Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/24133
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2016_MoniqueAlves.pdf1,06 MBAdobe PDFView/Open
Title: Semeadura direta de ervas, arbustos e árvores para restauração do Cerrado
Authors: Alves, Monique
Orientador(es):: Vieira, Daniel Luis Mascia
Assunto:: Semeadura direta
Cerrados - conservação
Cerrados - flora
Issue Date: 15-Aug-2017
Citation: ALVES, Monique. Semeadura direta de ervas, arbustos e árvores para restauração do Cerrado. 2016. ix, 55 f., il. Dissertação (Mestrado em Ecologia)—Universidade de Brasília, Brasília, 2016.
Abstract: O Cerrado, bioma reconhecido por sua formação savânica, tem sido intensamente convertido em áreas de agricultura e pastagem, ameaçando a conservação da biodiversidade nesses ambientes. Por conta disso, se faz necessário o uso de métodos de restauração de recomposição da vegetação, iniciando ou acelerando a trajetória de um estado degradado a um estado de maior complexidade estrutural e maior diversidade, principalmente em locais ameaçados pela invasão de gramíneas exóticas. A inclusão de espécies competidoras que cresçam rápido e ocupem o solo pode constituir uma boa maneira de ultrapassar este gargalo. Neste trabalho foram conduzidos dois experimentos para (i) testar o estabelecimento de diferentes densidades de Stylosanthes capitata e Stylosanthes macrocephala no desenvolvimento de uma comunidade estabelecida por semeadura direta ao longo de 27 meses; e (ii) avaliar por 12 meses a dinâmica de comunidade com diferentes composições e estrutura iniciais, em áreas de restauração ecológica por semeadura direta em cerrado sentido restrito. O primeiro experimento foi baseado no plantio de 23 espécies em sete faixas de semeadura de 10 × 100 m, com três tratamentos de diferentes densidades de semeadura de Stylosanthes capitata e Stylosanthes macrocephala. Foram feitas avaliações de densidade de indivíduos e cobertura do solo aos 8, 14 e 27 meses. Para o segundo experimento, em 2015 foi feita a avaliação de três áreas semeadas em 2012, 2013 e 2014, a partir do método de interepctação de pontos, com parcelas distribuídas de forma a abranger o maior gradiente de cobertura de espécies nativas plantadas e gramíneas africanas invasoras. A porcentagem de cobertura do solo foi estimada visualmente. Aos 27 meses havia 28% de solo exposto, 28% de espécies nativas semeadas e 39% de gramíneas exóticas. A densidade final de espécies foi de 13 espécies.5m-², e de indivíduos foi de 154 indivíduos m- ² e 24 indivíduos 5m- ² para respectivamente Stylosanthes capitata e Stylosanthes macrocephala. A composição das espécies variou, com as espécies herbáceas apresentando a maior densidade aos 27 meses (70 indivíduos/5m²) e as arbóreas as menores densidades (32 indivíduos/5m²). Parcelas com cobertura total inicial baixa (menos de 150 toques) apresentaram maior alteração da comunidade ao longo do tempo, e parcelas com cobertura total inicial alta (mais de 150 toques) variaram menos, indicando que uma alta cobertura inicial promove uma redução do espaço disponível para o crescimento das plantas, limitando, consequentemente, o aumento da cobertura e o estabelecimento de novas espécies. Em 64% das parcelas houve aumento na cobertura relativa de espécies exóticas, enquanto 34% apresentou aumento na cobertura relativa de espécies nativas. O melhor ajuste à regressão sigmoidal demonstra que a competição é assimétrica, A NMDS mostra que houve alteração da comunidade de um ano para o outro. A semeadura direta é uma boa técnica para introdução de espécies de todos os estratos de formações de Cerrado. Para isso, é necessário um controle mais eficiente das espécies exóticas, assim como a introdução de espécies de gramíneas nativas com características funcionais similares às exóticas invasoras.
Abstract: The Cerrado, Biome recognized for its savanna formation, has been intensively converted into crops and pasture areas, which threatens the region’s biodiversity conservation. In this context, it is necessary to deploy vegetation restoration methods, which start or accelerate the trajectory of a degraded area to a state of greater structural complexity and diversity, especially in places threatened by invasion of exotic grasses. The inclusion of competing species that grow and cover the ground quickly can be a good way to overcome this obstacle. In this study, two experiments were carried out to (i) to test different establishment densities of Stylosanthes capitata e Stylosanthes macrocephala in the development of a community introduced by direct sowing, by observing the establishment and development of the sown community over 27 months; and (ii) assess during 12 months the dynamics of the community with different initial compositions and structure in strict sense cerrado areas restored by direct seeding. The first experiment was based on the planting of 23 species in seven sowing strips of 10×100-m, with three treatments of different sowing densities of Stylosanthes capitata e Stylosanthes macrocephala. Density assesments were made at 8th, 14th and 27th months. In the second experiment, in 2015 were made assesments of three areas sown in 2012, 2013 e 2014, in plots distributed in order to cover the greater coverage gradient of native planted species and invasive African grasses. Soil cover was estimated visually. At the 27th month, there were 28% of soil exposed, 28% of native species, and 39% of exotic grasses. The final density of species was 13 species/5 m², of individuals was 154 individuals/5 m², and 24 individuals/5m² for respectively Stylosanthes capitata e Stylosanthes macrocephala. Species composition varied, with herbaceous plants presenting the highest final density at the 27th month (70 individuals/5 m²) and trees the smallest densities (32 individuals/5 m²). Plots with total initial cover below 150 touches showed the greatest change in the community over time, and plots with more than 150 touches at the initial stage varied less, indicating that high initial coverage promotes a reduction of the space available for plant growth, limiting consequently, the increase in coverage and the establishment of new species. In 64% of the plots, there was an increase in the relative cover of exotic species, while 34% showed an increase in the relative cover of native species. The best fit to the sigmoidal regression demonstrated that competition is asymmetric. The NMDS ordination showed that the community changed from one year to the next. Direct sowing is a good technique to introduce species from all strata of Cerrado formations. A more efficient control of exotic species previously introduced for pasture is therefore required.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Biológicas, Departamento de Ecologia, Programa de Pós-Graduação em Ecologia, 2016.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:ECL - Mestrado em Ecologia (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/24133/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.