Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/22083
Título: Identidade revelando crenças na sala de aula de formação de professores de línguas
Autor(es): Vieira, Valdilene Santos Rodrigues
Orientador(es): Andrade, Mariana Rosa Mastrella de
Assunto: Formação profissional - linguagem e línguas
Professores - crença
Identidade cultural
Professores de línguas - formação
Data de publicação: 5-Jan-2017
Data de defesa: Jul-2016
Referência: VIEIRA, Valdilene Santos Rodrigues. Identidade revelando crenças na sala de aula de formação de professores de línguas. 2016. 114 f., il. Dissertação (Mestrado em Linguística Aplicada)—Universidade de Brasília, Brasília, 2016.
Resumo: A necessidade de refletir sobre crenças na sala de aula de formação de professores deu origem a muitas pesquisas. A partir de então, diversos estudos foram desenvolvidos, variando desde crenças e cultura de aprender língua estrangeira, até casos mais específicos, como ansiedade, motivação, gramática, uso de tecnologias, identidade e mudança, e o ensino e aprendizagem de ensinar língua estrangeira na escola pública. Ao tratar da sala de aula de formação de professores, Gimenez (1994), seguida pelos estudos de Barcelos (2003), Conceição (2008), Silva (2011), Oliveira (2013), dentre outros, destacam que crenças de professores, não apenas cognitivas, mas também experienciais e contextuais, surgem de suas práticas docentes e de vivências que os licenciandos têm tanto como professores quanto como alunos, e ressalta a necessidade de estudos mais aprofundados, destacando a relação entre crenças e fatores relativos ao contexto. Neste sentido, este estudo tem como objetivo principal analisar de que forma discussões sobre a temática “Identidades” pode suscitar, problematizar e promover impactos nas crenças dos licenciandos do 8º Período do Curso de Letras/Inglês de uma selecionada Universidade. O tema Identidades, aplicado como provocador deste estudo, foi selecionado a partir da necessidade de observações mais aprofundadas sobre os dois construtos: crenças e identidade que, conforme Barcelos (2003), são inseparáveis, já que ambos são construídos na interação, além de serem constituídos sempre através de fatores sociais, culturais e históricos, e de acordo com o contexto vivido pelo indivíduo. Assim, buscaremos suporte em autores como Barcelos (2001, 2003, 2004, 2007, 2011, 2012, 2015), Silva (2005, 2010, 2011), Kalaja (2003), Hosenfeld (2003), Oliveira (2013), Almeida Filho (1993, 1999) Pajares (1992), dentre outros, que têm crenças como objeto central de investigação. Este estudo se desenvolveu por meio de uma abordagem qualitativa, de cunho interpretativista, em um estudo de caso, e é adotado por estudiosos que objetivam encontrar fatos que sustentam a compreensão dos dados coletados. Tais dados foram coletados durante uma disciplina inserida na grade curricular dos alunos através de questionários, entrevistas gravadas, relatos e seminários gravados. Após problematizadas, os licenciandos sinalizaram algum movimento de mudança de crenças. Este estudo contribui para a formação de professores que, através da reflexão e apresentação das crenças dos participantes do estudo, pode guiar formadores e licenciandos na busca para a eficácia do ensino e da aprendizagem de línguas. ______________________________________________________________________________________________________ ABSTRACT
The need to reflect on beliefs in teachers’ education classroom has led to much research in the area. Since then, several studies were developed, ranging from beliefs and cultureof learning a foreign language, even more specific cases such as anxiety, motivation, grammar, use of technology, identity and change, and the teaching and learning, of teaching foreign language in the public school. When dealing with teachers’ education classroom, Gimenez (1994), followed by studies of Barcelos (2203), Conceição (2008), Silva (2011), Oliveira (2013), among others, points out that teachers’ beliefs, not only cognitive, but also experiential and contextual, arise from their teachers practices and from experiences that the undergraduates have both as teachers and as students and highlights the need for further studies, alert of relationship between beliefs and context-related factors. In this sense, the principal aim of this study was to analyze how discussions about the subject “Identities” may evoke, problematize and promote impacts on the beliefs of the undergraduates who were attending the 8th semester of the Letters/English Course in a choosen University. The subject Identities applied as provoker of this study was selected from de needs of deep observations about the two constructs: beliefs and identity that, according Barcelos (2003), are inseparable, since both are built on the interaction and always are constructed by social, cultural and historical factors and according to the context experienced by the individual. Then, authors like Barcelos (2001,2003,2004,2007,2011,2012,2015, Silva (2005, 2010, 2011), Kalaja (2003), Hosenfeld (2003), Silva (2005, 2011), Oliveira (2013), Almeida Filho (1993,1999), Pajares (1992), among others that have beliefs as a central object of investigation, were used as support. This study was developed through a qualitative approach, the interpretative way in a case study and is adopted by scholars who aim to find facts that support the understanding of the data collected. Data were collected in a subject inserted in the curriculum of students through questionnaires, recorded interviews, written reports and seminars. The analysis and discussion of the data identified beliefs, recurring or not, exposed by the licensees. After they were problematized, they signaled some movement of beliefs changing. The study contributes to teachers’ education, which, through reflection and presentation of the participants’ beliefs in the teachers’ education classroom, can guide trainers and graduates in the search for the effectiveness of language teaching and learning.
Informações adicionais: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Letras, Departamento de Línguas Estrangeiras e Tradução, Programa de Pós-Graduação em Linguística Aplicada, 2016.
Licença: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Aparece nas coleções:PGLA - Mestrado em Linguística Aplicada (Dissertações)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2016_ValdileneSantosRodriguesVieira.pdf976,42 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.