Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/24175
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2017_BrunaPortelladeNovaes.pdf1,22 MBAdobe PDFView/Open
Title: Embranquecer a cidade negra : gestão do trabalho de rua em Salvador no início do século XX
Authors: Novaes, Bruna Portella de
Orientador(es):: Duarte, Evandro Charles Piza
Assunto:: Trabalho informal
Trabalho - aspectos sociais
Espaços urbanos
Issue Date: 18-Aug-2017
Citation: NOVAES, Bruna Portella de. Embranquecer a cidade negra: gestão do trabalho de rua em Salvador no início do século XX. 2017. 144 f., il. Dissertação (Mestrado em Direito)—Universidade de Brasília, Brasília, 2017.
Abstract: O presente trabalho parte do questionamento sobre as formas de gestão construídas pelo poder público municipal em relação ao trabalho de rua, na cidade de Salvador do início do século XX. Adota-se conceito de trabalho de rua como aquele realizado no espaço público, de forma prioritariamente autônoma, centrado no comércio e no carregamento de volumes, fortemente conectado à escravidão urbana, tendo como protagonistas a população negra e pobre. Utiliza-se, enquanto ferramentas de análise, o referencial teórico da gestão dos ilegalismos e os estudos sobre governamentalidade de Foucault, além da noção de branqueamento, como forma de aproximar-se da realidade periférica do Brasil e da Bahia. A pesquisa se propõe qualitativa e documental, tomando como fontes documentos públicos enunciados pelo poder municipal, tanto de caráter jurídico (legislação) quanto de circulação interna à administração (relatórios e pareceres).
Abstract: This work develops itself from the questioning about the forms of management constructed by the municipal public power towards street work, in the city of Salvador, in the early twentieth century. It adopts the concept of street work as a work that is carried out in the public space, in a primarily autonomous way, centered on street vendors and transport of goods, strongly connected to urban slavery, with the black and poor population as protagonists. Theoretical reference from Michael Foucault’s management of illegalisms and governmentality are used as analysis tools, as well as the notion of “whitening”, which is especially relevant to approach the peripheral reality of Brazil and Bahia. As a qualitative and documentary research, it takes its sources from public documents, enunciated by the municipal power, both of legal nature (legislation) and of internal circulation to the public administration (reports and technical advices).
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Direito, Curso de Pós-Graduação em Direito, 2017.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:FD - Mestrado em Direito (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/24175/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.