Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/23358
Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2017_LucasCoelhoPereira.pdf3,21 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Título: Os reis do quiabo : meio ambiente, intervenções urbanísticas e constituição do lugar entre vazanteiros do médio Parnaíba em Teresina-Piauí
Autor(es): Pereira, Lucas Coelho
Orientador(es): Moura, Cristina Patriota de
Assunto: Meio ambiente
Segregação
Etnocídio
Data de publicação: 24-Abr-2017
Referência: PEREIRA, Lucas Coelho. Os reis do quiabo: meio ambiente, intervenções urbanísticas e constituição do lugar entre vazanteiros do médio Parnaíba em Teresina-Piauí. 2017. 208 f., il. Dissertação (Mestrado em Antropologia Social)—Universidade de Brasília, Brasília, 2017.
Resumo: Na zona norte da cidade de Teresina – Piauí – curso médio da bacia hidrográfica do Parnaíba – vazanteiro/a é como se autonomeiam agricultores/as que, entre outras ocupações, vivem do cultivo de leguminosas nas margens ou nas ilhas (coroas) do rio Parnaíba. Dialogo, especificamente, com os/as vazanteiros/as que residem na Avenida Boa Esperança a fim de acompanhar o cotidiano desses/as lavradores/as na lida com a terra, a cadência das águas, as chuvas, o tempo, as bombas hidráulicas, os legumes e suas sementes. Assim, a partir do meu encontro com estes/as vazanteiros/as, procuro pensar, por um lado, as formas pelas quais o lugar se constitui a partir das relações destes/as agricultores/as com seus ambientes. Por outro – ao investigar as conexões do lugar com a cidade – enveredo-me em seus trajetos e itinerários por Teresina, seja para comercializarem seus produtos, seja para – na interlocução com outros habitantes da Avenida – lutarem pela permanência em suas vazantes e casas. Essa luta ocorre em reação à expansão das obras do Programa Lagoas do Norte, executado pela Prefeitura Municipal de Teresina, em parceria com o Governo Federal e o Banco Internacional de Reconstrução e Desenvolvimento (BIRD), o Programa busca a (re)vitalização e (re)qualificação urbana e, para isso, uma de suas ações consiste no reassentamento involuntário dos moradores da região. Nestes processos, “terra”, “trabalho”, “natureza”, “meio ambiente”, “cheias”, “riqueza”, “sossego”, “risco” e “qualidade de vida” são categorias constantemente acionadas por vazanteiros/as em suas práticas diárias, nas relações com outros/as vazanteiros/as e com o Estado. Essas categorias são acionadas também por demais moradores (Movimento “Boa Esperança Resiste”) em suas reivindicações pelo direito à cidade e à moradia; e, ainda, pelo Programa Lagoas do Norte nos Relatórios de Avaliação Ambiental emitidos. Assim, a partir destes movimentos etnográficos, percebo: 1/ a Avenida como lugar de morada, trabalho e vida de vazanteiros/as e não-vazanteiros/as em um contínuo processo biointerativo de habitação e 2/ o caráter racista e perpetrador de segregações étnico-raciais e etnocídios no ambiente urbano presente em políticas de “revitalização e requalificação urbana”, como o Programa Lagoas do Norte.
Abstract: In the northern part of the city of Teresina – Piauí – also middle course of Parnaíba’s watershed – vazanteiro is the name gave to farmers who, among other occupations, live from their legume crops cultivated on the river side or islands of the Parnaíba river. I establish a dialogue, specifically, whith the vazanteiros who live on the Boa Esperança (Good Hope) Avenue in order to follow the daily life of these farmers in their labor with land, cadence of the waters, rain fall, weather, hydraulic pumps, vegetables and their seeds. Thus, from my dialogues with vazanteiros, I try to think about the ways in which the place is constituted from the relations of these farmers with theire nvironments. In order to investigate the connections of the place with the city, I follow the vazanteiros’s trajectories and itineraries in Teresina, both in order to market their products and to struggle along with other in habitants of the Avenue for the permanence in their cultives and houses. This fight is related with the expansion of a Project called Lagoas do Norte (Northen Lakes), enforced by the Minicipality of Teresina in partnership with the Federal Government and with the International Bank of Reconstruction and Development (IBRD), this Project seeks “urban revitalization and requalification”, for this purpose one of the actions consist in the “involintary resetlement” of the locals of the region. Among those processes, categories such "land", "work", "nature", "environment", "floods", "wealth", "quiet", "risk" and "quality of life" are constantly managed by vazanteiros in their daily practices; in their relations with other vazanteiros and with the State. These categories are also managed by other residents and by a movement of resistance organized bythem in their demands for the right to the city and to housing, and also by the program Lagoas do Norte in its Environmental Assessment Reports. Thus, it is from these ethnographic movements that I perceive: 1 / the avenue as a place of housing, work and life of the vazanteiros in a continuous biointeractive process of dwellingand 2 / the racist character of politics of urban revitalization, such as the Lagoas do Norte, that perpetrate ethnic-racial segregation and ethnocide on the urban enviroment.
Informações adicionais: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Sociais, Departamento de Antropologia, Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social, 2017.
Licença: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Aparece nas coleções:DAN - Mestrado em Antropologia (Dissertações)

Mostrar registro completo do item Recomendar este item Visualizar estatísticas



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.