Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/22936
Título: Caracterização ecoepidemiológica da leptospirose humana no Distrito Federal
Autor(es): Santos, Ivanildo de Oliveira Correia
Orientador(es): Castro, Márcio Botelho de
Assunto: Leptospirose
Distrito Federal (Brasil)
Saúde pública
Data de publicação: 16-Mar-2017
Data de defesa: 8-Dez-2016
Citação: SANTOS, Ivanildo de Oliveira Correia. Caracterização ecoepidemiológica da leptospirose humana no Distrito Federal. 2016. xiii, 50 f., il. Tese (Doutorado em Saúde Animal)—Universidade de Brasília, Brasília, 2016.
Resumo: A leptospirose é uma doença infecciosa bacteriana que acomete milhões de pessoas no mundo. Países com clima tropical e vulnerabilidade social encabeçam a lista onde a doença é endêmica. A real proporção do impacto da leptospirose humana no mundo é imensurável, tendo em vista que os dados oficiais representam somente uma parcela da população doente. Fatores ecoepidemiológicos, sociais e políticos são relevantes para a recorrente infecção humana em determinadas áreas. O Distrito Federal (DF), Brasil, é uma das menores unidades federativas e apresenta um dos maiores índices de desenvolvimento humano. O território está distante do que se prioriza como áreas de elevado risco. Contudo, os registros anuais de casos humanos de leptospirose e o alto número de óbitos em decorrência da enfermidade deveriam alertar a sociedade, principalmente as autoridades de saúde pública. As medidas preventivas, de controle e vigilância da doença devem ser permanentes e de amplo acesso. Essas medidas, contudo, serão relevantes se estruturadas de acordo com a caracterização ambiental, sócio-epidemiológica e clínica-patológica da leptospirose humana no DF. Reproduzir medidas utilizadas em outras regiões, assim como direcionar todos os esforços para outras doenças menos letais, é uma negligência à saúde pública e, desse modo, um reflexo dos índices e taxas da leptospirose humana no Distrito Federal.
Abstract: Leptospirosis is an infectious bacterial disease that affects millions of people around the world. Countries with a tropical climate and social vulnerability top the list where the disease is endemic. The real proportion of the impact of human leptospirosis in the world is immeasurable, given that official data represent only a portion of the sick population. Echo-epidemiological, social and political factors are relevant to the permanent human infection in certain areas. The Federal District (DF), Brazil, is one of the smallest federal units and has one of the highest human development indexes. The territory is far from what is prioritized as high risk areas. However, the annual records of human cases of leptospirosis and the high number of deaths due to the disease should alert society, especially public health authorities. The preventive measures of control and surveillance of the disease must be permanent and widely accessible. These measures, however, will be relevant if structured according to the environmental, socio-epidemiological and clinical-pathological characterization of human leptospirosis in the state. Reproducing measures used in other regions, as well as directing all efforts towards other less lethal diseases, is a neglect of public health and, thus, a reflection of the rates and rates of human leptospirosis in the Federal District.
Descrição: Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Agronomia e Veterinária, Programa de Pós-Graduação em Saúde Animal, 2016.
Licença: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Aparece nas coleções:FAV - Doutorado em Saúde Animal (Teses)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2016_IvanildodeOliveiraCorreiaSantos.pdf1,26 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.