Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/22967
Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2016_WildstonSilvadeFreitas.pdf1,55 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Título: Políticas públicas do Distrito Federal : uma interface necessária com o empreendedorismo?
Autor(es): Freitas, Wildston Silva de
Orientador(es): Nascimento Júnior, Antônio
Assunto: Política pública
Microcrédito
Empreendedorismo
Distrito Federal (Brasil)
Data de publicação: 21-Mar-2017
Referência: FREITAS, Wildston Silva de. Políticas públicas do Distrito Federal: uma interface necessária com o empreendedorismo?. 2016. 89 f., il. Dissertação (Mestrado em Economia e Gestão do Setor Público)—Universidade de Brasília, Brasília, 2016.
Resumo: Este estudo tem como objetivo apresentar o Programa Prospera de Microcrédito Produtivo Orientado do Governo do Distrito Federal e sua contribuição para o empreendedorismo no Distrito Federal. O Prospera existe desde 1995 sendo regido por lei complementar com recursos disponíveis para empreendedores formais e informais do Distrito Federal e Entorno. A partir das perspectivas históricas do microcrédito no Brasil e no mundo, apresentamos o Programa, sua peculiaridades e e sua relação com o desenvolvimento empreendedor no Distrito Federal. Considerando que desenvolvimento local não deve ser apenas pensado sob a ótica ecônomica, mas também sócio-econômica, é importante considerar o problema da necessidade da geração de emprego e renda e as dificuldades enfrentadas por aqueles que empreendem ao se lançarem e manterem no mercado cada vez mais competitivo. Desta forma, o Estado deve atuar no sentido de impulsionar a capacidade produtiva, com a aplicação de políticas públicas voltadas para os empreendedores mais fragilizados, neste caso os informais e os micro e pequenos empresários.
Abstract: This study aims to present the Prospera Governamental Program of Productive and Oriented Microcredit of Federal District (Brazil) and its contribution to entrepreneurship in the Federal District (Brazil). Prospera Program exists since 1995 and it is regulated by a specific law with loans available to both formal and informal entrepreneurs of the Federal District and surrounding Region. From the historical perspectives of microcredit in Brazil and in the world, we present the Program, its peculiarities and its relation with the entrepreneurial development in the Federal District. Considering that local development should not only be thought from the economic, but also socio-economic aspects, it is important to support the unemployment problem and lack of incomes besides the difficulties faced by those who undertake in the market increasingly competitive. So, Governments must act in order to boost productive capacity, with the application of public policies aimed at the most fragile entrepreneurs, in this case informal and micro and small entrepreneurs.
Informações adicionais: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Departamento de Economia, Programa de Pós-Graduação em Economia, 2016.
Licença: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Aparece nas coleções:ECO - Mestrado em Economia do Setor Público (Dissertações)

Mostrar registro completo do item Recomendar este item Visualizar estatísticas



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.