Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/23353
Título: Avaliação morfométrica do aparelho reprodutor de novilhas pertencentes a três grupos raciais
Título(s) alternativo(s): Morphometric evaluation of the reproductive organ of beef heifers from three racial groups
Autor(es): Carvalho, Viviane Souza de
Orientador(es): Mendes, Clayton Quirino
Assunto: Biometria
Miscigenação
Novilho
Data de publicação: 24-Abr-2017
Data de defesa: 27-Jan-2017
Citação: CARVALHO, Viviane Souza de. Avaliação morfométrica do aparelho reprodutor de novilhas pertencentes a três grupos raciais. 2017. x, 46 f., il. Dissertação (Mestrado em Ciências Animais)—Universidade de Brasília, Brasília, 2017.
Resumo: O trabalho foi realizado com objetivo de avaliar os aspectos morfométricos dos órgãos reprodutores de novilhas pertencentes a três grupos raciais. Ao final de 106 dias de confinamento foram selecionadas 54 novilhas, formando três grupos homogêneos de 18 animais para cada grupo racial: 18 novilhas ½ sangue Aberdeen Angus X ½ sangue Nelore, 18 novilhas ½ sangue Canchim X ½ sangue Nelore e 18 novilhas da raça Nelore. Após abate e evisceração dos animais o aparelho genital foi separado para posterior mensuração de medidas morfométricas dos órgãos genitais. As medições foram realizadas com o auxílio de paquímetros e fita métrica. Para a pesagem foi utilizada balança analítica. Quando presentes, corpo lúteo e folículos foram contabilizados, sendo os folículos classificados de acordo com o tamanho. Não houve diferença para as medidas do aparelho reprodutor, vagina, corpo uterino, cornos uterinos, cérvix e tubas uterinas bem como para o comprimento, diâmetro e número de anéis da cérvix. Em relação ao ovário direito, todos os parâmetros avaliados não diferiram entre os grupos genéticos. Já para o ovário esquerdo, houve diferença entre os grupos para as medidas de peso, largura, espessura e volume, sendo que essas medidas foram maiores para as novilhas do grupo genético ½ sangue Angus X Nelore em relação às do grupo Nelore. Não houve diferença no número de folículos ovarianos entre os grupos genéticos, independente do tamanho do folículo. A porcentagem de corpo lúteo foi maior na raça Nelore (61,10%), seguida pelos grupos genéticos ½ sangue Canchim X Nelore (50%) e ½ sangue Angus X Nelore (41,18%). A genética não teve influência sobre a morfometria do aparelho reprodutor das novilhas. A maior frequência de corpo lúteo nas novilhas Nelore em relação aos demais grupos avaliados sugere que a raça pura foi superior no quesito precocidade.
Abstract: The objective of this trial was to evaluate the morphometric aspects of the reproductive organs of heifers from three racial groups. At the end of 106 days of feedlot, 54 heifers were selected, forming three homogenous groups of 18 animals for each racial group: 18 heifers ½ Aberdeen Angus X ½ Nellore, 18 heifers ½ Canchim X ½ Nellore and 18 heifers of the Nellore breed. After slaughter and evisceration of the animals, the genital tract was separated for posterior measurement of morphometric measurements of the genital organs. Measurements were performed with the aid of calipers and tape measure. Analytical balance was used for weighing. When present, corpus luteum and follicles were counted, the follicles being classified according to size. There was no difference for measurements of the reproductive tract, vagina, uterine body, uterine horns, and uterine tubes as well as for the length, diameter and number of cervix rings. Regarding the right ovary, all parameters evaluated did not differ between the genetic groups. However, for the left ovary, there were differences between the groups for the measures of weight, width, thickness and volume, and these measurements were higher for heifers of the ½ Angus X Nelore genetic group than those of the Nelore group. There was no difference in the number of ovarian follicles between the genetic groups, regardless of the size of the follicle. The percentage of corpus luteum was higher in the Nelore breed (61.10%), followed by the genetic groups ½ Canchim X Nellore (50%) and ½ Angus X Nellore (41.18%). Genetics had no influence on the morphometry of the reproductive tract of heifers. The higher frequency of corpus luteum in Nellore heifers in relation to the other groups evaluated suggests that the pure breed was superior in precocity.
Descrição: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária, 2017.
Licença: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Aparece nas coleções:FAV - Mestrado em Ciência Animal (Dissertações)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2017_VivianeSouzadeCarvalho.pdf520,65 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.