Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/22501
Título: Improvisação musical e um improvisador : a música sem fronteiras de Luiz Eça
Autor(es): Monzo, Diogo Souza Vilas
Orientador(es): Freire, Ricardo José Dourado
Assunto: Improvisação (Música)
Música popular
Pianistas
Performance (Arte)
Eça, Luiz, 1936-1922 - crítica e interpretação
Data de publicação: 13-Fev-2017
Data de defesa: 2016
Referência: MONZO, Diogo Souza Vilas. Improvisação musical e um improvisador: a música sem fronteiras de Luiz Eça. 2016. 130 f., il. Dissertação (Mestrado em Música)—Universidade de Brasília, Brasília, 2016.
Resumo: Esta pesquisa aborda a improvisação musical por meio dos solos improvisados do músico, arranjador e pianista “Luiz Eça.” Como esse processo é construído por Luiz Eça? Com foco na performance musical do pianista, a pesquisa buscou compreender a improvisação musical como criação em tempo real na sua relação com a performance musical. Foram selecionadas quatro performances musicais de Luiz Eça, sendo duas da música The Dolphin e duas da música Samba de Uma Nota Só. As performances selecionadas são as mesmas músicas, porém duas gravadas em estúdio e as outras duas gravadas ao vivo. O material selecionado estava registrado por meio do áudio e vídeo. Propõs-se transcrever os áudios para partitura e, em seguida, descrever os solos improvisados de Luiz Eça com o intuito de identificar o material musical usado para proceder com a análise musical. Para análise musical, criou-se um protocolo de análise que serviu como aporte teórico. Após as análises descritivas dos solos improvisados, foram cruzados os dados obtidos e discutiu-se a partir de três aspectos: Como era a improvisação de Luiz Eça? Que recursos utiliza na construção de melodias? Que semelhanças existem nas improvisações de épocas diferentes?
Abstract: This paperwork approaches musical improvisation through the musician, arranger and pianist LuizEça’s improvised solos. How is this process built by LuizEça? Focusing on the pianist’s musical performance, the research sought to understand musical improvisation as creation in real time in its relation to musical performance. Four of LuizEça’s musical performances were selected, two of them being the song The Dolphin and the other two the song Samba de Uma Nota Só. The selected performances are the same songs, although two of them have been recorded in a studio and the other ones have been recorded live. The selected material has been registered in audio and video. It was proposed transcribing the audio to scores and, next, describing LuizEça’s improvised solos in order to identify the musical material being used to proceed with the musical analysis. For the musical analysis, it was created an analysis protocol, which has served as theoretical input After the descriptive analysis of the improvised solos, the data obtained were crossed and discussed from three aspects: (1) How was LuizEça’s improvisation? (2) What resources did he use when building melodies? (3) What similarities are there in improvisations of different periods?
Informações adicionais: Mestrado (dissertação)—Universidade de Brasília, Departamento de música, Programa de Pós-Graduação em Música, 2016.
Aparece nas coleções:MUS - Teses e Dissertações dos Docentes

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2016_DiogoSouzaVilasMonzo.pdf7,94 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.