Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/23050
Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2017_LígiaRochaCavalcanteFeitosa.pdf2,92 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Título: Psicologia escolar nos Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia : contribuições para a atuação na educação superior
Autor(es): Feitosa, Lígia Rocha Cavalcante
Orientador(es): Araújo, Claisy Maria Marinho
Assunto: Psicologia escolar
Educação profissional e tecnológica
Ensino superior
Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia
Data de publicação: 24-Mar-2017
Referência: FEITOSA, Lígia Rocha Cavalcante. Psicologia escolar nos Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia : contribuições para a atuação na educação superior. 2017. 299 f., il. Tese (Doutorado em Processos de Desenvolvimento Humano e Saúde)—Universidade de Brasília, Brasília, 2017.
Resumo: Os Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia (IFET’s), criados em 2008, oferecem de forma sistemática cursos do ensino médio técnico à pós-graduação voltada à educação profissional e tecnológica. Em relação às tradicionais ofertas de cursos no ensino profissionalizante, a educação superior ainda é vista como novidade nesses espaços. No nível superior de ensino oferecido nos IFET’s, busca-se uma formação qualificada para a práxis dos estudantes. Além disso, tal articulação permite que sejam desenvolvidas atividades e/ou serviços coadunados com as políticas educacionais inclusivas e de permanência. É nesse cenário que surgem oportunidades para a atuação da psicologia escolar. Nesta tese, afiliada à psicologia escolar crítica e à psicologia histórico-cultural, defende-se a intervenção ampliada e institucional do psicólogo escolar para a construção de processos de mediação – junto aos atores educativos – a fim de contribuir para uma formação acadêmica articulada com a formação pelo trabalho. Sustentada por essa tese, desenvolveu-se esta pesquisa com o objetivo de mapear indicadores da atuação de psicólogos escolares na educação superior dos Institutos Federais. Em caráter complementar a este estudo, foi investigada a realidade de psicólogos nos Institutos Politécnicos em Portugal, em virtude das relações congêneres com a política do ensino profissionalizante entre esses países na oferta da educação superior e do interesse em reconhecer as práticas desses profissionais no referido nível de ensino. O desenho metodológico da pesquisa, de caráter qualitativo, teve como base a etnografia virtual. A partir desse método, construiu-se o site “psicologiaescolarnarede.com.br”, com fóruns virtuais para comunicação entre os psicólogos escolares dos IFET’s no país. Tal ferramenta permitiu a circulação de sentidos acerca das práticas desses profissionais, que foram posteriormente analisadas à luz dos pressupostos teórico-metodológicos da psicologia histórico-cultural. Participaram do estudo 93 psicólogos escolares dos IFET’s, representando todos os estados brasileiros. Os resultados evidenciaram que a intervenção do psicólogo escolar na educação superior nesses espaços ainda está em processo de construção. Os relatos partilhados e as interações estabelecidas entre os participantes indicaram que essa atuação ainda tem caráter individualizante, com foco no estudante e nas questões de rendimento e/ou adaptação acadêmica. A partir das análises dos resultados, este estudo apresenta uma proposta de orientações técnicas para a intervenção dos psicólogos escolares na educação superior dos Institutos Federais. Tal orientação é constituída pelos seguintes eixos: (a) mapeamento de rotinas institucionais; (b) acompanhamento das práticas institucionais e pedagógicas do curso; (c) apoio à trajetória acadêmica e profissional dos estudantes. Para que as atividades propostas sejam permeadas por intencionalidades e mobilizem um maior número de atores educativos, elas devem ser inseridas no contexto cotidiano dos IFET’s, implicar o coletivo institucional e estar distanciadas de concepções individualizantes – as quais podem, por um lado, atentar-se apenas a questões de rendimento acadêmico dos estudantes ou, por outro, limitar-se à promoção da saída profissional desses discentes. A pesquisa e seus resultados apontaram a relevância e inovação da tese defendida, permitiram sugerir agendas de pesquisas e ações profissionais coletivas, visando o fortalecimento da psicologia escolar na educação superior nos IFET’s.
Abstract: The Federal Institutes of Education, Science and Technology (IFET in Portuguese) were created in 2008, to offer systematically organized courses from the technical school up to post-graduation, aiming at professional and technological education. As to the traditional course offering in the professional school teaching, higher education is still seen as a novelty. The higher education offered by IFETs intends to offer a qualified training and praxis for students. Besides, such combination allows that activities and/or services are developed according to the inclusive education policies that aim at the continuity of the students at the education system. This scenario is favorable to the school psychology co-operation. In this thesis, inserted in the critical school psychology and historical-cultural psychology areas, we argue for a broad and organizational intervention of the educational psychologist to build a mediation process – along with education actors – aiming to contribute for an academic training supplemented by work training. Supported by this thesis, we developed a research to map the indicators of school psychologist´s performance in the higher education of Federal Institutes. In a complementary character to this study, the reality of psychologists in the Polytechnic Institutes in Portugal was investigated, due to the similar relations with the politics of vocational education among these countries in the offer of higher education and the interest in recognizing the practices of these professionals in that level education. The methodological approach of this research – a qualitative one – was based on virtual ethnography. In line with this method, we have built a website called “psicologiaescolarnarede.com.br”, which has virtual fora for communication among Brazilian IFET school psychologists. Such tool enabled these professional to share perceptions about their practices, which were latter analyzed according to the theoretical-methodological assumptions of the historical-cultural psychology. This study gathered 93 school psychologists of IFETs, representing all Brazilian States. The results emphasized that the school psychologist intervention in the higher education of these institutes is still under construction. The reports shared and the interactions established among the participants indicate that this participation is still individualized, focused on the student and on issues regarding performance at or adaptation to the school. Based on the analysis of the results obtained, this study presents a technical guidance proposal for the intervention of school psychologists in the higher education of Federal Institutes. These instructions are formed by the following axes: (a) mapping of the institutional routines; (b) monitoring of the course´s institutional and pedagogical practices; (c) supporting the academic and professional journeys of the students. In order that the proposed activities are well intended and gather the greatest number of educational actors, they must be included in the everyday context of IFETs, involve the whole institution and be dissociated from individual concepts – which may focus only in issues regarding the academic performance of students or be restricted to promoting the professional start of the students. The research and its results indicate the relevance and innovation of the thesis sustained, and allow us to propose other researches and professional joint actions, aiming at strengthening the educational psychology in IFETs higher education.
Informações adicionais: Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, Departamento de Psicologia Escolar e do Desenvolvimento, Programa de Pós-Graduação em Processos de Desenvolvimento Humano e Saúde, 2017.
Licença: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Aparece nas coleções:PED - Doutorado em Processos de Desenvolvimento Humano e Saúde (Teses)

Mostrar registro completo do item Recomendar este item Visualizar estatísticas



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.