Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/22086
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2016_MarceloTavaresCastro.pdf3,47 MBAdobe PDFView/Open
Title: Controle biológico de Hypsipyla grandella Zeller (lepidoptera: pyralidae) e novos relatos de ácaros e fungos em mogno (Swietenia macrophylla King) em Brasília/DF
Authors: Castro, Marcelo Tavares de
Orientador(es):: Monnerat, Rose Gomes
Assunto:: Bacillus thuringiensis
Mogno
Fungos fitopatogênicos
Ácaros
Issue Date: 6-Jan-2017
Citation: CASTRO, Marcelo Tavares de. Controle biológico de Hypsipyla grandella Zeller (lepidoptera: pyralidae) e novos relatos de ácaros e fungos em mogno (Swietenia macrophylla King) em Brasília/DF. 2016. xvii, 177 f., il. Tese (Doutorado em Agronomia)—Universidade de Brasília, Brasília, 2016.
Abstract: O mogno (Swietenia macrophylla King) é uma espécie florestal extremamente apreciada pela qualidade de sua madeira, plasticidade silvicultural e beleza ornamental. O seu corte em áreas naturais foi tão abusivo que atualmente é uma espécie protegida e ameaçada de extinção. Apesar disso, o cultivo do mogno tem se estabelecido em diversas partes do mundo, inclusive no Brasil, tanto em plantios comerciais, quanto na arborização de diversas cidades. Porém, um dos principais entraves para o estabelecimento pleno de plantios maciços de mogno consiste no aparecimento de pragas, sobretudo da Hypsipyla grandella Zeller (Lepidoptera: Pyralidae), considerada a principal praga da espécie. Por conta disso, estudos a respeito da sanidade do mogno estão concentrados nesse inseto e outros organismos danosos praticamente não têm sido relatados e são, muitas vezes, subestimados. Com base nisso, esse trabalho teve como objetivo principal buscar agentes de biocontrole da H. grandella, e avaliar quais espécies de ácaros e fungos ocorrem em mogno nas condições do Distrito Federal. O trabalho está dividido em oito capítulos. No primeiro capítulo, frutos de mogno foram analisados quanto à predação por H. grandella, revelando que muitos dos frutos caídos coletados foram atacados e consumidos pelo inseto. No segundo capítulo, um método de criação da H. grandella com o uso de sementes de mogno foi estabelecido, de forma a fornecer insetos para bioensaios seletivos. No terceiro capítulo, um isolado do fungo entomopatogênico Beauveria bassiana (Bals.) Vuill foi caracterizado e testado quanto a sua patogenicidade em lagartas de H. grandella, com 70% de mortalidade. Já no quarto capítulo, estirpes de Bacillus thuringiensis Berliner foram testadas para averiguar a sua toxicidade em lagartas de H. grandella e determinar a CL50 das melhores estirpes e de toxinas Cry individuais. Os resultados indicaram haver sinergismo entre essas toxinas. No quinto capítulo, as melhores estirpes dos bioensaios foram utilizadas de forma sistêmica em mudas de mogno para averiguar o potencial endofítico da bactéria e o quanto ela pode causar mortalidade em lagartas através da aplicação no solo. Nesse capítulo, uma estirpe em especial (S1905) teve uma eficiência de 88% para o controle da H. grandella de forma sistêmica. No sexto capítulo são apresentadas duas novas ocorrências de ácaros plantícolas associados ao mogno no mundo (Aceria sp. e Eutetranychus banksi McGregor), com a apresentação de uma nova espécie de Eriophyidae. No sétimo capítulo foi verificada a ocorrência de fungos em sementes de mogno coletadas em Brasília e um fungo patogênico foi encontrado, Fusarium oxysporum Schlecht. Por fim, no oitavo capítulo, dois novos fungos foliares são descritos para o mogno, Phomopsis sp. e Phyllosticta swieteniae Garcia. Esse trabalho mostrou que o mogno, apesar de tão conhecido, é pouco estudado quanto a sua sanidade e que muitos organismos estão associados a essa espécie, podendo, muitos deles, serem específicos. Além disso, novas formas de controle são apresentadas para a H. grandella, sua principal praga, de forma a reduzir a pressão do uso de produtos químicos e incorporar o seu uso em programas de manejo integrado.
Abstract: Mahogany (Swietenia macrophylla King) is a forest species appreciated by the quality of its woods, silvicultural plasticity and ornamental beauty. Your cut in natural areas was so abusive that currently is a protected and endangered species. Nevertheless, mahogany cultivation has been established in various parts of the world, including Brazil, both in commercial plantations, and the plantation of trees in several cities. However, a major obstacle to the full establishment of mahogany massive plantations is the appearance of pests, particularly the Hypsipyla grandella Zeller (Lepidoptera: Pyralidae), a major pest of the species. Because of this, studies about the sanity of mahogany are concentrated in this insect and other harmful organisms have hardly been reported and are often underestimated. Based on this, this work aimed to conduct studies regarding H. grandella, especially as its control using biocontrol agents and describe the main harmful organisms associated with the species in Distrito Federal, Brazil. This work is divided into eight chapters. In the first chapter, mahogany fruits were analyzed about the predation by H. grandella, revealing that many of the collected fallen fruits were attacked and eaten by the insect. In the second chapter, a method of creating H. grandella using mahogany seeds was established in order to provide insects for selective vioassays. In the third chapter, an isolate of the entomopathogenic fungus Beauveria bassiana (Bals.) Vuill was characterized and tested about your pathogenicity in H. grandella caterpillars, with 70% of mortality. In the fourth chapter, strains of Bacillus thuringiensis Berliner were tested to determine their toxicity in H. grandella caterpillars and determine the LC50 of the best strains and the individual toxins Cry. The results showed synergism between these toxins. In the fifth chapter, the best strains of bioassays were used systemically in mahogany seedlings to determine the potential of endophytic bacteria and how it can cause mortality in caterpillars when applied in the soil. In this chapter, a strain in particular (S1905) had 88% of efficiency to control H. grandella systemically. The sixth chapter presents two new occurrences of plant inhabiting mites associated with mahogany worldwide (Aceria sp. and Eutetranychus banksi McGregor), with the presentation of a new Eriophyidae. In the seventh chapter, the occurrence of fungi in mahogany seeds collected in Brasilia was verified and a pathogenic fungus was found, Fusarium oxysporum Schlecht. Finally, in the eight chapter two new foliar fungi are described for mahogany, Phomopsis sp. and Phyllosticta swieteniae Garcia. This work has shown that mahogany, although as known, is little studied about your sanity and many organisms are associated with this species, and may many of them to be specific. Moreover, new forms of control are presented to H. grandella, a major pest of mahogany, in order to reduce the pressure of use of chemicals and incorporate their use in integrated pest management programs.
Description: Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária, Programa de Pós-graduação em Agronomia, 2016.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:FAV - Doutorado em Agronomia (Teses)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/22086/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.