Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/23272
Título: Restabelecimento, ressurgência, renovação e resistência à mudança : efeitos da taxa de respostas e de reforços
Autor(es): Rodegheri, Amanda Calmon Nogueira da Gama
Orientador(es): Abreu-Rodrigues, Josele
Assunto: Resistência
Condição social
Psicologia
Data de publicação: 13-Abr-2017
Data de defesa: 3-Mar-2017
Citação: RODEGHERI, Amanda Calmon Nogueira da Gama. Restabelecimento, ressurgência, renovação e resistência à mudança: efeitos da taxa de respostas e de reforços. 2017. xii, 62 f., il. Dissertação (Mestrado em Ciências do Comportamento)—Universidade de Brasília, Brasília, 2017.
Resumo: Este estudo isolou o efeito da taxa de respostas e de reforços sobre os fenômenos da resistência à mudança e recaída. Foram investigados três modelos experimentais de recaída: restabelecimento, ressurgência e renovação. Em cada modelo, quatro pombos foram expostos a duas fases, cada uma com três condições experimentais. No procedimento de restabelecimento, um esquema múltiplo com dois componentes (mult tand VI FR tand VI DRL) vigorava na Condição de Treino; nas condições de Eliminação e Teste, um esquema mult Ext Ext estava em vigor, mas na última condição, dois reforços foram liberados independentemente da resposta. No procedimento de ressurgência, o esquema mult tand VI FR tand VI DRL também vigorava na Condição de Treino; na Condição de Eliminação, além do esquema mult Ext Ext, havia o reforçamento de uma resposta alternativa de acordo com um esquema VI em cada componente. Na Condição de Teste, não havia liberação de reforços. No procedimento de renovação, o esquema mult tand VI FR tand VI DRL ocorreu no contexto A (Condição de Treino), enquanto o esquema mult Ext Ext ocorreu no contexto B (Condição de Eliminação); na Condição de Teste, esse último esquema permaneceu em vigor, mas sob o contexto A. Em uma das fases, as taxas de respostas eram similares entre os componentes, enquanto as taxas de reforços diferiam na Condição de Treino; na outra, ocorria o inverso. Nos procedimentos de restabelecimento e renovação, a resistência foi maior no componente com taxas de reforços mais altas e taxas de respostas mais baixas, enquanto no procedimento de ressurgência, foi assistemática. A recaída ocorreu para todos os animais. No entanto, a ocorrência de recaída diferencial entre componentes dependeu da medida comportamental utilizada: quando a Condição de Eliminação foi considerada, recaída diferencial ocorreu apenas no procedimento de restabelecimento, e quando a Condição de Treino foi considerada, recaída diferencial foi observada somente no procedimento de renovação. Foi concluído que tanto a taxa de respostas quanto a de reforços afetam a resistência e a recaída, mas seus efeitos sobre esses fenômenos nem sempre são comparáveis. Além disso, a ocorrência ou não de recaída depende do tipo de medida utilizada.
Abstract: This study isolated the effect of response and reinforcer rates on resistance to change and relapse. Three experimental models of relapse were investigated: reinstatement, resurgence and renewal. In each model, four pigeons were exposed to two phases, each with three conditions. In the reinstatement procedure, a two-component multiple schedule (mult tand VI FR tand VI DRL) was in effect in the Training Condition; in the Elimination and Test conditions, a mult Ext Ext schedule was implemented, but in the last condition, two response-independent reinforcers were delivered. In the resurgence procedure, the mult tand VI FR tand VI DRL schedule also was in effect in the Training Condition; in the Elimination Condition, besides the mult Ext Ext schedule, a VI schedule was in effect for an alternative response in each component. In the Test Condition, no reinforcers were delivered. In the renewal procedure, the mult tand VI FR tand VI DRL schedule occurred in Context A (Training Condition) and the mult Ext Ext, in Context B (Elimination Condition); in the Test Condition, this last schedule still was in effect, but under Context A. In one phase, response rates were similar between components, while reinforcer rates were different in the Training Condition; in the other phase, the opposite occurred. In the reinstatement and renewal procedures, resistance to change was greater in the component with higher reinforcer rates and lower response rates, but in the resurgence procedures, it was unsystematic. Relapse was observed for all animals. However, the occurrence of differential relapse depended on the behavioral measure used to evaluated it: when the Elimination Condition was considered, differential relapse occurred only in the reinstatement procedure, and when the Training Condition was taken into account, differential relapse was observed only in the renewal procedure. It was concluded that both response rates and reinforcer rates affect resistance and relapse, but their effects upon those phenomena are not always similar. Also, relapse occurrence or nonoccurrence depends on the behavioral measure used.
Descrição: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, Departamento de Processos Psicológicos Básicos, Programa de Pós-Graduação em Ciências do Comportamento, 2017.
Licença: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Aparece nas coleções:PPB - Mestrado em Ciências do Comportamento (Dissertações)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2017_AmandaCalmonNogueiradaGamaRodegheri.pdf1,96 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.