Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/22910
Título: Influência do tempo de desidratação e reidratação do fragmento dental na resistência à fratura após colagem utilizando sistema adesivo multimodo
Autor(es): Poubel, Déborah Lousan do Nascimento
Orientador(es): Garcia, Fernanda Cristina Pimentel
Assunto: Traumatismos dentários
Dentes bovinos
Dentes - fraturas
Data de publicação: 14-Mar-2017
Data de defesa: 24-Nov-2016
Citação: POUBEL, Déborah Lousan do Nascimento. Influência do tempo de desidratação e reidratação do fragmento dental na resistência à fratura após colagem utilizando sistema adesivo multimodo. 2016. 52 f., il. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde)—Universidade de Brasília, Brasília, 2016.
Resumo: A técnica da colagem de fragmento é frequentemente utilizada em casos de fratura coronária para restaurar dentes traumatizados e pode ser influenciada por diferentes tempos de desidratação/reidratação do fragmento. Objetivo: Avaliar a influência dos tempos de desidratação e reidratação do fragmento na resistência à fratura após a colagem, utilizando um sistema adesivo multimodo. Materiais e métodos: Oitenta e quatro incisivos bovinos foram fraturados e randomizados em grupos (n=12). Após a simulação de fratura, cada espécime foi distribuído nos seguintes grupos: G0: controle (dentes hígidos); GA1 e GA2: 1h de desidratação + 15 minutos ou 24h de reidratação, respectivamente; GB1 e GB2: 24h de desidratação + 15 minutos ou 24h de reidratação, respectivamente; e GC: 1h (GC1) ou 24h (GC2) de desidratação. Os fragmentos dentais foram colados, utilizando um adesivo multimodo na técnica autocondicionante com condicionamento ácido seletivo em esmalte, associado a uma resina composta fluida. A resistência à fratura foi avaliada em uma máquina de teste universal, sob força compressiva (1 mm/min-1). Os dados foram submetidos à análise de variância (ANOVA) a dois critérios, seguido de teste Tukey (5%). Resultados: Nenhuma interação estatisticamente significante foi observada entre os períodos de desidratação e reidratação (p>0,05). Apenas o tempo de reidratação aumentou significativamente a resistência à fratura após colagem, quando comparada com grupos submetidos somente à desidratação, independentemente do tempo (15 minutos ou 24h). Conclusão: A reidratação do fragmento dental antes do procedimento de colagem, utilizando um adesivo multimodo, parece devolver a umidade dental suficiente para aumentar os valores de resistência à fratura.
Abstract: The tooth fragment bonding technique, frequently used to restore traumatized teeth, may be affected by dehydration/rehydration periods. Objective: To evaluate the effects of different dry and wet storage intervals on multi-mode adhesive bonding between reattached fragments and teeth. Materials and methods: Eighty-four bovine incisors were fractured and randomized into groups (n=12). After teeth fracturing, each specimen was assigned to one of the following groups: G0: control group (sound tooth); GA1 and GA2: 1-h dehydration and a 15-min or 24-h rewetting period, respectively; GB1 and GB2: 24-h dehydration and a 15-min or 24-h rewetting period, respectively; and GC: 1-h (GC1) or 24-h (GC2) dehydration period only. Tooth fragments were reattached using a multi-mode adhesive in a self-mode technique with a flowable resin composite. The fracture resistance was evaluated in a universal testing machine under a compressive load (1 mm/min-1). Data were submitted to two-way analysis of variance and post-hoc Tukey test (5%). Results: No significant interaction between dehydration and rehydration intervals was observed (p>0,05). Only the step of rehydration affected significantly the reattachment strength when compared to the groups only submitted to dehydration, regardless the interval (15 min or 24 h). Conclusion: Rehydrating a tooth fragment before bonding with a multi-mode adhesive appears to maintain sufficient moisture to increase reattachment strength.
Descrição: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde, 2016.
Licença: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Coorientador(es): Ribeiro, Ana Paula Dias
Aparece nas coleções:FS - Mestrado em Ciências da Saúde (Dissertações)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2016_DéborahLousandoNascimentoPoubel.pdf2,32 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.