Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/22755
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2016_TalitaFarajFaria.pdf3,65 MBAdobe PDFView/Open
Title: Complicações de estomias em crianças : frequência e fatores associados
Other Titles: Ostomy complications in children : frequency and associated factors
Authors: Faria, Talita Faraj
Orientador(es):: Kamada, Ivone
Assunto:: Estomia
Crianças
Cirurgia - complicações
Issue Date: 24-Feb-2017
Citation: FARIA, Talita Faraj. Complicações de estomias em crianças: frequência e fatores associados. 2016. 98 f., il. Dissertação (Mestrado em Enfermagem)—Universidade de Brasília, Brasília, 2016.
Abstract: O processo de confecção da estomia na criança gera impacto em seu cotidiano e no de seus familiares, pois afeta sua integridade corporal, assim como seu convívio social e sua qualidade de vida. Apesar de a confecção do estoma ser considerada um procedimento cirúrgico simples, geralmente surgem complicações que na maioria das vezes podem ser evitadas. Objetivo: Estudar a ocorrência de complicações de estomias em crianças, caracterizar o perfil sociodemográfico e clínico das crianças atendidas no ambulatório, verificar a incidência destas complicações, assim como o tipo de complicações existentes no estoma e pele periestoma das crianças, além do tratamento empregado para resolução do problema. Método: Trata-se de um estudo quantitativo, descritivo, de caráter prospectivo, realizado com 37 crianças no período de fevereiro a agosto de 2016 no ambulatório de um hospital público de Brasília. Para a análise estatística foi utilizado o programa Statistical Package for the Social Sciences® (SPSS), versão 23.0, onde as variáveis categóricas foram descritas por meio de frequência absoluta e relativa e as variáveis quantitativas por meio da média e desvio padrão. O teste exato de Fisher e o teste qui-quadrado foram utilizados para comparar associações entre variáveis qualitativas. Resultados: Das crianças estudadas, 56,7% apresentaram complicações relacionadas às estomias, totalizando 25 complicações observadas durante a coleta de dados, sendo que algumas das crianças apresentaram mais de um tipo de complicação. A complicação mais frequente foi a dermatite de contato (76% dos casos). Conclusão: Espera-se que os dados obtidos a partir desta pesquisa possam ser utilizados para melhorar o atendimento das crianças estomizadas, subsidiando o planejamento das ações dos profissionais de saúde, a fim de evitar e/ou diminuir a ocorrência das complicações.
Abstract: The process involved on ostomy surgery in children generates an impact on their daily lives and their families, it affects their physical integrity as well as their social life and their quality of life. Despite the ostomy production being considered a simple surgical procedure, complications can arise which, in most cases, can be avoided. Objective: Study the incidence of ostomy complications in children, characterize the sociodemographic and clinical profiles in children seen by the clinic, check the incidence of such implications as well as the type of existing complications in the ostomy and peristomal skin of these children in addition to the treatment employed to solve the problem. Method: This is a quantitative, descriptive, prospective character study performed with 37 children between the periods of February to August 2016 at a clinic of a public hospital in Brasília. For the statistical analysis, the program Statistical Package for the Social Sciences® (SPSS) version 23.0 was used to determine where the categorical variables were described by absolute and relative frequencies and the quantitative variables were described by means of average and standard deviation. The exact Fisher test and the chi-square test were used to compare associations between qualitative variables. Results: From the studied children, 56,7% had ostomy complications, totaling 25 complications during the data collection, and some of the children presented more than one type of complication. The most frequent complication was contact dermatitis (76%). Conclusion: It is expected that the data obtained from this research can be used to improve the care of ostomized children, subsidizing action planning on behalf of health professionals to avoid and/or reduce the complications incidence.
Resumen: El proceso de confección de la ostomía en el niño genera impacto en su cotidiano y en el cotidiano de sus familiares, ya que afecta su integridad corporal, así como su convivio social y su calidad de vida. Aunque se considere la confección del ostoma como un procedimiento quirúrgico simple, generalmente surgen complicaciones que en la mayoría de las veces se pueden evitar. Objetivo: Estudiar la ocurrencia de las complicaciones de ostomías en niños, caracterizar el perfil sociodemográfico y clínico de los niños atendidos en el ambulatorio, verificar la incidencia de estas complicaciones, así como el tipo de complicaciones que existen en el estoma y piel periestoma de los niños, además del tratamiento que se emplea para la resolución del problema. Método: Se trata de un estudio cuantitativo, descriptivo, de carácter prospectivo, realizado entre 37 niños en el periodo de febrero a agosto de 2016 en un ambulatorio de un hospital de la red pública de Brasilia. Para el análisis estadístico se utilizó el programa Statistical Package for the Social Sciences® (SPSS), versión 23.0, donde se describieron las variables categóricas por medio de frecuencia absoluta y relativa y las variables cuantitativas por medio del promedio y desvío estándar. Se utilizaron el test exacto de Fisher y el test chi cuadrado para comparar asociaciones entre variables cuantitativas. Resultados: De los niños estudiados, el 56,7% presentaron complicaciones relacionadas a las ostomías, totalizando 25 complicaciones observadas durante la colecta de datos, siendo que algunos de los niños presentaron más de un tipo de complicación. La complicación más frecuente fue dermatitis de contacto (76%). Conclusión: Se espera que se puedan utilizar los datos obtenidos a partir de esta pesquisa para mejorar el atendimiento a los niños ostomizados, subsidiando la planificación de las acciones de los profesionales de salud, a fin de evitar y/o disminuir la ocurrencia de las complicaciones.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, Departamento de Enfermagem, Programa de Pós-Graduação em Enfermagem, 2016.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:ENF - Mestrado em Enfermagem (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/22755/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.