Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/23966
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ARTIGO_AvaliacaoEscolarTermo.pdf660,86 kBAdobe PDFView/Open
Title: “Avaliação escolar” : termo, conceito e visão de mundo em português e em Mundurukú (Tupí)
Other Titles: “School evaluation” : term, concept, world view in Portuguese and Munduruku - Tupian language
Authors: Gomes, Dioney Moreira
Ferreira, Tânia Borges
Assunto:: Avaliação educacional
Terminologia
Educação bilíngue
Língua portuguesa
Língua munduruku
Issue Date: 2012
Publisher: Universidade de Brasília
Citation: GOMES, Dioney Moreira; FERREIRA, Tânia Borges. “Avaliação escolar”: termo, conceito e visão de mundo em português e em Mundurukú (Tupí). Cadernos de Linguagem e Sociedade, v. 13, n. 1, p. 56-81, 2012. Disponível em: <http://periodicos.unb.br/index.php/les/article/view/7138/5638>. Acesso em: 26 jul. 2017.
Abstract: O presente artigo traz uma reflexão sobre o termo avaliação escolar no contexto de educação bilíngue e ensino de Português como segunda língua entre índios/as brasileiros/as da etnia Mundurukú (Pará). Partimos de um panorama histórico da avaliação educacional brasileira para entender as crenças criadas acerca do termo e suas transformações no decorrer do tempo. Assim, foi possível identificar quais linhas teóricas estão na base das definições de avaliação nos dicionários gerais e especializados da atualidade. Após isso, apresentamos o conceito e a visão de mundo relativo ao processo de avaliação escolar entre os/as índios/as Mundurukú. O nosso objetivo maior é justificar as escolhas que fizemos ao propor um verbete bilíngue ao termo avaliação escolar no Dicionário Terminológico Escolar Português – Mundurukú/ Mundurukú – Português, que ora escrevemos. A construção do dicionário está baseada na Teoria Comunicativa da Terminologia (TCT), na Linguística Textual e na Linguística de Corpus (Bevilacqua (1998), Boulanger (1995), Cabré (1998; 1999a, b, c), Carvalho (2005), Gemar (1991), Hoffmann (1998), Kokourek (1991), L’Homme (2004), Sardinha (2004) e outros).
Abstract: This paper is about the technical term “school evaluation” in the context of bilingualism education and the learning of Portuguese second language by the Brazilian native people Munduruku (Pará). We start with a historical panorama about the school evaluation in Brazil to understand the comprehension about the term and its changes in time. Thus, it was possible to identify what theoretical principles exist in the basis of definitions about “school evaluation” in general and in specialized dictionaries nowadays. Following that, we present the concept and the view about the process of school evaluation for Munduruku people. Our major aim is to justify the choices that we did when we proposed the bilingual entry “school evaluation” in the Dicionário Terminológico Escolar Português-Mundurukú/ Mundurukú-Português (apresentar entre parênteses a tradução para o ingles), that we are writing. The construction of this dictionnary is based on Communicative Theory of Terminology (CTT), Text Linguistics and Corpus Linguistics (Bevilacqua (1998), Boulanger (1995), Cabré (1998; 1999a, b, c), Carvalho (2005), Gemar (1991), Hoffmann (1998), Kokourek (1991), L’Homme (2004), Sardinha (2004) and others).
Licença:: Cadernos de Linguagem e Sociedade do Programa de Pós-Graduação em Linguística da UnB é licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial-Vedada a criação de obras derivadas 3.0 Unported. Fonte: http://periodicos.unb.br/index.php/les/article/view/7138/5638. Acesso em: 26 jul. 2017.
Appears in Collections:LIP - Artigos publicados em periódicos

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/23966/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.