Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/23564
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2017_AngélicaFonsêcadeFreitas.pdf2,71 MBAdobe PDFView/Open
Title: Ruínas do corpo : práticas de si e os sentidos da “boa forma” na contemporaneidade
Authors: Freitas, Angélica Fonsêca de
Orientador(es):: Sanz, Cláudia Linhares
Assunto:: Comunicação
Corpo e mente
Forma (Estética)
Subjetividade
Citation: FREITAS, Angélica Fonsêca de. Ruínas do corpo: práticas de si e os sentidos da “boa forma” na contemporaneidade. 2017. 127 f., il. Dissertação (Mestrado em Comunicação)—Universidade de Brasília, Brasília, 2017.
Abstract: Nesta dissertação estuda-se como as subjetividades contemporâneas são engendradas nos discursos e práticas relacionados à boa forma. Parte-se do pressuposto de que as tecnologias da imagem e os regimes de visibilidade participam de transformações relevantes nos modos do sujeito de se relacionar consigo, instaurando novos sentidos de vida saudável. Nesse âmbito, o corpo se tornou figura central: não qualquer corpo, mas um corpo magro, esculpido, sarado, quase inorgânico, exibido para uma audiência ávida por saber sobre os ínfimos detalhes da vida íntima. Busca-se neste trabalho formular de que maneira a boa forma ‒ nas diferentes definições, nos vários sentidos e nas etapas da vida ‒ pode ser integrada em um campo de práticas e cuidados de si, ocupando lugar central na constituição da subjetividade contemporânea. Por meio da perspectiva genealógica, analisam-se os sentidos, comportamentos e indivíduos fitness que são imagens exemplares para compreender as novas configurações dos modos de ser e estar, bem como perceber os deslocamentos de valores, condutas e, especialmente, dos cuidados de si, transformando valores relacionados à família e ao nascimento. Da gestação à infância, verifica-se um imperativo da boa forma que converte lógicas mercadológicas em práticas de si ou, como se propõe neste trabalho, práticas da boa forma.
Abstract: his dissertation studies how contemporary subjectivities are engendered in discourses and practices related to good shape. It’s assumed that the technologies of the image and the regimes of visibility participate of transformations relevant in the subject modes relating with itself, instituting new directions of healthy life. In this context, the body has become a central figure: not any body type, but a lean, defined, sliced, almost inorganic body, released to an audience that is eager to know about each detail of the intimate life. This work seeks to formulate how good shape ‒ in the different definitions, in the various senses and in each stage of life ‒ can be integrated into a field of self-practices and cares, occupying central place in the constitution of contemporary subjectivity. Through the genealogical perspective, to analyze the senses, behaviors and fitness individuals are exemplary images to understand the new configurations of the ways of being and living, as well as perceiving the displacements of senses, behaviors and, especially, caring for oneself, transforming values related to family and birth. From gestation to childhood, there is an imperative of good shape that converts marketing logics into self-practices, or as it is proposed in this work, practices of good shape.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Comunicação, Programa de Pós-Graduação em Comunicação, 2017.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:FAC - Mestrado em Comunicação (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/23564/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.