Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/23192
Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ARTIGO_FuncionamentoDiferencialItens.pdf750,8 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Título: Funcionamento diferencial dos itens do teste não-verbal de inteligência SON-R 2½-7[a]
Outros títulos: Differential item functioning of the SON-R 2½-7[a] non-verbal intelligence test
Autor(es): Karino, Camila Akemi
Laros, Jacob Arie
Jesus, Girlene Ribeiro de
Assunto: Testes de inteligência
Testes não-verbais de inteligência
Data de publicação: Jan-2012
Editora: Instituto de Psicologia, Universidade de Brasília
Referência: KARINO, Camila Akemi; LAROS, Jacob Arie; JESUS, Girlene Ribeiro de. Funcionamento diferencial dos itens do teste não-verbal de inteligência SON-R 2½-7[a]. Psicologia: Teoria e Pesquisa, Brasília, v. 28, n. 1, p. 15-25, jan./mar. 2012. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-37722012000100003&lng=en&nrm=iso&tlng=pt>. Acesso em: 04 abr. 2017. http://dx.doi.org/10.1590/S0102-37722012000100003
Resumo: A presença de uma quantidade considerável de itens com funcionamento diferencial (DIF) pode tornar um teste menos válido. Assim, este estudo investigou a existência de DIF no teste de inteligência SON-R 2½-7[a]. O teste é a versão abreviada do SON-R 2½-7, normatizado e validado em vários países da Europa. Os dados de 1.200 crianças da normatização brasileira foram utilizados para identificar a presença de DIF em relação à gênero e região, usando o método da TRI. Os resultados indicaram que, de um total de 60 itens, 5 itens apresentaram DIF entre os sexos e 13 itens apresentaram DIF entre as regiões. Conclui-se que há adequabilidade da maioria dos itens, o que viabiliza o uso do SON-R 2½-7[a] em contexto nacional.
Abstract: The presence of a considerable amount of items with differential functioning can make a test less valid. Therefore, the existence of Differential Item Functioning (DIF) in the intelligence test SON-R 2½-7[a] was investigated. This is the abridged edition of the SON-R 2½-7 with normatization and validation studies realized in various European countries. The data of the Brazilian normatization sample of 1,200 children were used to verify the presence of DIF in relation to gender and region using the IRT method. Of a total of 60 items, 5 items were indicated as having DIF for gender and 13 items as having DIF between regions. It was concluded that the majority of the items were adequate, which makes the use of the test feasible in a national context.
Licença: Psicologia: Teoria e Pesquisa - All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License (Attribution-NonCommercial 4.0 International (CC BY-NC 4.0)). Fonte: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-37722012000100003&lng=en&nrm=iso&tlng=pt. Acesso em: 04 abr. 2017.
DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S0102-37722012000100003
Aparece nas coleções:PAD - Artigos publicados em periódicos

Mostrar registro completo do item Recomendar este item Visualizar estatísticas



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.