Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/24189
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2017_GrazielleTatianeSantana.pdf1,63 MBAdobe PDFView/Open
Title: Qualidade dos lucros e reputação corporativa das empresas no Brasil : uma análise sob a ótica da persistência
Authors: Santana, Grazielle Tatiane
Orientador(es):: Gonçalves, Rodrigo de Souza
Assunto:: Sustentabilidade empresarial
Stakeholders
Reputação corporativa
Issue Date: 18-Aug-2017
Citation: SANTANA, Grazielle Tatiane. Qualidade dos lucros e reputação corporativa das empresas no Brasil: uma análise sob a ótica da persistência. 2017. 100 f., il. Dissertação (Mestrado em Ciências Contábeis)—Universidade de Brasília, Brasília, 2017.
Abstract: As empresas buscam legitimar suas atividades frente aos stakeholders por meio de práticas de responsabilidade social. A reputação corporativa surge como a percepção dos stakeholders dessas ações sociais, de maneira que eles exigem maior transparência e relatórios financeiros de maior qualidade. As empresas com maior demanda por esses relatórios, devem apresentar maior qualidade visto que os aspectos financeiros e organizacionais da reputação não são vistos isoladamente e, portanto, comportamentos inadequados podem ameaçar a reputação de uma empresa. Sendo assim, quanto mais positiva a reputação corporativa de uma determinada empresa, melhor será a avaliação por parte do mercado de ações, bem como no desempenho contábil e financeiro. A partir dessa relação, este estudo tem por objetivo verificar se a reputação corporativa contribui para uma maior persistência nos lucros das empresas brasileiras abertas. A reputação corporativa é um conjunto de percepções de diferentes stakeholders, portanto, como proxies de reputação, considerou-se o Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE) para captar percepções de investidores e o Índice de Social Disclosure (ISD) para captar percepções dos investidores e usuários externos. A qualidade dos lucros foi mensurada pela persistência dos lucros, sob a hipótese de que empresas com maior reputação corporativa apresentam lucros mais persistentes e, portanto, mais úteis para fins de decisões econômicas e financeiras. Para tanto, foram analisadas uma média de 48 empresas abertas no período de 2011 a 2015. Os resultados evidenciam que a reputação corporativa, mensurada pelo ISD, afeta a qualidade dos lucros positivamente, contudo não contemporaneamente. Verificou-se que essa associação positiva ocorre de maneira dinâmica, pois o mercado precifica as informações disponíveis prospectiva e retroativamente. Ressalta-se que, o Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE) não apresentou significância estatística, não sendo possível afirmar que a reputação corporativa, mensurada por esse índice, afeta a qualidade dos lucros.
Abstract: Companies seek to legitimize their activities stakeholders by means of social responsibility practices. Corporate reputation arises with the stakeholders' perception of these social actions, so they require greater transparency and better quality financial reporting. The firms with the highest demand for these reports should be of a higher quality since the financial and organizational aspects of reputation are not seen in isolation and, therefore, inappropriate behavior can threaten a company's reputation. Thus, the more positive the corporate reputation of a particular company, the greater the positive effect on the stock market and on the accounting and financial performance. Based on this relationship, this study aims to verify if corporate reputation contributes to a better persistence of the earnings of Brazilian publicly traded companies. Corporate reputation is a set of perceptions of different stakeholders, therefore, as proxies of reputation, it was considered both the Corporate Sustainability Index (CSI), that was used to capture investor perceptions, and the Social Disclosure Index (SDI) that was used to capture perceptions of investors and external users. The quality of earnings was measured by the persistence of the earnings, because of the assumption maintained that the more persistent earnings are sustainable and therefore more useful for economic and financial decisions. For that, an average of 48 companies were analyzed in the period from 2011 to 2015. The results show that corporate reputation, measured by SDI, affects the quality of earnings positively, but not contemporaneously. It was verified that this positive association occurs dynamically, because the market prices the information available prospectively and retroactively. It should be noted that the Corporate Sustainability Index (CSI) did not present statistical significance, and it can not be affirmed that the corporate reputation measured by this index affects the quality of the earnings.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade e Gestão de Políticas Públicas, Programa de Pós-Graduação em Ciências Contábeis, 2017.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:CCA - Mestrado em Ciências Contábeis (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/24189/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.