Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/23978
Título: Exercício resistido reduz a atividade da MMP-2 no tendão do quadríceps e no ligamento patelar de ratos induzidos a osteoartrite
Autor(es): Lira, Eliene Martins de
Orientador(es): Durigan, Rita de Cássia Marquetti
Assunto: Tendões
Ligamento patelar
Osteoartrite
Quadríceps
Data de publicação: 31-Jul-2017
Data de defesa: 2-Mar-2017
Citação: LIRA, Eliene Martins de. Exercício resistido reduz a atividade da MMP-2 no tendão do quadríceps e no ligamento patelar de ratos induzidos a osteoartrite. 2017. viii, 39 f., il. Dissertação (Mestrado em Ciências e Tecnologias em Saúde)—Universidade de Brasília, Brasília, 2017.
Resumo: O objetivo do estudo foi avaliar a atividade da MMP-2 no tendão do músculo quadríceps e no ligamento patelar após treinamento resistido em modelo animal induzido à osteoartrite (OA) após lesão do ligamento cruzado anterior (LCA). Métodos: Foram utilizados 36 ratos (com peso 300 aproximado ± 10g) divididos em 6 grupos experimentais, (n = 6/ cada): controle (C), osteoartrite (OA), sham (S), exercício (E), osteoartrite e exercício (OAE), sham e exercício (SE). O treinamento de força foi realizado durante oito semanas no qual os animais subiram uma escada vertical de 1,1 m com pesos conectados a suas caudas. Os animais realizaram 10 sessões com intervalo de 30 segundos entre cada subida, 3 vezes por semana, em dias alternados durante um período total de 8 semanas. A atividade da MMP-2 foi analisada por zimografia. Resultados: Houve diminuição significativa nas bandas pró, intermediária e ativada MMP-2 no grupo de osteoartrite exercício (OAE) quando comparada com os grupos osteoartrite (OA) e sham com exercício (SE) em ambos, tendão quadríceps e ligamento patelar (p<0,05). Além disso, quando comparado o conteúdo da MMP-2 entre os dois tecidos (tendão e ligamento), um maior conteúdo de MMP-2 foi observado no ligamento do que no tendão patelar (p<0,05). Conclusão: O exercício resistido realizado durante oito semanas modulou positivamente a atividade de MMP-2 no tendão quadríceps e no ligamento patelar com OA. Dessa forma, a regulação negativa da ativação de MMP-2 representa uma resposta positiva promovida pelo treinamento para o tendão quadríceps e ligamento patelar em animais com OA. Assim como, importância clínica, o treinamento resistido pode atuar na redução de expressão da MMP-2 em quadros de OA preservando a articulação e minimizando a progressão da doença.
Abstract: The aim of the study was to evaluate the MMP-2 activation in the tendon and patellar ligament after strength training exercise in rats model submitted toanterior cruciate ligamentinjury. Methods: We have evaluated 36 male rats (with an approximate weight 300±10g) divided into 6 experimental groups, (n = 6/each) control (C), osteoarthritis (OA), sham (S), exercise (E), osteoarthritis with exercise (OAE), sham with exercise (SE). An eight week strength training period, during which the animals climbed a 1.1-m vertical ladder with weights attached to their tails. The animals performed 10 sessions climbingwith 30 seconds interval between each climb, 3 sessions per week on alternate days for a total period of 8 weeks. The MMP-2 activity was analyzed by zymography. Results: There wassignificant decreased in active-, intermediate- and pro-MMP-2in the osteoarthritis with exercise (OE) group when compared to the osteoarthritis (OA) and sham with exercise (SE) group in both tendon and patellar ligament (P< 0.05). In addition, a novel finding was that active, intermediate and pro-MMP-2 activity differed between tissues and a higher activity in the patellar ligament when compared to patellar tendon was observed respectively (P< 0.05). Conclusion: The strength exercise carried out for eight weeks changed the MMP-2 activity in the tendon and patellar ligament with injury. Thus, down-regulation of MMP-2 activation seems be a positive response for the patellar tendon and patellar ligament in animals with OA subjected to strength exercise program. It is highly possible that strength training exercise intervention for osteoarthritis will target the decrease of MMP-2 expression.
Descrição: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ceilândia, Programa de Pós-Graduação em Ciências e Tecnologias em Saúde, 2017.
Licença: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Aparece nas coleções:PGCTS - Mestrado em Ciências e Tecnologias em Saúde

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2017_ElieneMartinsdeLira.pdf1,19 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.