Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/23495
Title: Trabalho docente do assistente social nas federais : contradições e resistências em tempos de intensificação e produtivismo acadêmico
Authors: Duarte, Janaína Lopes do Nascimento
Orientador(es):: Ortiz, Fátima da Silva Grave
Assunto:: Ensino superior - política pública
Serviço social
Professores universitários
Issue Date: 12-May-2017
Data de defesa:: 2-Feb-2017
Citation: DUARTE, Janaína Lopes do Nascimento. Trabalho docente do assistente social nas federais: contradições e resistências em tempos de intensificação e produtivismo acadêmico. 2017. 467 f. il. Tese (Doutorado em Serviço Social)—Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2017.
Abstract: Esta tese trata sobre o trabalho docente dos assistentes sociais inseridos nas instituições de ensino superior federais, suas contradições e resistências diante da expansão consolidada pela contrarreforma da educação superior no Brasil. Tem-se como pressuposto que o trabalho docente e suas contradições só podem ser apreendidos a partir: das determinações que incidem sob o trabalho contemporâneo; e do movimento histórico de avanços e retrocessos da educação superior, sob o contexto de reorganização capitalista. O processo investigativo realizou-se em três frentes autoimplicadas: a) pesquisa bibliográfica, a partir do estudo e aprofundamento de referências contemporâneas atuais; b) pesquisa documental, com análise de legislações brasileiras referentes à(s): expansão da educação superior desde o período ditatorial até os governos petistas; carreira docente do magistério superior; ações das entidades organizativas ABEPSS, CFESS e ANDES; e c) pesquisa de campo, a partir da aplicação de 52 questionários com docentes assistentes sociais inseridos em IES federais das regionais leste e nordeste da ABEPSS e da realização de entrevistas com dirigentes das entidades representativas do Serviço Social e do movimento nacional docente. Como resultados, ressalta-se: 1) o movimento expansivo de continuidades e novidades/aprofundamentos da política de educação superior, desde a Reforma Universitária de 1968, passando pelo governo neoliberal de Cardoso e culminando com as gestões petistas de Lula e Rousseff, apresentando como eixo condutor de continuidade a privatização/mercantilização e como novidade a ênfase nas parcerias público privado, o crescimento exponencial do ensino à distância e tecnológico; 2) a metamorfose na universidade e no trabalho docente, conduzida pelos processos articulados de intensificação e precarização do trabalho, endossados pelo produtivismo acadêmico, gerando diversificação e faces distintas que dialogam na graduação e na pós-graduação, questões na saúde dos professores/as, acirramento de valores burgueses como a competitividade e o individualismo, redução das possibilidades de solidariedade entre docentes e dificuldade no seu reconhecimento enquanto trabalhadores, com repercussões na qualidade da formação profissional e na resistência coletiva; 3) a condensação de forças atuais a partir das ações das entidades dentro e fora do Serviço Social, cujo fundamento se encontra na relevância histórica e atualidade do movimento nacional docente e no patrimônio sócio histórico da profissão, a partir da sua renovação ética e política, cuja ABEPSS se constitui como importante expressão da combatividade da categoria; 4) a relevância da constituição do indivíduo burguês como um dos determinantes do processo de consciência para o fortalecimento da luta coletiva com fins de uma sociedade emancipada e uma educação voltada para a libertação da ordem do capital. Para finalizar, destaca-se a urgência de ratificar a direção política pautada na crítica, o fortalecimento da agenda de lutas das entidades, a expansão da participação docente, defesa da universidade pública e da formação qualificada, também como condições de manutenção da direção crítica do projeto ético-político profissional.
???metadata.dc.description.abstract1???: This thesis is about social workers’ teaching work inside federal upper education institutions, its contradictions and resistances in front of the consolidated expansion caused by the counter reform of the upper education in Brazil. We have how a premise that the teaching work and its contradictions only can be understood from: its determinations that occur over the contemporaneous work; the historical movement in advances and retrocessions of the upper education, under the context of a capitalist reorganization. The investigative process occurred in three related main points: a) bibliographical research, from the study and deepening of actual contemporaneous references; b) documental research, with analysis of brazilian legislations related to: the expansion of the upper education since the dictatorial period until the PT´s governments; teaching career of upper professorship; actions of the organizative entities ABEPSS, CFESS and ANDES; and c) field research, from 52 questionnaires applied in teaching social workers in federal IES of the ABEPSS´s east and northeast regionals and from interviews with leaders of Social Work´s representative entities and from the teaching national movement. How results, we highlight: 1) the expansive movement of permanence and newness/deepening of the upper education policy, since the University Reform in 1968, passing by the Cardoso´s neoliberal government and ending with the PT´s governments of Lula and Rousseff, showing as the conductor axis the continuity of the privatization/mercantilization and how a novelty, the emphasis in the public private partnership, the exponential growing of the e-learning and the technological learning; the metamorphosis of the university and the teaching work, conducted by articulated processes of intensification and precarization of the work, endorsed by academic productivism, creating distinct diversification and faces that dialog in the graduation and post graduation, questions in the teachers’ health, fortification of the bourgeois values as the competitiviness and the individualism, reduction of the possibilities of solidarity among teachers and difficulty in their admission as workers, with repercussions in the quality of the professional formation and in the collective resistance; 3) the compression of the actual forces originated from actions of the entities inside and outside of the Social Work, whose fundament is found in the historical relevance, in the present teaching national movement and in the profession socio historical patrimony, based in its ethical and political renovation, whose ABEPSS is constituted as a important expression of combativeness of the category; 4) the relevancy of the bourgeois individual’s constitution as one of the factors in the process of consciousness for the strengthening of the collective fight in order to reach a emancipated society and a education orientated to the liberty from the capital order. Ending the text, we highlight the urgency in confirm the political direction based in the critique, the strengthening of the fights agenda of the entities, the expansion of the teaching participation, defense of the public university and the qualified formation, as conditions of maintenance of the professional ethical-politic critic direction.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições:Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:SER - Teses e Dissertações dos Docentes

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2017_JanainaLopesdoNascimentoDuarte.pdf4.21 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.