Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/23909
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2017_AngélicaAlmeidadeAraújo.pdf2,78 MBAdobe PDFView/Open
Title: Os contatos de línguas na série The Bridge : uma proposta de legendagem criativa
Authors: Araújo, Angélica Almeida de
Orientador(es):: Gorovitz, Sabine
Assunto:: Tradução
Contato linguístico
Legendagem
Língua inglesa - estudo e ensino - recursos audiovisuais
Língua espanhola
Issue Date: 27-Jul-2017
Citation: ARAÚJO, Angélica Almeida de. Os contatos de línguas na série The Bridge: uma proposta de legendagem criativa. 2017. 138 f., il. Dissertação (Mestrado em Estudos da Tradução)—Universidade de Brasília, Brasília, 2017.
Abstract: O objetivo da presente pesquisa é propor legendas criativas para os episódios da primeira temporada da série The Bridge (2013) que destaquem a mistura de línguas inglesa e espanhola. Os objetivos específicos traçados são: i) categorizar as alternâncias entre inglês e espanhol da série de acordo, entre outras, com a teoria de Gumperz (1982); ii) analisar e comparar as legendas brasileiras oficiais e não-oficiais, observando as escolhas que os legendadores da Netflix (profissionais) e os da L.O.T.Subs (fansubs) produziram quando em face a essa mistura de línguas presente na série The Bridge; iii) analisar/justificar a legenda criativa proposta em comparação com as legendas da Netflix e da L.O.T.Subs. O arcabouço teórico da pesquisa envolve as teorias de contatos de língua de Gorovitz (2012) e alternância de códigos linguísticos de Gumperz (1982), de legendagem de Cintas (2007), além da proposta de legendagem criativa de McClarty (2012). A proposta de legendas elaborada destaca a situação de alternância de códigos com o uso de legendas com cores diferentes para cada tipo de alternância e fortalece a noção de codeswitching mantendo o espanhol nas legendas sem tradução.
Abstract: The purpose of the present research is to propose creative subtitles to the first season episodes of TV show The Bridge (2013) that highlight the mixture between the Spanish and English languages. The specific objectives are: i) to categorize the alternances between English and Spanish according to the theory of Gumperz (1982); ii) to analyze and comparing the Brazilian official and non-official subtitles, observing the choices made regarding to this languages mixture by Netflix translators (professionals) and L.O.T.Subs (fansubbers); iii) to analyze/justify the proposed creative subtitle in comparison with Netflix and L.O.T.Subs subtitles. The theory used in this research is composed by the theory of Languages in Contact of Gorovitz (2012), Codeswitching by Gumperz (1982), subtitling by Cintas (2007) and creative subtitling by de McClarty (2012). The subtitles proposed in the research highlight the codeswitching through the use of subtitles with distinct colors for each kind of switch and it also keeps the Spanish untranslated in the subtitles to reinforce the situation of code mixing.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Letras, Departamento de Línguas Estrangeiras e Tradução, Programa de Pós-Graduação em Estudos da Tradução, 2017.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:POSTRAD - Mestrado em Estudos de Tradução

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/23909/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.