Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/22831
Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2016_LidianeCristinaRibeirodaSilva.pdf32,8 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Título: Caracterização anatômica do carvão de espécies florestais nativas e exóticas como subsídio à atividade de fiscalização ambiental
Autor(es): Silva, Lidiane Cristina Ribeiro
Orientador(es): Gomes, Sueli Maria
Coorientador(es): Coradin, Vera Teresinha Rauber
Assunto: Fiscalização ambiental
Carvão
Caatinga
Carvão vegetal
Data de publicação: 8-Mar-2017
Referência: SILVA, Lidiane Cristina Ribeiro. Caracterização anatômica do carvão de espécies florestais nativas e exóticas como subsídio à atividade de fiscalização ambiental. 2016. ii, 88 f., il. Dissertação (Mestrado em Botânica)—Universidade de Brasília, Brasília, 2016.
Resumo: Esforços têm sido envidados para controlar a cadeia do carvão vegetal produzido ilegalmente no Brasil. Uma importante contribuição seria a caracterização de lenhos carbonizados como forma de identificar sua origem (se exótica ou nativa) e a espécie que originou o carvão. O objetivo deste trabalho foi caracterizar a madeira e o carvão de cinco espécies arbóreas nativas da Caatinga e subsidiar a fiscalização ambiental. O material botânico foi coletado na região de Patos/Paraíba. Foram coletados discos de madeira de Schinopsis brasiliensis, Mimosa tenuiflora, Poincianella pyramidalis, Croton sonderianus e Anadenanthera colubrina. Corpos de prova de madeira foram seccionados nas dimensões transversal , tangencial e radial, para análise macro e micro. Discos de madeira foram carbonizados em forno mufla durante 7 hs para análise do carvão. Para a descrição macro, baseou-se em Normas e Procedimentos em Estudos de Anatomia da Madeira. Já para a descrição micro seguiu-se a lista da IAWA. As variações das dimensões entre a madeira e o carvão foi avaliado pelo teste de Tukey.Apesar de algumas modificações, as características qualitativas permanecem, permitindo o processo de identificação do gênero/espécie que o originou. São peculiaridades da anatomia do carvão das espécies analisadas que a distinguem uma das outras: anéis individualizados por parênquima marginal; parênquima vasicêntrico, aliforme linear e losangular e vasos pouco obstruídos (Mimosa tenuiflora); parênquima confluente em trechos curtos e longos, às vezes formando faixas, raios pouco contrastados na radial, estratificação dos raios (Poincianella pyramidalis); anéis individualizados por zonas fibrosas escuras e parênquima marginal mal demarcado, parte dos vasos obstruídos, parênquima vasicêntrico (Anadenanthera colubrina); anéis individualizados por zonas fibrosas escuras e parênquima marginal, vasos obstruídos, parênquima vasicêntrico, canais radiais grandes ( Schinopsis brasiliens s); anéis individualizados por anéis semi-porosos e zonas fibrosas escuras, raios pouco contrastados na radial ( Croton sonderianus). Os seguintes caracteres ficaram mais evidentes no carvão: contraste dos raios, visibilidade dos raios, agrupamento dos vasos, parênquima marginal. Já tais caracteres apresentaram limitações na visibilidade: parênquima paratraqueal escasso e unilateral, apotraqueal difuso e difuso em agregados. Análises sob MEV são importantes para a observações detalhadas, sendo requisitadas em identificações forenses onde a abordagem macro não se mostre capaz de oferecer um direcionamento taxonômico.
Abstract: Efforts have been made to centrei he chain of charcoal produced illegally in Brazil. An important contribution would belhe characterizati on of carbonized wood as way to identify their origin (exotic or native) andlhe species that originatedlhe charcoal.The objective of this study was to characterize anatomicallylhe wood and charcoal of five native species of Caatinga and supportlhe monitoring inlhe centrei of illegal charcoal trade. The botanical material was collected inlhe region of Patos I Paraíba. The wood discs samples collected were: Schinopsis brasiliensis, Mimosa tenuiflora, Poincianella pyramidalis, Croton sonderianus and anadenanthera colubrina. Wood specimens were sectioned inlhe transversa, tangential and radial dimensions for macro and micro analysis. Wood discs were carbonized in a muffle fumace for 7 hours for analysis of charcoal. Forlhe macro description, it was based on Rules and Procedures inlhe Wood Anatomy Studies and forlhe micro description followed bylhe list of IAWA. Variations in dimensions between wood and charcoal was evaluated by Tukey test. Despite some changes,lhe qualitativa characteristics remain, allowinglhe genre/species identification process that originated it. Are peculiarlties of charcoal anatomy oflhe analyzed species that distinguish one from lhe other: rings individually by marginal parenchyma; vasicentric paratracheal parenchyma, aliforme linear, lozenge and little clogged vessels (Mimosa tenuiflora); paratracheal parenchyma confluent in short and long stretches, sometimes forming bands, little contrasted rays in radial stratification of rays in tangential (Poincianella pyramidalis); rings individualized by dark fibrous areas and poorly demarcated marginal parenchyma of he blocked vessels, vasicentric paratracheal parenchyma (Anadenanthera colubrina); rings individualized by dark and marginal parenchyma fibrous areas, obstructed vessels, vasicentric paratracheal parenchyma, large radial channels ( Schinopsis brasiliensis ); rings individually by semi-porous fibrous rings and dark areas, vessels porosity semi-porous rings, little contras!inlhe radial spokes (Croton sonderianus). The following characters were more evident in the coai: contras! rays, visible rays, grouping of vessels, marginal parenchyma. Already such characters had limitations in visibility: rare and unilateral paratracheal parenchyma diffuse and diffuse apotracheal in aggregate. Analysis under SEM are important for lhe detailed observations are required in forensic identifications wherelhe macro approach does not show able to offer a taxonomic direction.
Informações adicionais: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Biológicas, Departamento de Botânica, Programa de Pós-Graduação em Botânica, 2016.
Licença: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Aparece nas coleções:BOT - Mestrado em Botânica (Dissertações)

Mostrar registro completo do item Recomendar este item Visualizar estatísticas



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.