Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/23511
Título: Graffiti : interações sociais através da semiótica visual
Autor(es): Baccile, Claudia Vasconcelos
Orientador(es): Russi, Pedro
Assunto: Arte - graffiti
Semiótica do espaço
Interação social
Data de publicação: 16-Mai-2017
Data de defesa: 6-Fev-2017
Citação: BACCILE, Claudia Vasconcelos. Graffiti: interações sociais através da semiótica visual. 2017. 153 f., il. Dissertação (Mestrado em Comunicação)—Universidade de Brasília, Brasília, 2017.
Resumo: O objetivo desse trabalho de pesquisa é investigar de que maneira se dá a relação entre o objeto de estudo graffiti e a sociedade, com recorte geográfico nas cidades de Brasília e São Paulo. Para tal estudo serão analisados, em primeiro lugar, o objeto em si, desde sua origem e caminhos percorridos até o momento atual, em específico de acordo com o olhar social. Em segundo, o contexto das cidades de Brasília e São Paulo com relação a seus comportamentos sociais que podem interferir na vivência com o objeto. E por último, a metodologia semiótica visual apresentada nas categorias de pessoa, espaço e tempo. De modo a uma melhor elucidação do assunto, serão feitas as montagens de esquemas, desde o quadrado semiótico abordado por Landowski (1992) até esquemas autorais. Ademais, partindo da teoria do plano da expressão e plano do conteúdo de Oliveira (2004), faz-se necessária a montagem de um sistema analítico que possibilita o acesso ao significado dos registros fotográficos dos graffitis, entendendo assim que o acesso ao significado é a resposta da problemática proposta.
Abstract: The objective of this research is to investigate how the relationship between the object of graffiti study and society, with geographic cut in the cities of Brasília and São Paulo. For this study, will be analyzed, first, the object in itself, from its origin and paths traveled until the present moment, in specific according to the social gaze. Second, the context of the cities of Brasília and São Paulo in relation to their social behaviors that can interfere in the experience with the object. And finally, the visual semiotic methodology presented in the categories of person, space and time. In order to better elucidate the subject, schema assemblies will be made, from the semiotic square approached by Landowski (1992) to authorial schemes. In addition, starting from the theory of the plane of the expression and plan of the content of Oliveira (2004), it is necessary to set up an analytical system that allows access to the meaning of photographic records of graffiti. Understanding that access to meaning is the answer to the problematic proposal.
Descrição: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Comunicação, Programa de Pós-Graduação em Comunicação, 2017.
Licença: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Aparece nas coleções:FAC - Mestrado em Comunicação (Dissertações)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2017_ClaudiaVasconcelosBaccile.pdf5,9 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.