Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/23917
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2017_ValériaBatistadaSilva.pdf1,23 MBAdobe PDFView/Open
Title: Trauma pediátrico grave : análise da prevalência em hospital terciário do Distrito Federal, período de 2013 a 2015
Other Titles: Pediatric trauma serious : prevalence of analysis in a tertiary care hospital of Federal District, 2013 to 2015
Registro de trauma pediátrico : prevalencia de análisis em un hospital de tercer nível del Distrito Federal de 2013 a 2015
Authors: Silva, Valéria Batista da
Orientador(es):: Monteiro, Pedro Sadi
Assunto:: Traumatismo
Ferimentos e lesões
Epidemiologia
Issue Date: 27-Jul-2017
Citation: SILVA, Valéria Batista da. Trauma pediátrico grave: análise da prevalência em hospital terciário do Distrito Federal, período de 2013 a 2015. 2017. 74 f., il. Dissertação (Mestrado em Enfermagem)—Universidade de Brasília, Brasília, 2017.
Abstract: Introdução: O Trauma é definido pelo Comitê de Trauma do Colégio Americano de Cirurgiões como sendo uma lesão caracterizada por alterações estruturais ou desiquilíbrio fisiológico, decorrente da exposição aguda a várias formas de energia: mecânica, térmica, elétrica, química ou irradiações; lesando superficialmente as partes moles ou as estruturas nobres e profundas do organismo. No Brasil, em 2014, foram 124.000 hospitalizações de crianças vítimas de acidentes, destas, 4.580 foram a óbito, gerando gastos de aproximadamente 83 milhões ao SUS; sendo estas lesões a maior causa de morbidade e mortalidade em crianças e adultos jovens. O estudo teve como objetivo caracterizar o perfil epidemiológico de crianças assistidas no Centro de Trauma do Hospital de Base do Distrito Federal, no período de 2013 a 2015. Método: Estudo epidemiológico exploratório descritivo, quantitativo, com delineamento transversal, realizado no Centro de Trauma do Hospital de Base do Distrito Federal. A amostra foi constituída em três grupos de variáveis: às relacionadas à criança, as relacionadas ao agravo e as relacionadas à internação. Os dados categorizados e coletados do sistema informatizado de prontuários da instituição. Análise dos dados foi realizada pela catalogação dos achados pelo software Epi Info e submetidos á análise estatística descritiva e inferencial, foram utilizados os testes t de Student, Qui-quadrado e, ANOVA. Resultados: Foram analisados 181 prontuários e verificou-se que as vítimas em sua maioria eram do sexo masculino 59,1% e, os agravos em pacientes do sexo masculino ocorreram com maior frequência em crianças com idade entre 6 e 8 anos 72,1%. A caracterização dos fatores causadores de trauma causas externas, foram agrupados conforme descrito na décima revisão da CID-10, sendo as ocorrências por acidentes de transportes terrestres o maior índice dos agravos, representando 61,8%. Os agravos ocorreram em sua maioria no período vespertino 51,4%, destes 65,8% foram em vias públicas. Quanto ás lesões houve um predomínio de politraumatismos, onde respectivamente o traumatismo crânio-encefálico representou 54,1%, as fraturas de membros inferiores e superiores 26,5% e os traumatismos intratorácicos e abdominais 16,5%. Quanto ao desfecho do atendimento observou-se que 27,6% dos pacientes foram encaminhados ao centro cirúrgico e 29,3% foram encaminhados à UTI. A média de internação foi de 16,2 dias, com uma proporção de óbitos de 27,6% e de alta hospitalar com sequelas de 12,1%. Conclusão: Os resultados gerados e analisados possibilitaram conhecer as causas e desfechos dos agravos relacionados às crianças vítimas de trauma grave assistidas em hospital terciário. O predomínio dos traumas foram em crianças do sexo masculino e crianças nas faixas etárias entre seis e oito anos, sendo os transportes terrestres responsáveis pela maioria dos acidentes.
Abstract: Introduction: Trauma is defined by the Trauma Committee of the American College of Surgeons as an injury characterized by structural alterations or physiological imbalance resulting from acute exposure to various forms of energy: mechanical, thermal, electrical, chemical, or irradiation; Slightly injuring the soft parts or the noble and deep structures of the organism. In Brazil, in 2014, there were 124,000 hospitalizations of children who were victims of accidents. Of these, 4,580 died, generating an expenditure of approximately 83 million SUS; Being these lesions the major cause of morbidity and mortality in children and young adults. The study aimed to characterize the epidemiological profile of children assisted at the Trauma Center of the Base Hospital of the Federal District, from 2013 to 2015. Method: Descriptive, quantitative, exploratory epidemiological study with a cross-sectional design, carried out at the Trauma Center Base Hospital of the Federal District. The sample consisted of three groups of variables: those related to the child, those related to the offense and those related to hospitalization. The categorized and collected data were collected by the institution's computerized medical records system. Data analysis was performed by the cataloging of the findings by the Epi Info software and submitted to descriptive and inferential statistical analysis, Student's t-tests, Chi-square test, and ANOVA were used. Results: A total of 181 medical records were analyzed and the majority of the victims were male 59.1%, and the incidence of maladies in males occurred more frequently in children aged 6 to 8 years 72,1%. The characterization of the factors causing external trauma were grouped as described in the tenth revision of the ICD-10, and the occurrence of land transportation accidents was the highest rate of injuries, representing 61.8%. Most of the injuries occurred in the afternoon 51.4%, of which 65.8% were on public roads. Regarding the lesions, there was a high polytraumatic index, where head trauma represented 54.1%, lower and upper limb fractures 26.5%, and intrathoracic and abdominal trauma 16.5%. Regarding the outcome of care, it was observed that 27.6% of the patients were referred to the surgical center and 29.3% were referred to the ICU. The mean hospitalization rate was 16.2 days, with a death rate of 27.6% and hospital discharge with sequelae of 12.1%. Conclusion: The results generated and analyzed made it possible to know the causes and outcomes of the injuries related to children victims of severe trauma assisted in a tertiary hospital. The prevalence of traumas was in male children and children in the age groups between six and eight years, with ground transportation responsible for most accidents.
Resumen: Introducción: El trauma es definido por el Trauma del Colegio Americano de Cirujanos como una lesión que se caracteriza por câmbios estructurales o fisiológicas de desequilibrio, como resultado de la exposición aguda a diversas formas de energía: mecánica, térmica, eléctrica, química o radiación; superficialmente danar el tejido blando o las estructuras nobles y profundas del cuerpo. En Brasil, en 2014, había 124.000 hospitalizaciones de niños víctimas de accidentes, de ellos, 4.580 murieron, lo que genera costos de aproximadamente 83 millones de dólares para el SUS; y estas lesiones la causa principal de morbilidad y mortalidade em niños y adultos jóvenes. El objetivo del estúdio fue caracterizar el perfil epidemiológico de los niños que asisten al Centro de Trauma del Hospital de Base del Distrito Federal, de 2013 a 2015. Método: Estudio epidemiológico descriptivo exploratorio, diseño cuantitativo, transversal, realizado em el Centro de Trauma hospital de la base del Distrito Federal. La muestra está formada por tres grupos de variables: las relacionadas com los niños em relación com el delito y la relacionada com la hospitalización. Se tomaron los datos categorizados y recogidos por el sistema computarizado registra la institución. El análisis de datos se realizó mediante la catalogación de los hallazgos de programa Epi Info y sometido a análisis estadístico descriptivo e inferencial, se utilizo la prueba t de Student, chi-cuadrado y ANOVA. Resultados: Se analizaron 181 historias clínicas y se encontró que las víctimas eran em su mayoría de sexo masculino 59,1% y las enfermidades em los machos fueron más frecuentes em niños de entre 6 y 8 años 72 , 1%. La caracterización de los factores causantes de trauma causas externas se agruparon como se describe em la décima revisión de la CIE-10, y las ocurrencias de accidentes de transporte terrestre de la más alta tasa de lesiones, que representan el 61,8%. Las lesiones se produjeron sobre todo por la tarde 51,4%, el 65,8% de éstos estaban em la vía pública. La lesión fue un índice de politraumatismo grande, donde, respectivamente, la lesión em la cabeza represento el 54,1%, las fracturas de las extremidades superiores e inferiores del 26,5% y intratorácica y traumatismo abdominal 16,5%. Em cuanto al resultado de la atención que se observó que el 27,6% de los pacientes fueron derivados al centro quirúrgico y el 29,3% fueron ingresados em la UCI. La estancia media hospitalaria fue de 16,2 días, con una tasa de mortalidade del 27,6% y dado de alta com secuelas del 12,1%. Conclusión: Los resultados generados y analizados permite conocer las causas y resultados de las lesiones relacionadas con los niños trauma severo asistida en un hospital terciario. La prevalencia de trauma eran los hijos varones y niños en los grupos de edad de entre seis y ocho años, cuenta el transporte terrestre para la mayoría de los accidentes.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, Departamento de Enfermagem, Programa de Pós-Graduação em Enfermagem, 2017.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:ENF - Mestrado em Enfermagem (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/23917/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.