de acesso à UnB: PAS e Vestibular. O objetivo foi analisar de que forma o perfil dos alunos ingressantes pelo Enem-Sisu se diferencia do Vestibular e do PAS. Os perfis dos alunos foram obtidos através do questionário aplicado no ato de matrícula dos alunos. A partir das respostas desse questionário foram elaborados bancos dados com as informações de ingresso dos alunos de 2012 a 2016. Os dados utilizados foram disponibilizados pelo Decanato de Ensino de Graduação e as bases de dados trabalhadas pelo Observatório da Vida Estudantil da Universidade de Brasília. Por meio de análises descritivas desses perfis foi possível observar as diferenças durante os anos de entrada e entre as formas de ingresso e confirmar a existência de diferentes perfis segundo forma de ingresso, validando a hipótese inicial de que a seleção dos estudantes se dá de maneira diversa entre as formas de ingresso e que seus alunos têm tipos específicos de perfis e que possivelmente essas diferenças são dadas pelo formato da prova e do sistema de ingresso. A diferença na composição do alunado da Universidade se daria em diversas dimensões, tais como estado de origem dos alunos, gênero, indicador socioeconômico e satisfação com o curso. O Enem-Sisu apresenta maiores porcentagens de alunos homens, oriundos de outros estados, que tem menor status sócio econômico, oriundos de escolas públicas e pelo sistema de cotas. Eles também são os alunos que menos fazem cursos preparatórios para a prova e cursos de línguas. Deste modo, existe a possibilidade de certo benefício do ponto de vista da diversificação dos alunos com a adoção deste tipo de mecanismo de seleção pela Universidade, mesmo que de forma pequena e inicial.
Abstract: This thesis undertakes a case study, at the University of Brasília, about the adoption of Enem in 2012 and Sisu in 2014 until 2016, comparing this form of entry with the main mechanisms of access to UnB: PAS and Vestibular. The objective was to analyze how the profile of incoming students by the Enem-Sisu differs from Vestibular and PAS. The profiles of the students were obtained through the questionnaire applied in the student enrollment act. From the answers of this questionnaire, data banks were elaborated with the information of entrance of students from 2012 to 2016. The data used were made available by the Decanato de Ensino de Graduação and the databases worked by the observatory of Student Life of the University of Brasília-Observatório da Vida Estudantil da Universidade de Brasília. Through these analyzes descriptive of these profiles it was possible to observe the differences during the years of entry and between the forms of entry and to confirm the existence of different profiles according to the form of entry, validating the initial hypothesis that the selection of students occurs in a different way between the forms of entry and that their students have specific types of profiles and that possibly these differences are given by the format of the test and the system of entry. The difference in the student composition of the University would occur in several dimensions, such as students' home state, gender, socioeconomic indicator and satisfaction with the course. Enem-Sisu presents higher percentages of male students, from other states, who have lower socioeconomic status, coming from public schools and by the quota system. They are also the students who least take preparatory courses for the test and language courses. Thus, there is the possibility of some benefit from the point of view of the diversification of students with the adoption of this type of selection mechanism by the University, even in a small and initial way.
Descrição: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Sociais, Departamento de Sociologia, 2017.
Licença: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Aparece nas coleções:SOL - Mestrado em Sociologia (Dissertações)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2017_IsabelladeAraujoGoellner.pdf1,34 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.