Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/22678
Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2017_IvetteTatianaCastillaCarrascal.pdf1,07 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Título: Movimentos sociais na construção social de mercados : uma análise comparada entre a Colômbia e o Equador
Autor(es): Carrascal, Ivette Tatiana Castilla
Orientador(es): Balestro, Moisés Villamil
Assunto: Movimentos sociais
Construção social de mercados
Mercados
Colômbia
Equador
Data de publicação: 20-Fev-2017
Referência: CARRASCAL, Ivette Tatiana Castilla. Movimentos sociais na construção social de mercados: uma análise comparada entre a Colômbia e o Equador. 2017. 192 f., il. Tese (Doutorado em Ciências Sociais)—Universidade de Brasília, Brasília, 2017.
Resumo: Qual é a relação entre os recursos dos movimentos sociais e a construção social de mercados agroalimentares? O objetivo principal desta tese é responder a essa pergunta, indicando que os recursos dos movimentos sociais e a construção social de mercados acontecem mediante a resolução de problemas de coordenação, como são o valor, a cooperação e a competição. Para tanto, foi preciso entender a trajetória da construção social dos mercados dos movimentos sociais da Região Andina, suas dinâmicas, práticas e valores e avançar no entendimento de como os movimentos sociais podem influenciar dispositivos de julgamento e códigos culturais. Foi realizada uma análise comparativa entre os casos da Agrosolidaria, na Colômbia, e do meSSe, no Equador. Entrevistas em profundidade realizadas entre 2014 e 2016, junto com pesquisa documental e a utilização de ferramentas como o Nvivo permitiram compreender que os circuitos são utilizados como uma estratégia de organização para alguns dos novos movimentos sociais. A resolução de problemas de coordenação para a construção social de mercados se vale também de dispositivos de julgamento e de outras estratégias para estabelecer a confiança entre produtores e consumidores. Os recursos humanos têm um papel decisivo na construção social de mercados agroalimentares, evidenciando que as relações de solidariedade e reciprocidade são indispensáveis e imprimem uma identidade às dinâmicas próprias das economias locais camponesas e indígenas.
Abstract: What is the relationship between the resources of social movements and the social construction of agrifood markets? The main objective of this thesis answer this question, indicating that the resources of social movements and the social construction of markets happens through the resolution of coordination problems such as value, cooperation and competition. In order to do so, it was necessary to understand the trajectory of the social construction of the markets of the Andean social movements, their dynamics, practices and values and to advance in the understanding of how social movements can influence judgment devices and cultural codes. A comparative analysis was carried out between the cases of Agrosolidaria in Colombia and the meSSe in Ecuador. In-depth interviews conducted between 2014 and 2016, along with documentary research and the use of tools such as the Nvivo allowed us to understand that the circuits are used as an organizational strategy for some of the new social movements. The resolution of coordination problems for the social construction of markets also relies on judgments and other strategies to establish trust between producers and consumers. Human resources play a decisive role in the social construction of agrifood markets, showing that the relations of solidarity and reciprocity are indispensable and impart an identity to the dynamics of local peasant and indigenous economies.
Informações adicionais: Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Sociais, Centro de Pesquisa e Pós-Graduação sobre as Américas, 2017.
Licença: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Aparece nas coleções:ELA - Doutorado em Estudos Comparados sobre as Américas (Teses)

Mostrar registro completo do item Recomendar este item Visualizar estatísticas



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.