Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/23776
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2017_WalerianoFerreiradeFreitas_PARCIAL.pdf557,29 kBAdobe PDFView/Open
Title: Perfil epidemiológico e clínico dos pacientes com sorologia e agente para sífilis atendidos no Hospital de Base do Distrito Federal no período de 2012 a 2015
Authors: Freitas, Waleriano Ferreira de
Orientador(es):: Castro, Cleudson Nery de
Assunto:: Sífilis
Doenças sexualmente transmissíveis - Distrito Federal (Brasil)
Perfil clínico
Hospital de Base - Distrito Federal (Brasil)
Epidemiologia - Distrito Federal
Issue Date: 28-Jun-2017
Citation: FREITAS, Waleriano Ferreira de. Perfil epidemiológico e clínico dos pacientes com sorologia e agente para sífilis atendidos no Hospital de Base do Distrito Federal no período de 2012 a 2015. 2017. 112 f., il. Dissertação (Mestrado em Medicina Tropical)—Universidade de Brasília, Brasília, 2017.
Abstract: A sífilis é uma doença infecto-contagiosa de transmissão sexual e vertical. Nos últimos anos, sua incidência vem aumentando em gestantes, recém nascidos, homens que fazem sexo com homens e em portadores do HIV. A sífilis pode ser classificada em estágios segundo o tempo de infecção e as manifestações clínicas. O acometimento ocular e do sistema nervoso central pode ocorrer em qualquer fase da doença. O diagnóstico da sífilis é realizado atráves da associação de dados clínicos, epidemiológicos e laboratoriais. Os pacientes devem ser atendidos na atenção básica, à exceção daqueles com manifestações graves. Este estudo propôs estudar o perfil clínico e epidemiológico dos pacientes atendidos no Hospital de Base do Distrito Federal. Objetivo: Descrever o perfil clínico e epidemiológico dos pacientes com sífilis atendidos no Hospital de Base do Distrito Federal no período de1º de janeiro de 2012 a 31 de dezembro de 2015. Métodos: Realizou-se um estudo descritivo baseado na análise dos dados clínicos, epidemiológicos e laboratoriais contidos nos prontuários. Resultados: Foram avaliados 191 pacientes atendidos nos ambulatórios, enfermarias e na emergência. A maioria (79,58%) era proveniente do Distrito Federal. A idade média foi 48 anos, com predomínio do sexo masculino (66,49%). A sífilis latente tardia representou 110 (57, 59%) casos; sífilis primária 8 (4,2%); sífilis secundária 4 (2,1%) e a sífilis latente recente 3 (1,57%) casos. A infecção pelo HIV estava associada em 54 (28,27%) pacientes. A sífilis ocular foi diagnosticada em 16 (8,37) casos e a neurossífilis em 12 (6,28%). Dos 153 (80,1%) pacientes com indicação de tratamento, somente 72 (47,05%) foram tratados. Discussão: A grande maioria dos pacientes foi diagnosticada como portadora de sífilis latente tardia, principalmente devido baixa qualidade dos dados relativos a sinais e sintomas da doença disponíveis nos prontuários. Pelo mesmo fato, em 81 (42,40%) pacientes não apresentavam nenhum registro de tratamento nos prontuários e prescrições médicas. Entre os pacientes sem dados relativos ao tratamento, dois tinham neurossífilis e cinco sífilis ocular. Conclusão:.As limitadas informações relativas a sinais, sintomas e ao tratamento da sífilis foram determinantes para o elevado número de pacientes com diagnóstico de sífilis latente tardia. A excassez de dados comprometeu de forma importante a avaliação do perfíl clínico dos pacientes da instituição e evidenciou fragilidades no atendimento dos pacientes com sífilis.
Abstract: Syphilis is an infectious disease sexual and vertical transmission. In recent years, its incidence has been increasing in pregnant women, newborns, men who have sex with men and people with HIV. Syphilis can be classified in stages according to the time of infection and clinical manifestations. Ocular and central nervous system involvement may occur at any stage of the disease. The diagnosis of syphilis is made through the association of clinical, epidemiological and laboratory data. Patients should be cared for in basic care, except for those with severe manifestations. This study proposed to study the clinical and epidemiological profile of the patients attended at the Base Hospital of the Federal District. Objective: To describe the clinical and epidemiological profile of patients with syphilis attended at the Base Hospital of the Federal District from january 1, 2012 to december 31, 2015. Methods: A descriptive study was conducted based on the analysis of the clinical, epidemiological and laboratory data contained in the medical records. Results: A total of 191 patients attended at outpatient clinics, hospitalization room and in the emergency room were evaluated. The majority (79.58%) came from the Federal District. The mean age was 48 years, with a predominance of males (66.49%). Late latent syphilis represented 110 (57, 59%) cases; primary syphilis 8 (4.2%); secondary syphilis 4 (2.1%) and recent latent syphilis 3 (1.57%) cases. HIV infection was associated in 54 (28.27%) patients. Ocular syphilis was diagnosed in 16 (8.37) cases and neurosyphilis in 12 (6.28%). Of the 153 (80.1%) patients with indication of treatment, only 72 (47.05%) were treated. Discussion: The vast majority of patients were diagnosed as having latent late syphilis, mainly due to poor quality of data regarding signs and symptoms of the disease available in the medical records. By the same fact, in 81 (42.40%) patients did not present any records of treatment in medical records and prescriptions. Among the patients with no treatment data, two had neurosyphilis and five ocular syphilis. Conclusion: Limited information on signs, symptoms and treatment of syphilis were determinant for the high number of patients diagnosed with latent late syphilis. The lack of data significantly compromised the evaluation of the patients' clinical profile and showed weaknesses in the care of patients with syphilis.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Medicina, Pós-graduação em Medicina Tropical, 2017.
Texto parcialmente liberado pelo autor. Conteúdo liberado: resumos, referências e apêndices.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:FMD - Mestrado em Medicina Tropical (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/23776/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.