Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/23768
Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ARTIGO_PerfilEsperadoProfessor.pdf656,46 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Título: O perfil esperado de um professor de contabilidade : uma análise a partir dos estudantes da cidade de Barcelos – Portugal
Outros títulos: The expected profile of an accounting professor : an analysis from the students from the city of Barcelos - Portugal
Autor(es): Tolentino, Jacqueline Elene de Faria
Silva, Rosane Maria Pio da
Costa, Abimael de Jesus Barros
Araujo Neto, Luiz Medeiros de
Assunto: Integração
Contabilidade - estudo e ensino - Portugal
Contabilidade
Professores - formação
Data de publicação: 2014
Editora: Revista Catarinense da Ciência Contábil
Referência: TOLENTINO, Jacqueline Elene de Faria et al. O perfil esperado de um professor de contabilidade: uma análise a partir dos estudantes da cidade de Barcelos – Portugal. Revista Catarinense da Ciência Contábil, v. 13, n. 39, p. 9-20, 2014. Disponível em: <http://revista.crcsc.org.br/index.php/CRCSC/article/view/1748/1813>. Acesso em: 27 jun. 2017. doi: http://revista.crcsc.org.br/index.php/CRCSC/article/view/1748/1813.
Resumo: Na Europa a Declaração de Bolonha possibilitou a integração entre os 30 Estados-Membros, facilitando o ingresso no ensino superior e também ampliando as oportunidades de intercâmbio entre as universidades. O objetivo deste trabalho é identificar a percepção dos alunos portugueses quanto à competência necessária ao julgamento de um bom professor. Justifica-se o estudo face à necessidade constante de formar melhores Contadores e logo, também, melhores professores da área Contábil. Para a concretização deste trabalho, foi aplicado um questionário a 127 alunos de uma instituição de ensino localizada na Cidade de Barcelos, no distrito de Braga. O questionário buscou mensurar a importância de cinco competências, atribuídas pelos alunos aos docentes, combinados de maneira a formar doze perfis distintos. Foi concluído que a competência docente e experiência de mercado são os atributos de melhor e pior avaliação. Já, quanto ao perfil, um “bom professor”, no julgamento dos respondentes, é aquele docente que possui uma boa didática, um próximo relacionamento com os alunos, muita experiência de mercado, pouca exigência e amplo conhecimento teórico.
Abstract: In Europe, the Bologna Declaration has enabled the integration among the 30 Member States, facilitating the access to higher education and also expanding opportunities for exchanges among universities. The objective of this work is to identify the perception of Portuguese students concerning the necessary competence for the judgment of a good teacher. The study is justified due to the constant need to form better Accountants, and consequently, also better teachers in the Accounting area. To accomplish this work, a questionnaire was applied to 127 students in an educational institution located in the city of Barcelos, in the district of Braga, Portugal. The questionnaire sought to measure the importance of five teaching skills, assigned by students to teachers, combined to form twelve distinct profiles. It was concluded that teaching competence and market experience got the best and also the worst evaluations. As for the profile, a "good teacher", in the judgment of the respondents, is that teacher who has a good didactic, a close relationship with the students, a lot of market experience, a broad theoretical knowledge and who is not much demanding.
Licença: Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional. Fonte: http://revista.crcsc.org.br/index.php/CRCSC/article/view/1748/1813. Acesso em: 28 jun. 2017.
DOI: 10.16930/2237-7662/rccc.v13n39p9-20
Aparece nas coleções:ADM - Artigos publicados em periódicos

Mostrar registro completo do item Recomendar este item Visualizar estatísticas



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.