RIUnB >
17. FS - Faculdade de Ciências da Saúde >
FS - Programa de Pós-graduação  >
FS - Mestrado em Ciências da Saúde (Dissertações) >

Utilize este link para identificar ou citar este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/23338

Arquivos neste item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
2016_TânisMoreiraRodriguesdeMoura.pdf5,31 MBAdobe PDFver/abrir

Título: O resultado fonoaudiológico da audição e da linguagem associa-se com a percepção do resultado dos pais e dos professores de crianças usuárias do implante coclear?
Autor(es): Moura, Tânis Moreira Rodrigues de
Orientador(es): Oliveira, Carlos Augusto Costa Pires de
Assunto: Implantes cocleares - crianças
Fonoaudiologia - crianças
Audição (Fisiologia)
Data de publicação: 19-Abr-2017
Data de defesa: 20-Jul-2016
Referência: MOURA, Tânis Moreira Rodrigues de. O resultado fonoaudiológico da audição e da linguagem associa-se com a percepção do resultado dos pais e dos professores de crianças usuárias do implante coclear? 2016. 97 f., il. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde)—Universidade de Brasília, Brasília, 2016.
Resumo: INTRODUÇÃO: O implante coclear (IC) em crianças pré-linguais tem obtido resultados diversificados. Este estudo tem como objetivo investigar se o resultado fonoaudiológico auditivo e linguístico associa-se com a percepção dos resultados dos pais e professores de crianças usuárias de IC. MÉTODO: Participaram do estudo 40 pais, selecionados em um centro de reabilitação auditiva, e 39 professores de escolas regulares do Distrito Federal, Brasil. Aos pais foi aplicado o questionário “Crianças com implante coclear: perspectivas dos pais”, validado para o Brasil. Desenvolveu-se um questionário de acordo com as categorias de audição e linguagem a partir da literatura pesquisada, que foi aplicado aos pais e aos professores. Aos últimos acrescentou-se duas questões fechadas sobre o desempenho escolar do estudante. As fonoterapeutas das crianças classificaram cada uma de acordo com as categorias de audição e de linguagem. RESULTADOS: Os resultados mostram que os pais tem uma concepção positiva sobre o IC e esta percepção torna-se mais positiva com o passar dos anos, apontando ganhos significativos relacionados à linguagem, relações sociais e educação dos seus filhos, contudo, a idade de implantação não correlaciona-se de forma ainda mais positiva com os resultados. Os pais e professores concordam mais com os resultados na esfera da linguagem que na audição, e que quanto maior o desempenho da audição e da linguagem, melhor é a comunicação e a educação da criança. CONCLUSÃO: Sugere-se que a avaliação clínica fonoaudiológica seja enriquecida com questões parentais e acadêmicas dos implantados com o objetivo de sinalizar problemas que necessitem ser ajustados ao longo do processo de reabilitação.
Abstract: INTRODUCTION: Cochlear implants in prelingual children have achieved mixed results. The aim of this study was to investigate the gains obtained by cochlear implant users indicated by their parents and teachers. METHOD: The study included 40 parents, selected in a hearing rehabilitation center, and 39 teachers from regular schools of the Federal District of Brasilia, Brazil. Parents completed the Children with cochlear implants: parental perspectives questionnaire validated for Brazil. Another questionnaire was developed according to the hearing and language categories in the research literature and completed by parents and teachers. Two closed questions about the academic performance of the student were added to the end. The speech-language therapists of the children classified each child according to the categories of hearing and language. RESULTS: The results show that parents have a positive conception of cochlear implants and this perception becomes more positive over time, pointing to significant gains related to the language, social relationships, and education of their children, however, age of implantation does not correlate even more favorably to the results. Agreement between parents and teachers was greater for gains in language than for hearing. In addition, the higher the hearing and language performance, the better the communication and education of the child. CONCLUSION: Findings indicate that the phonoaudiological clinical evaluation needs to be enriched with parental and academic questions to signal problems that need to be adjusted over the rehabilitation process.
Informações adicionais: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde, 2016.
Licença : A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Coorientador(es): Sampaio, André Luiz Lopes
Aparece na Coleção:FS - Mestrado em Ciências da Saúde (Dissertações)

Todos os itens no repositório estão protegidos por copyright. Todos os direitos reservados.

 

Site Creative Commons Site Oaister Sítio IBICT Universidade de Brasília
Sobre o Repositório  |  FAQ  |  Estatísticas |  Termo de Autorização do Autor
Copyright © 2008 MIT & HP. Todos os direitos reservados.