Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/22814
Título: “Eu quero ser feliz agora” : amor, existência e hipermodernidade no texto poético performatizado de Oswaldo Montenegro
Autor(es): Filgueira, André Luiz de Souza
Orientador(es): Cyntrão, Sylvia Helena
Assunto: Poesia
Montenegro, Oswaldo, 1956- - crítica e interpretação
Hipermodernidade
Data de publicação: 7-Mar-2017
Data de defesa: 28-Nov-2016
Citação: FILGUEIRA, André Luiz de Souza. “Eu quero ser feliz agora”: amor, existência e hipermodernidade no texto poético performatizado de Oswaldo Montenegro. 2016. 155 f. Tese (Doutorado em Literatura)—Universidade de Brasília, Brasília, 2016.
Resumo: Este estudo analisa a presença das questões amorosas e existenciais no texto poético das canções autorais de Oswaldo Montenegro em De passagem, de 2011. O que se quer é demonstrar como o texto poético capta a identidade do sujeito contemporâneo. Para isso, inicia-se a investigação a partir do conceito de canção (categoria híbrida, composta de poesia e melodia), feita com as contribuições de Charles Perrone, Paul Zumthor, José Ramos Tinhorão e Sylvia Cyntrão. Na sequência, são examinados os conceitos de linguagem e texto poético, buscando subsídios epistêmicos nas categorias: essência espiritual, de Walter Benjamin; signo, de Mikhail Bakhtin; poesia, de Octavio Paz e Sylvia Cyntrão, e de imaginário, de Gilbert Durand e Sylvia Cyntrão. Os escritos de Mary Del Priore ajudam a refletir sobre as mudanças nas esferas pública e privada nacional, ao passo que Júlio Simões e Guacira Louro pensam o conceito de sexualidade. Para apontar a temática amorosa nas canções, conta-se com as contribuições de Zygmunt Bauman (com o conceito de amor líquido), além da inserção dos conceitos de intimidade e desejo – pensados por Anthony Giddens, Cláudia Carvalho, André Lázaro, Comte-Sponville, Octavio Paz e Mary Del Priore – globalização, explorada por Eric Hobsbawm e Stuart Hall, e hipermodernidade, de Gilles Lipovetsky. A abordagem da temática existencial se vale da direção de Albert Camus, a partir da obra O mito de Sísifo. O suporte metodológico consultado na análise é oferecido por Maria Luiza Ramos, que apresenta a leitura fenomenológica da estrutura textual; Nelly Novaes Coelho, que chama atenção para a estrutura morfossintática da linguagem poética como ampliadora da plurivocidade lírica, e Umberto Eco, que orienta a extração da direção intencional da obra, apoiada na tríade: intentio operis (intenção da obra), intentio autoris (intenção do autor) e intentio lectoris (intenção do leitor).
Abstract: This study analizes the presence of loving and existential questions in the poetic text of autorship music Oswaldo Montenegro in De Passagem album released, in 2011. The goal is to demonstrate how the poetic text captures the identity contemporary subject. Therefore starts the investigation starting from the cancion concept (understood as hybrid category between poetry and melody), made from contributions of Charles Perrone, Paul Zumthor, José Ramos Tinhorão and Sylvia Cyntrão. Follwing, the language concepts and poetic text are examined searching espitemycs subsidies in the categories: spiritual essence by Walter Benjamin, sign by Mikhail Bakhtin, poetry by Octavio Paz and Sylvia Cyntrão and also the imaginary by Gilbert Duran and Sylvia Cyntrão. The writings of Mary Del Priori helps to reflect about the changes in the public and private national level. While Julio Simões and Guacira Louro discuss the concept of sexuality. Using the contributions of Zygmunt Bauman to point the love theme in the songs (with the liquid love concept). Additionally to the insertion of intimacy and desire concepts thought by Anthony Giddens, Cláudia Carvalho, André Lázaro, Comte-Sponville, Octavio Paz, Mary Del Priore; globalization by Eric Hobsbawm and Stuart Hall; hypermodenity by Gilles Lipovetsky. The approach of the existential question uses the writing by Albert Camus in the book Or myth of Sisyphus. The methodological support consulted in the analysis is offered by Maria Luiza Ramos that shows phenomenological reading of textual structure. The author Nelly Novaes Coelho that chew to the morphosyntatic structure of the poetic language as an amplifying the lyric plurivocity and Umberto Eco which guides the extraction of intentional direction of the composition, supported in the triad: intentio operis (poetical intention), intentio autoris (author intention), intentio lectoris (reader intention).
Descrição: Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Letras, Departamento de Teoria Literária e Literaturas, Programa de Pós-Graduação em Literatura, 2016.
Licença: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Aparece nas coleções:TEL - Doutorado em Literatura (Teses)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2016_AndréLuizdeSouzaFilgueira.pdf1,36 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.