Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/23787
Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ARTIGO_PraticasSustentabilidadeCorporativa.pdf670,79 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Título: Práticas de sustentabilidade corporativa no Brasil : análise das instituições financeiras integrantes do índice de sustentabilidade empresarial
Outros títulos: Practices of corporate sustainability in Brazil : analysis of the financial institutions integrated in the business sustainability index
Autor(es): Almeida, Hayra Joelly Lima de
Nascimento Júnior, Eurípedes Rosa do
Costa, Abimael de Jesus Barros
Assunto: Responsabilidade social
Desenvolvimento sustentável
Contabilidade
Global Reporting Initiative (GRI)
Data de publicação: Mar-2017
Editora: ICSA – Instituto de Ciências Sociais Aplicadas – da Universidade Feevale
Referência: ALMEIDA, Hayra Joelly Lima de; NASCIMENTO JUNIOR, Eurípedes Rosa do; COSTA, Abimael de Jesus Barros. Práticas de sustentabilidade corporativa no Brasil: análise das instituições financeiras integrantes do índice de sustentabilidade empresarial. Revista Gestão e Desenvolvimento, Novo Hamburgo, v. 14, n. 1, p. 84-99, mar. 2017. Disponível em: <http://periodicos.feevale.br/seer/index.php/revistagestaoedesenvolvimento/article/view/898/1865>. Acesso em: 07 jul. 2017. doi:http://dx.doi.org/10.25112/rgd.v14i1.8
Resumo: O artigo descreveu as práticas socioambientais de quatro instituições financeiras que pertencem à carteira do Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE) da BM&FBovespa. Os dados do ano de 2012 referem-se aos Bancos do Brasil, Itaú Unibanco, Bradesco e Santander. Os indicadores analisados estão no padrão ao que preceitua a Global Reporting Initiative (GRI) – Suplemento Setorial de Serviços Financeiros (SSSF). Esta investigação é qualitativa, descritiva e documental. A análise de conteúdo foi baseada nos Relatórios de Sustentabilidade que estão aderentes aos Princípios do Equador e os Princípios para Investimento Responsável – PRI de informações de caráter setorial e ambiental. Os resultados demonstram que as instituições financeiras seguem as diretrizes dos indicadores do GRI. Todavia, não há uma uniformização dos indicadores evidenciados, o que dificulta a comparação entre as instituições.
Abstract: The article described the social and environmental practices of four financial institutions that belong to the portfolio of the Corporate Sustainability Index (ISE) of BM & FBovespa. The data for the year 2012 refer to the Banks of Brazil, Itaú Unibanco, Bradesco and Santander. The indicators analyzed are in the standard according to the Global Reporting Initiative (GRI) - Sectoral Supplement of Financial Services (SSSF). This research is qualitative, descriptive and documentary. The content analysis was based on the Sustainability Reports that are adhering to the Equator Principles and the Principles for Responsible Investment - PRI for sectoral and environmental information. The results demonstrate that financial institutions follow the guidelines of the GRI indicators. However, there is no uniformity of indicators, which makes it difficult to compare institutions.
Licença: A Revista Gestão e Desenvolvimento segue os critérios da Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional (Attribution 4.0 International (CC BY 4.0)). Fonte: http://periodicos.feevale.br/seer/index.php/revistagestaoedesenvolvimento/article/view/898/1865. Acesso em: 07 jul. 2017.
DOI: doi:http://dx.doi.org/10.25112/rgd.v14i1.8
Aparece nas coleções:CCA - Artigos publicados em periódicos

Mostrar registro completo do item Recomendar este item Visualizar estatísticas



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.