Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/22833
Título: Avaliação das mudanças espaciais e temporais na cobertura da terra da APA do Rio São Bartolomeu (Distrito Federal – Brasil) após trinta anos de criação (1984 – 2014)
Autor(es): Neves, Alisson Santos
Orientador(es): Carvalho Júnior, Osmar Abílio de
Assunto: Política ambiental - Brasil
Área de proteção ambiental (APA)
Bacias hidrográficas - São Bartolomeu, Rio (Brasil)
Fragmentação da paisagem
Data de publicação: 8-Mar-2017
Data de defesa: 30-Set-2016
Citação: NEVES, Alisson Santos, Avaliação das mudanças espaciais e temporais na cobertura da terra da APA do Rio São Bartolomeu (Distrito Federal – Brasil) após trinta anos de criação (1984 – 2014). 2016. 83 f., il. Dissertação (Mestrado em Geografia)—Universidade de Brasília, Brasília, 2016.
Resumo: Para viabilizar a correta implementação da política ambiental brasileira é necessário conhecer o território, compreendendo as modificações impostas pelo homem ao longo dos anos. Para tal, estão disponíveis tecnologias como o sensoriamento remoto, que é um conjunto de atividades que permitem a coleta de informações dos objetos que compõem a superfície terrestre sem a necessidade de contato direto com os mesmos. A proteção ambiental está diretamente relacionada a conservação e uso sustentável dos remanescentes de vegetação nativa, para a manutenção da água, preservação da fauna e flora, além da estabilidade geológica. Nesse sentido, estudou-se a APA do Rio São Bartolomeu (82.679,88ha), que é uma unidade de uso sustentável, avaliando a mudanças espaciais e temporais na cobertura da Terra, compreendendo a dinâmica da antropização ao longo dos anos, utilizando técnicas de sensoriamento remoto através de fotografia aérea de alta resolução espacial (0,23 m), obtido por levantamento realizado pelo Governo do Distrito Federal em 2014, e série temporal do sensor Landsat 5 TM, órbita 221 ponto 71, dos anos de 1984, 1987, 1990, 1993, 1996, 1999, 2002, 2005, 2008 e 2011, realizando interpretação visual, com posterior análise de detecção de mudanças através da tabulação cruzada e métricas de fragmentação da paisagem. O estudo concluiu que a área de objeto da análise sofreu durante os primeiros trinta anos com a pressão antrópica, principalmente pelo interesse imobiliário, seja para uso rural ou urbano, em detrimento aos remanescentes de vegetação nativa, que perderam 15.775,83ha, representando 18,80% do território desta área protegida, assim como, fez as manchas de vegetação nativa saírem de 597 em 1984 para 808 em 2014, evidenciando um esfacelamento dos blocos de vegetação natural, através de uma fragmentação que se deu de forma gradual e pontual, destacando as perfurações, que precederam o desaparecimento da vegetação silvestre. Referente à política pública, destaca-se o previsto no PDOT-2009 (Lei Complementar nº803/2009), que encaminha 25,59% da APA do Rio São Bartolomeu a urbanização, colocando em risco a manutenção de 6.033,82ha de vegetação natural que em 2014 estavam na área urbanizável, por outro lado, a Lei nº5.344/2014, elevou para 45,86% a área de maior restrição ambiental nesta unidade de conservação, abrigando 72,80% da vegetação natural existente em 2014.
Abstract: To enable the proper implementation of the Brazilian environmental policy is necessary to know the territory, including changes imposed by man over the years. To this end, available technologies such as remote sensing, which is a set of activities that allow the collection of information objects that make up the earth's surface without the need for direct contact with them. Environmental protection is directly related to conservation and sustainable use of remaining native forest, for the maintenance of water, preservation of wildlife, as well as geological stability. In this sense, the Environmental Protected Area of São Bartolomeu River - EPASBR (82.679,88ha), an area of sustainable use, was studied, evaluating the spatial and temporal changes in land cover, including the dynamics of human disturbance over the years, using remote sensing techniques with high spatial resolution aerial photography (0.23 m), obtained by a survey conducted by the Government of the Federal District, Brazil, in 2014, and time series of Landsat 5 TM sensor, orbit 221 point 71, the years 1984 , 1987, 1990, 1993, 1996, 1999, 2002, 2005, 2008 and 2011, performing visual interpretation with subsequent change detection analysis by cross tabulation and landscape fragmentation metrics. The study concluded that the analysis of the object area suffered during the first thirty years with the anthropic pressure, mainly by the real estate interest, either to rural or urban use, for the detriment of remaining native forest, which lost 15.775,83ha, representing 18,80% of the protected territory. Thus the native forest patches came out from 597 fragments in 1984 to 808 in 2014, showing a disintegration of native forest blocks through a fragmentation that occurred in a gradual and timely manner, highlighting perforations, which preceded the disappearance of native forest. Concerning Public Policy, stands out the provisions of the Master Plan for Land Use Planning, 2009 (Complementary Law 803/2009), which indicate 25.59% of the EPASBR to urbanization, endangering the maintenance 6.033,82 ha of native forest that in 2014 were in the built-up area. On the other hand, Law nº 5.344/2014 amounted to 45.86% the area of greatest environmental restrictions in this protected area, covering 72.80% of the native forest existing in 2014.
Descrição: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Humanas, Departamento de Geografia, Programa de Pós-Graduação em Geografia, 2016.
Licença: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Coorientador(es): Oliveira, Sandro Nunes de
Aparece nas coleções:GEA - Mestrado em Geografia (Dissertações)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2016_AlissonSantosNeves.pdf4,33 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.