RIUnB >
17. FS - Faculdade de Ciências da Saúde >
FS - Programa de Pós-graduação  >
FS - Mestrado em Ciências da Saúde (Dissertações) >

Utilize este link para identificar ou citar este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/23315

Arquivos neste item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
2017_LorenaFerreiraGomes_Parcial.pdf221,65 kBAdobe PDFver/abrir

Título: Avaliação das atividades antioxidante, antimicrobiana e enzimática do extrato aquoso de folhas de Miconia chamissois Naudin
Autor(es): Gomes, Lorena Ferreira
Orientador(es): Fonseca-Bazzo, Yris Maria
Assunto: Antioxidantes
Atividade antimicrobiana
α-amilase
Miconia chamissois
Data de publicação: 18-Abr-2017
Data de defesa: 22-Fev-2017
Referência: GOMES, Lorena Ferreira. Avaliação das atividades antioxidante, antimicrobiana e enzimática do extrato aquoso de folhas de Miconia chamissois Naudin. 2017. 103 f., il. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde)—Universidade de Brasília, Brasília, 2017.
Resumo: O Brasil possui a maior biodiversidade vegetal do mundo. Porém, apesar de tamanha riqueza, muitas espécies vegetais ainda não foram estudas química e biologicamente. Miconia chamissois (Melastomataceae) é uma espécie frequentemente encontrada no bioma Cerrado e é descrita basicamente pelos benefícios ecológicos. Seu potencial químico e biológico é pouco explorado. Assim, o objetivo desde trabalho foi estudar, preliminarmente, os compostos presentes no extrato aquoso das folhas de M. chamissois, sua ação citotóxica e atividades antioxidante, antimicrobiana e de inibição enzimática. O estudo fitoquímico foi realizado pelas técnicas de Cromatografia em camada delgada (CCD) e Cromatografia Líquida de Alta Eficiência (CLAE). Os teores de polifenóis e flavonoides foram determinados com reagente de Folin e cloreto de alumínio, respectivamente. A atividade antioxidante foi avaliada pelos métodos DPPH e fosfomolibdênio. Os métodos de microdiluição em caldo e difusão em disco foram utilizados para determinação da atividade antimicrobiana frente à Staphylococcus aureus, Escherichia coli e Candida albicans. A atividade de inibição da tirosinase e α-amilase foram determinadas. A citotoxicidade do extrato foi avaliada frente às linhagens celulares de queratinócito humano (HaCat), fibroblasto de camundongo (L929) e macrófago de camundongo (Raw 264.7) pelo método do MTT. É sugerido a presença de compostos devidos da vitexina. O extrato aquoso de M. chamissois apresentou atividade antioxidante, equivalente a 18,35 μg/mL de ácido ascórbico pelo método fosfomolibdênio e IC50 de 2,91 μg/mL pelo método DPPH. Inibição do crescimento de S. aureus foi observado em ambos os métodos e a inibição do crescimento de C. albicans foi observada apenas frente ao método de microdiluição. Os valores de IC50 encontrados para a inibição da tirosinase e α-amilase foram de 183,2 e 15,06 μg/mL, respectivamente. O extrato não apresentou citotoxicidade frente às linhagens avaliadas. Os resultados encontrados sugerem potencial biológico do extrato aquoso de M. chamissois, sendo necessários mais estudos para a elucidação dos compostos presentes na espécie.
Abstract: Brazil has the largest plant biodiversity in the world. However, despite such wealth, many plant species have not yet been studied chemically and biologically. Miconia chamissois (Melastomataceae) is a species frequently found in the Cerrado biome and is basically described by its ecological benefits. Its chemical and biological potential is little explored. The aim of this work was to study, preliminarily, the compounds present in the aqueous extract of the leaves of M. chamissois, its cytotoxic action and antioxidant, antimicrobial and inhibitory enzymatic activities. The phytochemical study was performed by the techniques of thin layer chromatography (TLC) and high performance liquid chromatography (HPLC). The total polyphenols and flavonoids contents were determined with Folin reagent and aluminum chloride, respectively. The antioxidant activity was evaluated by DPPH and phosphomolybdenum methods. Broth microdilution and disk diffusion methods were used to determine the antimicrobial activity against Staphylococcus aureus, Escherichia coli and Candida albicans. The extract cytotoxicity was evaluated against human keratinocyte (HaCat), mouse fibroblast (L929) and mouse macrophage (Raw 264.7) cell lines by the MTT method. The presence of due vitexin compounds is suggested. The aqueous extract of M. chamissois presented antioxidant activity, equivalent to 18.35 μg/mL of ascorbic acid by the phosphomolybdenum method and presented IC50 of 2.91 μg/mL by DPPH method. Inhibition of S. aureus growth was observed in both methods and inhibition of C. albicans was observed only in the microdilution method. The IC50 values found for tyrosinase and α-amylase were 183.2 and 15.06 μg/mL, respectively. The extract did not present cytotoxicity against cell lines evaluated. The results suggest a biological potential of M. chamissois aqueous extract, and further studies are needed to elucidate the compounds present in the species.
Informações adicionais: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade em Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde, 2017.
Informações de Acesso e Conteúdo: Texto parcialmente liberado pelo autor. Foram disponibilizados: Resumo e Abstract.
Licença : A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Aparece na Coleção:FS - Mestrado em Ciências da Saúde (Dissertações)

Todos os itens no repositório estão protegidos por copyright. Todos os direitos reservados.

 

Site Creative Commons Site Oaister Sítio IBICT Universidade de Brasília
Sobre o Repositório  |  FAQ  |  Estatísticas |  Termo de Autorização do Autor
Copyright © 2008 MIT & HP. Todos os direitos reservados.