Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/22407
Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ARTIGO_TesesEstatutoSubjetivo.pdf1,43 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Título: Teses sobre o estatuto subjetivo do significar e comunicar em Kant e Nietzsche
Autor(es): Garcia, André Luis Muniz
Assunto: Kant, Immanuel, 1724-1804
Nietzsche, Friedrich Wilhelm, 1844-1900
Linguagem
Indivíduo
Simon, Josef
Data de publicação: Dez-2013
Editora: Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas da UFMG
Referência: GARCIA, André Luis Muniz. Teses sobre o estatuto subjetivo do significar e comunicar em Kant e Nietzsche. Kriterion, Belo Horizonte, v. 54, n. 128, p. 349-366, dez. 2013. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-512X2013000200005&lng=en&nrm=iso>. Acesso em: 15 jun. 2016. http://dx.doi.org/10.1590/S0100-512X2013000200005.
Resumo: O presente artigo tem por objetivo, na primeira parte, explorar algumas teses gerais apresentadas por recente pesquisa de Josef Simon acerca do estatuto da linguagem na filosofia de Kant, em especial no que tange ao modo de significar e comunicar presente nas reivindicações de verdade dos juízos. Em segundo lugar, pretende-se pontuar a crítica de Nietzsche a um modo de significar e comunicar ao qual denomina “gregário”, contrapondo-o a uma comunicação e significação “individualizada”. Como apontamos no final, a visada interlocução entre Kant e Nietzsche acerca do significar e comunicar se dará segundo um aspecto central: o fator subjetivo presente em qualquer reivindicação discursiva da razão.
Abstract: The present article aims, in the first part, to explore some general theses presented by recent research of Josef Simon concerning the status of language in Kant's philosophy, especially regarding the mode of signification and communication present in the claims for truth of judgment. In the second part, it is intended to point out Nietzsche's critique of a mode of meaning and communication, which he calls "gregarious", confronting it to "individualized" communication and meaning. As it is pointed out in the conclusion, the intended dialogue between Kant and Nietzsche on this theme occurs according to a central aspect: the subjective factor present in any discursive claim of human reason.
Licença: Kriterion: Revista de Filosofia - Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional (CC BY-NC 4.0). Fonte: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-512X2013000200005. Acesso em: 15 jun. 2016.
DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S0100-512X2013000200005
Aparece nas coleções:FIL - Artigos publicados em periódicos

Mostrar registro completo do item Recomendar este item Visualizar estatísticas



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.