Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/24282
Título: O homem duplicado e seus outros : intertextualidades em José Saramago e Denis Villeneuve
Autor(es): Beraldo, Jana Portela
Orientador(es): Braga, Cláudio Roberto Vieira
Assunto: Cinema e literatura
Saramago, José, 1922-2010 - crítica e interpretação
Literatura - crítica e interpretação
Tradução intersemiótica
Data de publicação: 24-Ago-2017
Data de defesa: 21-Mar-2017
Citação: BERALDO, Jana Portela. O homem duplicado e seus outros: intertextualidades em José Saramago e Denis Villeneuve. 2017. vii, 101 f., il. Dissertação (Mestrado em Literatura)—Universidade de Brasília, Brasília, 2017.
Resumo: Frequentemente a relação entre literatura e cinema é tida como equivalente à relação entre original e cópia. Com uma análise comparativa entre o romance O homem duplicado, de José Saramago (2002), e o filme Enemy, de Denis Villeneuve (2013), entretanto, objetiva-se demonstrar que essa percepção é pouco cuidadosa, uma vez que tanto o livro quanto a película inexistem como obras intocadas por outros textos. A argumentação empregada para sustentar essa hipótese é tecida com base na análise da relação intertextual que elas estabelecem com outras artes, com a história e com a ciência. Minha discussão teórica, por conseguinte, se faz especialmente à luz das teorias do dialogismo de Mikhail Bakhtin (2011) e da intertextualidade de Julia Kristeva (2012) e Roland Barthes (1992), de conceitos teóricos sobre adaptação e tradução intersemiótica, formulados por Thomas Leitch (2004), Robert Stam (2008) e Julio Plaza (2013), entre outros, e dos entendimentos de Irina O. Rajewsky (2012) e André Gaudreault e Philippe Marion (2012) acerca da intermidialidade. Ao final desta pesquisa, aponta-se para uma prevalência, no meio artístico em geral, de um mecanismo de criação que naturalmente nega – ainda que seus autores não o façam – a existência de trabalhos absolutamente autênticos e, ao mesmo tempo, reconhece e valoriza o papel de diferentes estilos de composição.
Abstract: The relationship between Literature and Cinema is frequently considered to be equivalent to the relationship between a copy and its original. Through a comparative analysis between the novel The Double, written by José Saramago (2002), and the film Enemy, directed by Denis Villeneuve (2013), however, we aimed at demonstrating that such a perception is inaccurate, since both the book and the movie do not exist as works untouched by other texts. The argumentation used to support this hypothesis relies on the analysis of the intertextual relationship between the works in study and texts that preceded them. Our theoretical discussion, therefore, is carried out specially in light of Mikhail Bakhtin’s theory of dialogism (2011) and Julia Kristeva (2012) and Roland Barthes’ (1992) theory of intertextuality, as well as of theoretical concepts on adaptation and intersemiotic translation, formulated by Thomas Leitch (2004), Robert Stam (2008) and Julio Plaza (2013), amongst others, and of the understandings of Irina O. Rajewsky (2012) and André Gaudreault and Philippe Marion (2012) about intermediality. By the end of this research, we point out to a prevalence, in art in general, of a mechanism of creation that naturally denies –even when their authors do not – the existence of absolutely authentic works and, at the same time, recognizes and values the role of different styles of composition.
Descrição: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Departamento de Teoria Literária e Literaturas, Programa de Pós-Graduação em Literatura, 2017.
Licença: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Aparece nas coleções:TEL - Mestrado em Literatura (Dissertações)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2017_JanaPortelaBeraldo.pdf3,98 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.