Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/22252
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2015_MárioSérgioAlmeidaFalcão.pdf1,01 MBAdobe PDFView/Open
Title: Valores de referência para testes diagnósticos oftálmicos em arara canindé (Ara ararauna) e papagaio verdadeiro (Amazona aestiva)
Authors: Falcão, Mário Sérgio Almeida
Orientador(es):: Galera, Paula Diniz
Assunto:: Aves
Aparelho lacrimal
Tonometria
Papagaio (Ave)
Arara
Issue Date: 26-Jan-2017
Citation: FALCÃO, Mário Sérgio Almeida. Valores de referência para testes diagnósticos oftálmicos em arara canindé (Ara ararauna) e papagaio verdadeiro (Amazona aestiva). 2015. ii, 57 f., il. Tese (Doutorado em Saúde Animal)—Universidade de Brasília, Brasília, 2015.
Abstract: Objetivou-se determinar os valores normais para testes oftálmicos diagnósticos selecionados para Arara Canindé e Papagaio Verdadeiro. Trinta e cinco Ara ararauna (70 olhos) e trinta Amazona aestiva (60 olhos), machos e fêmeas, provenientes de cativeiro credenciado no Distrito Federal, foram utilizadas. O teste de Lacrimal de Schirmer (TLS) médio foi de 7,65 ± 4,57 OD e 6,57 ± 4,37 mm/min OE nas araras e o teste lacrimal de schirmer modificado (TLSm) nos papagaios foi de 6,37 ± 3,8 OD e OE 6,50 ± 4,3 mm/min. O diâmetro horizontal da fissura palpebral foi de 11,67 ± 0,078 mm OD e de 11,78 ± 0,095 OE para araras, e de 10,09 ± 1,02 mm OD e de 10,17 ± 0,79 OE nos papagaios. O TLS pelo teste Pearson apresentou correlação positiva com a medição da fissura palpebral para ambas as espécies estudadas. A pressão intraocular média foi de 11,34 ± 2,53 mmHg para OD anteriormente à anestesia e de 7,65 ± 2,37 mmHg após a anestesia e no OE 11,65 ± 1,78 e de 7,77 ± 1,78 mmHg nas araras, apresentado uma diferença estatística significativa entre as mensurações antes e após a anestesia. Nos papagaios, a PIO média foi de 6,31 ± 1,7 mmHg OD e de 6,13 ± 1,97 no OE. Em nosso estudo 84,15% das amostras analisadas são positivas para crescimento microbiológico, sendo que 56,10 % apresentaram crescimento bacteriano, 10% fungos e 17 %leveduras. Este estudo contribuiu para o estabelecimento de valores de referência para testes de diagnósticos oftálmicas importantes nas espécies estudadas.
Abstract: This study aimed to determine the normal values for selected ophthalmic diagnostic tests for Macaws (Ara ararauna) and Parrot (Amazon aestiva). Thirty-five Ara ararauna (70 eyes) and thirty Amazon aestiva (60 eyes), male and female, from captivity accredited in the Federal District, were used. The Schirmer Tear Test (STT) average was 7.65 ± 4.57 in the right eyes and 6.57 ± 4.37 mm / min in the left eyes on macaws and on the parrots STTm in the right eyes was 6.37 ± 3.8 and in the left eyes was 6.50 ± 4.3 mm / min. The horizontal diameter of the eyelids rhyme was 11.67 ± 0.078 mm in right eyes and 11.78 ± 0.095 in left eyes on macaws, and 10.09 ± 1.02 mm in right eyes and 10.17 ± 0.79 in left eyes, in parrots .The STT by Pearson test showed a positive correlation with the measurement of palpebral fissure for both studied species. The average intraocular pressure was 11.34 ± 2.53 mm Hg for right eyes prior to anesthesia and 7.65 ± 2.37 mm Hg after anesthesia and for left eyes was 11.65 ± 1.78, on the macaws, presented a statistically significant difference between the measurements before and after anesthesia. On parrots the average IOP was 6.31 ± 1.7 mm Hg in the right eyes and 6.13 ± 1.97 in the left eyes. In our study 84.15% of samples are positive for microbial growth, of which 56.10% had bacterial growth, 10% fungi and 17% yeasts. This study contributed to the establishment of benchmarks for testing of important ophthalmic diagnoses in the studied species.
Description: Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Agronomia e Veterinária, Programa de Pós-Graduação em Saúde Animal, 2015.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
DOI: http://dx.doi.org/10.26512/2015.12.T.22252
Appears in Collections:FAV - Doutorado em Saúde Animal (Teses)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/22252/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.