Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/23455
Título: Inovação, desempenho e coprodução no setor financeiro : estudo de companhias brasileiras de capital aberto
Autor(es): Mazza, Chael Luigi de Souza
Orientador(es): Isidro-Filho, Antonio
Assunto: Inovação
Capital aberto
Setor financeiro
Data de publicação: 8-Mai-2017
Data de defesa: 3-Mar-2017
Citação: MAZZA, Chael Luigi de Souza. Inovação, desempenho e coprodução no setor financeiro: estudo de companhias brasileiras de capital aberto. 2017. xiii, 134 f., il. Tese (Doutorado em Administração)—Universidade de Brasília, Brasília, 2017.
Resumo: A presente tese teve como objetivo explicar as relações entre inovação, desempenho e coprodução no setor financeiro. Com base no levantamento bibliométrico realizado, verificou-se que produtos e serviços financeiros são processos formados por competências, características e entregas. Dessa forma, a inovação é resultante de modificações em tais elementos, a coprodução é a mobilização de competências entre instituições, parceiros e clientes e o desempenho é determinado com base na conversão dos vetores em entregas. Portanto, argumentou-se que o ambiente tem relação direta com inovação e coprodução, que a inovação tem relação positiva com a coprodução, e que ambas têm relação positiva com o desempenho. Posto isso, realizaram-se dois estudos a fim de validar empiricamente estas afirmações. O estudo I, qualitativo e transversal, procurou caracterizar a relação entre inovação, desempenho e coprodução no setor financeiro brasileiro. A técnica utilizada foi a análise de conteúdo, elaborada com base nos formulários de referência de vinte e nove instituições financeiras brasileiras listadas na bolsa de valores. Os constructos analisados foram os tipos e as lógicas de inovação, tipos e parceiros na coprodução. Os resultados demonstraram que no âmbito do setor financeiro brasileiro a inovação e a coprodução, no geral, têm relação positiva com o desempenho, e que inovação e coprodução apresentam relação positiva entre si. Contudo, tais relações são mediadas e moderadas por fatores internos e externos à organização. Na sequência, o estudo II, quantitativo e longitudinal, utilizou a análise por envoltória de dados (DEA) em painel para determinar o impacto da inovação e coprodução no desempenho bancário. O modelo considerou três entradas (inovação, coprodução e rede de atendimento) e duas saídas (geração de valor e adimplência) e a investigação baseou-se nas demonstrações financeiras dos bancos brasileiros de capital aberto no período de 2008 a 2015. Os resultados demonstraram que o modelo DEA-BCC é mais adequado para analisar o desempenho de bancos brasileiros e que o modelo Malmquist-DEA é apropriado para quantificar melhorias de produtividade no setor. Ainda, verificou-se que a produtividade do setor bancário brasileiro declinou no período, mas que a maioria dos bancos apresentaram boas médias de eficiência global e melhoria de produtividade. Nesse contexto, a inovação e a coproducão mostraram-se bons estimadores de desempenho.
Abstract: The main objective of this thesis was to explain the relationships between innovation, performance and coproduction in the financial sector. The bibliometric survey showed that financial products and services are processes comprised of competences, characteristics and deliveries. In this way, an innovation is the result of modifications in such elements, coproduction is the competences mobilization between companies, partners and customers and the performance is determined by the conversion of the vectors into deliveries. Therefore, we argue that environment is directly related to innovation and coproduction, innovation is positively related to a coproduction, and that both have a positive relationship with performance. After that, two studies were carried out to empirically validate these statements. The Study I, qualitative and transversal, sought to characterize the relationship between innovation, performance and coproduction in the Brazilian financial sector. We performed a content analysis technique based on the activities report of twenty-nine Brazilian financial institutions listed on the stock exchange. The constructs analyzed were the types and logics of innovation and partners and types of coproduction. The results showed that in the Brazilian financial sector, innovation and coproduction have a positive impact on performance, and that both have a positive relation between them. However, these relationships are mediated and moderated by internal and external factors. Subsequently, the Study II, quantitative and longitudinal, applied a panel envelopment data analysis (DEA) to determine the impact of innovation and coproduction on banking performance. The model considered three inputs (innovation, coproduction and bank network) and two outputs (value generation and compliance) and the investigation was based on the analysis of the financial statements of the biggest Brazilian banks from 2008 to 2015. We demonstrated that DEA-BCC model is more adequate to analyze the performance of Brazilian banks and that the Malmquist-DEA model is appropriate to quantify productivity improvements in the sector. Also, we verified that the production of the Brazilian banking sector declined in the period, but that most banks presented good averages of global efficiency and productivity improvement. In this context, innovation and coproduction proved to be good performance estimators.
Descrição: Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Programa de Pós-Graduação em Administração, 2017.
Licença: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Aparece nas coleções:PPGA - Doutorado em Administração (Teses)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2017_ChaelLuigideSouza.pdf1,44 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.