Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/23346
Título: Os radicais no poder: o jornal La Nación e o segundo governo de Hipólito Yrigoyen (1928-1930)
Título(s) alternativo(s): The radicals in power : the newspaper La Nación and the second government of Hipólito Yrigoyen (1928-1930)
Autor(es): Roriz, Diogo D´Angelo de Araujo
Orientador(es): Doratioto, Francisco Fernando Monteoliva
Assunto: Governo - Argentina
Jornalismo - aspectos políticos
Argentina - história
Data de publicação: 20-Abr-2017
Data de defesa: 7-Fev-2017
Citação: RORIZ, Diogo D´Angelo de Araujo. Os radicais no poder: o jornal La Nación e o segundo governo de Hipólito Yrigoyen (1928-1930). 2017. 131 f., il. Dissertação (Mestrado em História)—Universidade de Brasília, Brasília, 2017.
Resumo: Este trabalho busca compreender os posicionamentos públicos adotados pelo jornal argentino La Nación em relação à segunda presidência de Hipólito Yrigoyen, entre os anos de 1928 e 1930. O período em tela, marcado por confrontos políticos e findado por uma traumática intervenção militar que depôs o governo vigente, evidencia-se como um divisor de águas na recente história política argentina, justificando-se, assim, a importância de se entender os rumos adotados pelo mais influente jornal argentino daquele momento. De modo a alcançar os objetivos desta dissertação, foram analisados os editoriais publicados pelo jornal ao longo do corte cronológico supracitado, visando a explicitar seus posicionamentos acerca de diversos temas de elevado interesse nacional neste período, bem como em relação à queda do governo. As conclusões deste estudo afirmam a ferrenha, crítica e, por vezes, beligerante oposição feita pelo jornal ao governo, sem, no entanto, encontrar evidências claras de apoio à intervenção militar de 1930.
Abstract: The present work seeks to understand the public instances adopted by the Argentinian newspaper La Nación regarding the second presidential term of Hipólito Yrigoyen, from 1928 to 1930. The studied period, marked by political clashes and finished by a traumatic military coup, which overthrew the government, appears as a watershed on the recent political history of Argentina, thus justifying the importance to comprehend the directions adopted by the most influential Argentinian newspaper of that time. In order to achieve the objectives of this dissertation, the editorial articles published by the newspaper during said chronological time were analyzed to explain the instances of La Nación regarding several matters of high national concern, as well as regarding to the debacle of the government. The conclusions of this work assert the ferocious, critical and at times belligerent opposition made by the newspaper against the government without, however, finding clear evidence of support to the military coup of 1930.
Descrição: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Humanas, Departamento de História, Programa de Pós-graduação em História, 2017.
Licença: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Aparece nas coleções:HIS - Mestrado em História (Dissertações)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2017_DiogoD´angelodeAraujoRoriz.pdf1,39 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.