Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/23416
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2016_PriscilaMariaColombodaLuz.pdf1,53 MBAdobe PDFView/Open
Title: Noctuóideos e parasitoides associados à soja não-Bt e Bt (Cry1Ac) no Cerrado
Authors: Luz, Priscila Maria Colombo da
Orientador(es):: Diniz, Ivone Rezende
Coorientador(es):: Specht, Alexandre
Assunto:: Controle biológico
Soja - pragas - controle
Cerrados
Issue Date: 30-Apr-2017
Citation: LUZ, Priscila Maria Colombo da. Noctuóideos e parasitoides associados à soja não-Bt e Bt (Cry1Ac) no Cerrado. 2016. vii, 110 f., il. Dissertação (Mestrado em Zoologia)—Universidade de Brasília, Brasília, 2016.
Abstract: O Brasil é o segundo maior produtor de soja do mundo, com áreas de cultivo ocupando 3,5% do território nacional. Grande parte da produtividade é oriunda de cultivares transgênicas que expressam a toxina Cry1Ac de Bacillus thuringiensis Berliner, que visam reduzir densidades populacionais dos lepidópteros praga-chave. A cienciometria realizada nos registros do sítio Web of ScienceTM, aponta um número crescente de pesquisas envolvendo toxinas Cry e os noctuóideos, buscando estratégias e soluções para uma melhor gestão dos agroecossistemas. O trabalho foi desenvolvido em cultivo de soja não-Bt e Bt sem a utilização de inseticidas, na safra 2015/2016, na área experimental da Embrapa Cerrados, Planaltina, DF. Foram listadas 13 espécies de noctuóideos associados à cultura da soja, registrando-se pela primeira vez as espécies Elaphria deltoides (Möschler, 1880) e Utetheisa ornatrix (Linnaeus,1758). A baixa incidência de lagartas em campo não atingiu o nível de controle, no entanto o número de lagartas coletadas na soja não-Bt foi 11,5 vezes superior ao encontrado na soja Bt, indicando os efeitos da toxina Cry1Ac sobre os noctuóideos associados à soja. Dessa forma, reforça-se a necessidade de monitoramento das áreas de cultivos de soja, visando a melhor avaliação dos reais acontecimentos em nível de campo. Ao final, aponta-se que o os parasitoides foram beneficiados pelo manejo da área experimental sem a utilização de inseticidas, proporcionando o controle biológico natural com uma taxa de parasitismo superior a 35%.
Abstract: Brazil is the second largest producer country of soybean in the world, with crop areas occupying 3.5% of the national territory. Most of the productivity comes from transgenic varieties that express the Cry1Ac toxin from Bacillus thuringiensis Berliner, which aim to reduce the population densities of the moth key pests. In the cienciometry carried out by the registries on the Web of ScienceTM, it is pointed out an increase of investigations involving Cry toxins and noctuids, searching strategies and solutions for a better management of the agroecosystems. Our study realized in the 2015/2016 crops in the experimental area of Embrapa Cerrados, Planaltina, DF on non-Bt and Bt soybean cultivation areas without insecticides sprayed reports a total of 13 species of noctuids associated with soybean cultivation, with Elaphria deltoides (Möschler, 1880) and Utetheisa ornatrix (Linnaeus,1758) being registered for the first time. The low incidence of caterpillars in the field did not reach the Control Level, however the number of caterpillars collected in non-Bt soybean was 11.5 times higher than that found in Bt soybean, indicating the effects of the Cry1Ac toxin on the noctuids associated with soybean. Therefore, it is necessary to reinforce monitor soybean crop areas, aiming at the best evaluation of the real events at the field level. It is pointed out that the parasitoids were benefited by the management of the experimental area without the use of insecticides, providing the natural biological control with a parasitism rate up to 35%.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Biológicas, Programa de Pós-Graduação em Zoologia, 2016.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:IB - Mestrado em Zoologia (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/23416/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.