Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/23700
Título: Arquitetura de um controlador de elasticidade para nuvens federadas
Autor(es): Vergara, Guilherme Fay
Orientador(es): Araújo, Aletéia Patrícia Favacho de
Assunto: Nuvens computacionais
Computação em nuvem
Elasticidade
Arquitetura digital
Bioinformática
Data de publicação: 20-Jun-2017
Data de defesa: 23-Fev-2017
Citação: VERGARA, Guilherme Fay. Arquitetura de um controlador de elasticidade para nuvens federadas. 2017. xii, 77 f., il. Dissertação (Mestrado em Informática)—Universidade de Brasília, Brasília, 2017.
Resumo: Com a constante evolução das aplicações, surgiu a necessidade de se ter um ambiente no qual fosse possível processar aplicações de forma dinâmica, escalável e sob demanda. Assim, emergiu a plataforma de computação em nuvem. Nesse ambiente, os recursos são alocados conforme a demanda de utilização. Para que seja possível um aumento/decréscimo escalar no número de recursos, a característica de elasticidade é fundamental. A elasticidade é definida como a capacidade da nuvem de se adaptar às alterações na quantidade de recursos ou de solicitar/liberar recursos de acordo com a necessidade. Nesse cenário, aplicações científicas, tais como as de Bioinformática, tem se beneficiado do conceito de nuvens pela sua característica de tratar grandes quantidades de dados, que demandam significativas quantidades de recursos computacionais. Neste cenário de execuções longas com grande número de recursos a elasticidade possibilita um uso mais adequado da nuvem, alocando os recursos somente nos momentos que são necessários. Assim sendo, este trabalho propõe uma arquitetura de um Controlador de Elasticidade para nuvens federadas, que seja capaz de provisionar/desprovisionar máquinas virtuais nas diversas nuvens da federação, além de também ser capaz de aumentar/diminuir a capacidade computacional de cada um dos recursos de maneira automática.
Abstract: With the constant evolution of applications, there arose a need to have an environment which was able to process applications dynamically, scalabe and on demand. Thus emerged the cloud computing platform. In this environment, resources are allocated according to demand. To be able to scale on demand, the characteristic of the elasticity is fundamental. Elasticity is defined as the ability of the cloud to adapt to changes in the amount of resources or to request/release resources as needed. In this scenario, scientific applications, such as those of Bioinformatics, have benefited from the concept of cloud computing due, to their requirement of handling large amounts of data which demand significant amounts of computational resources. This work proposes an architecture for a Elasticity Controller for federated clouds, capable of provisioning/deprovisioning virtual machines across the various clouds of the federation, as well as being able to automatically increase/decrease the computational capacity of each of the resources.
Descrição: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Exatas, Departamento de Ciência da Computação, 2017.
Licença: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Aparece nas coleções:CIC - Mestrado em Informática (Dissertações)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2017_GuilhermeFayVergara.pdf4,39 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.