Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/24242
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2016_RodrigodosSantosCamilo.pdf2,42 MBAdobe PDFView/Open
Title: Análise discursiva crítica da representação social de resistência da presidenta da República do Brasil em tempos de crise
Authors: Camilo, Rodrigo dos Santos
Orientador(es):: Silva, Francisca Cordélia Oliveira da
Assunto:: Análise de discurso crítica
Representações sociais
Rousseff, Dilma, 1947-
Discurso político
Mídia social - Brasil
Issue Date: 22-Aug-2017
Citation: CAMILO, Rodrigo dos Santos. Análise discursiva crítica da representação social de resistência da presidenta da República do Brasil em tempos de crise. 2016. 201 f., il. Dissertação (Mestrado em Linguística)—Universidade de Brasília, Brasília, 2016.
Abstract: Esta pesquisa social discursiva crítica tem como propósito a investigação: do modo como a presidenta da República do Brasil, Dilma Rousseff, construiu sua representação social de resistência no ano de 2015; das estratégias ideológicas que foram mobilizadas nos discursos oficiais para constituir a representação da líder política; da relação entre o discurso político presidencial e a mídia social Facebook. O corpus é composto de três discursos oficiais da chefe de governo e de três postagens sobre esses discursos na rede social Facebook. A análise é alicerçada nos pressupostos principais da Análise de Discurso Crítica (ADC), sobretudo na concepção proposta por Norman Fairclough (2001; 2003), Pedro (1998) e van Dijk (2008); na Teoria da Representação Social (TRS), nas bases de Guareschi e Jovchelovitch (2013), de Minayo (2013); em conexão com a Representação de Atores Sociais, segundo van Leeuwen (1998). Fundamenta-se, também, na perspectiva da Ideologia e seus modos de operação conforme Thompson (2009), e nas contribuições de Eagleton (1997) e de Chaui (1995). Alguns conceitos sobre a política e a participação feminina, de acordo com Avelar (2001; 2007), e as mídias sociais, baseado em Martino (2013), também foram abordados. A metodologia é qualitativa, apoiada em Bauer e Gaskell (2015) e Flick (2007); e as categorias analíticas são adotadas de Fairclough (1992), de van Leeuwen (1998) e de Thompson (2009). Os resultados revelaram que a presidenta da República, no ano de 2015, representou-se com dupla face: de um lado, como membro ativo e principal do corpo social formado por todos os brasileiros; por outro lado, mostrou-se como agente, atuando como protagonista da cena sociopolítica do Brasil. Para alcançar esses resultados, Dilma Rousseff legitimou-se como líder capacitada e humana para convencer a população brasileira a respeito de seus propósitos políticos para o contexto social de crise daquele período.
Abstract: This critical social discourse research aims to investigate a) how Dilma Rousseff, the President of the Federative Republic of Brazil, built her social representation of resistance in the course of 2015; b) the ideological strategies used in official speeches to build her representation as political leader; and c) the relationship between the presidential political discourse and the social media Facebook. The corpus comprises three official speeches by the Rousseff and three posts on Facebook about these speeches. The analysis is based on the main assumptions of the Critical Discourse Analysis, particularly in the conception by Norman Fairclough (2001; 2003), Pedro (1998) and van Dijk (2008); on the Theory of Social Representation as in Guareschi and Jovchelovitch (2013) and Minayo (2013); and in connection with Social Actors Representation by van Leeuwen (1998). It is also based on the definition of Ideology and its modi operandi according to Thompson (2009) and on the contributions of Eagleton (1997) and Chaui (1995). Some concepts about politics and female participation by Avelar (2001; 2007) and about social media by Martino (2013) were also used. The methodology is qualitative, based on Bauer and Gaskell (2015) and Flick (2007), while the analytic categories follow Fairclough (1992), van Leeuwen (1998) and Thompson (2009). Results show that President Rousseff represented herself in a dual role in 2015: on the one side as an active, leading member of the social body formed by all Brazilians; on the other side, as an agent that acts as protagonist of the Brazilian sociopolitical scene. To achieve these effects, Dilma Rousseff legitimated herself as a capacitated, humane leader to convince the Brazilian population about her political purposes for the social context of crisis of that period.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Letras, Departamento de Linguística, Português e Línguas Clássicas, Programa de Pós-Graduação em Linguística, 2016.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:LIP - Mestrado em Linguística (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/24242/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.