Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/23713
Título: China : reformas domésticas e inserção internacional : inovações institucionais e dependência de trajetória
Título(s) alternativo(s): China : domestic reforms and international insertion institutional : innovations and path dependence
Autor(es): Piragibe, Clélia Virgínia Santos
Orientador(es): Santos, Maria Helena de Castro
Assunto: China - economia - história
Desenvolvimento econômico
Globalização - aspectos políticos
Partido Comunista Chinês (PCC)
Data de publicação: 21-Jun-2017
Data de defesa: 15-Mar-2017
Citação: PIRAGIBE, Clélia Virgínia Santos. China: reformas domésticas e inserção internacional: inovações institucionais e dependência de traje. 2017.221 f., il. Tese (Doutorado em Relações Internacionais)—Universidade de Brasília, Brasília, 2017.
Resumo: Esta tese propõe uma nova abordagem para analisar a singularidade do padrão de desenvolvimento da República Popular da China (RPC), pelo emprego do método de dependência da trajetória. A investigação dos mecanismos causais do desenvolvimento suis generis chinês valeu-se do procedimento de process-tracing para identificar aspectos institucionais das reformas econômicas sínicas de complexidade crescente, implementadas nas quatro últimas décadas sob a administração e o controle do Partido Comunista Chinês (PCC). Como legado, a República Popular da China atingiu a condição de segunda maior economia e de exportadora líder mundial, tornando-se a “fábrica do mundo”. Ao longo do processo de “reforma e abertura” a China conquistou proeminência crescente no mercado globalizado, ascendendo à condição de potência (re) emergente no Sistema Internacional. As mudanças propostas ao padrão de industrialização chinês - em favor de maior conteúdo de ciência e tecnologia, menor consumo de recursos e redução da poluição ambiental, na última década, visam a fazer frente aos desafios domésticos e externos que geram riscos à legitimidade do PCC e à estabilidade social na China.
Abstract: This dissertation proposes a new approach to the singular pattern of development that have taken place in People’s Republic of China (PRC). To achieve this results, the path dependency methodology was applied, including the systematic examination (process tracing) of the causal mechanisms of the Chinese model. This trajectory was implemented with economic reforms of increasing complexity in favor of the market system, but without losing control of the direction of the changes of the State party and appeal to democratization. As a result, from the beginning of the economic reforms, more than 500 million of the Chinese population left extreme poverty and China became the worlds’ second largest economy and largest exporter, thus becoming the "factory of the world." On the other hand, its increasing world presence generated a vision of China 're-emergence' as a major power in the International System. The intended changes in the pattern of Chinese industrialization - in favor of greater science and technology applications and reduced consumption of resources and environment degradation - is the alternative proposed by the PRC’s government in the last decade to challenge international and domestic obstacles that have put at risk the legitimacy of the State-party and the internal social order.
Descrição: Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Relações Internacionais, Programa de Pós-Graduação em Relações Internacionais, 2017.
Licença: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Aparece nas coleções:IREL - Doutorado em Relações Internacionais (Teses)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2017_CléliaVirgíniaSantosPiragibe.pdf10,5 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.