Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/22064
Título: Modelagem e simulação de informações do estado de saúde codificados pela classificação internacional de funcionalidade, incapacidade e saúde : requisitos e subsídios para sistemas de informações em saúde
Título(s) alternativo(s): Modeling and simulation of informations of health condition coded by international classification of functioning, disability and health : requirements and allowances for health information systems
Autor(es): Barbosa, Paulo Henrique Ferreira de Araujo
Orientador(es): Martins, Emerson Fachin
Assunto: Simulação (Computadores)
Sistemas de informação
Data de publicação: 4-Jan-2017
Data de defesa: 6-Jul-2016
Citação: BARBOSA, Paulo Henrique Ferreira de Araujo. Modelagem e simulação de informações do estado de saúde codificados pela classificação internacional de funcionalidade, incapacidade e saúde: requisitos e subsídios para sistemas de informações em saúde. 2016. xvii, 183 f., il. Dissertação (Mestrado em Ciências e Tecnologias em Saúde)—Universidade de Brasília, Brasília, 2016.
Resumo: A Classificação Internacional de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde (CIF), proposta pela Organização Mundial de Saúde, propõe uma organização taxonômica que se baseia em um modelo de estado de saúde, no qual as informações são codificadas e qualificadas em funcionalidade ou incapacidade, representando concepções de atenção à saúde em formato biopsicossocial. No entanto, devido à sua complexidade, há uma limitação de uso, tanto em pesquisa quanto na prática clínica. Motivado pelos avanços na área de tecnologia da informação, este trabalho foi construído no ideário de descomplicar processos por soluções tecnológicas. Assim, partiu-se da necessidade de modelar as informações contidas na CIF, buscando requisitos essenciais para desenvolver um programa de computador, bem como ouvir o público-alvo no processo de desenvolvimento. O objetivo do presente estudo foi desenvolver um instrumento capaz de utilizar informações convertidas nos códigos propostos pela CIF, para estabelecer uma medida do estado de saúde de indivíduos e de populações e que represente índices confiáveis e válidos para aplicação em sistemas de informação em saúde. Foi proposto um delineamento de estudo transversal do tipo descritivo e exploratório para desenvolvimento tecnológico, incluindo abordagens quantitativas e qualitativas de análise de conteúdo do discurso coletivo, além de modelagem de dados de um relato de caso. A pesquisa foi executada em três etapas, que se desenvolveram de forma concorrente: (1) Modelagem dos dados relevantes para o software a partir do relato de caso, que se descreveu e caracterizou as informações obtidas da estrutura da CIF e dos códigos qualificados; (2) levantamento dos requisitos e validação aparente por meio do método qualitativo de grupo focal, acerca das demandas dos futuros usuários do software, além de estabelecer uma lista de requisitos úteis para o (3) desenvolvimento do programa de computador de contínua discussão interprofissional. Tal sequência de eventos seguiu o modelo de simulação sugerido para desenvolvimento de programas de computador, produzindo resultados teóricos, conceituais, gráficos e numéricos. Conclui-se que o estado de saúde é mais bem representado por um modelo de medida tridimensional que considera os eventos ao longo do tempo e em função de condições de saúde, a partir de uma proporção entre o que é funcional e incapacidade, além do precedente que o relato de caso proporcionou para a discussão de conceitos e caracterização do fluxo de informações e da organização taxonômica da CIF principalmente simulados em escala individual. Ainda foi possível fazer a validação aparente pelo grupo focal, que resultou em uma lista de requisitos que contribuiu no desenvolvimento da versão preliminar do produto desejado: o DataCIF. ________________________________________________________________________________________________ ABSTRACT
The International Classification of Functioning, Disability and Health (ICF), proposed by the World Health Organization, proposes a taxonomic organization that is based on a health model, in which information is coded and qualified in functionality or disability, representing concepts of health cares in biopsychosocial format. However, due the complexity, there is a limitation of use, both in research and in clinical practice. Motivated by advances in information technology, this work was built on the idea to uncomplicate the processes by technological solutions. So, it started with the need to model the information contained in the ICF, seeking essential requirements to develop a computer program and listen to the target audience in the development process. The aim of this study was to develop a tool able to use converted information into code proposed by the ICF to establish a measure of the health condition of individuals and populations, and that represents reliable and valid indices for investment in health information systems. It was proposed a outlining of cross-sectional study of the descriptive and exploratory type for technological development, including quantitative and qualitative approaches to collective speech content analysis, and modeling of data of a case report. The research was performed in three stages, which developed concurrently: (1) modeling of data relevant to the software from the case report which described and characterized the information obtained from the ICF structure and qualified codes; (2) survey of the requirements and apparent validation through the qualitative method of focus group, which was heard the demands of future users of the software, beyond to establish a list of useful requirements for (3) development of the computer program of discussion interprofessional continuous. This sequence of events followed the simulation model suggested for the development of computer programs, producing theoretical results, conceptuals, graphics and numeric. It follows that the health condition is better represented by a threedimensional measurement model that considers the events over time and due to health conditions, from a proportion between which is functional and disability, beyond the precedent that the case report provided for the discussion of concepts and characterization of information flow and of the taxonomic organization of ICF, mainly simulated on an individual scale. In addition, it was possible to do the apparent validation by the focus group, which resulted in a list of requirements that contributed to development of the preliminar version of the desired product: DataCIF.
Descrição: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ceilândia, Programa de Pós-Graduação em Ciências e Tecnologias em Saúde, 2016.
Texto parcialmente liberado pelo autor. Foram disponibilizados Resumo, Abstract.
Licença: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Aparece nas coleções:PGCTS - Mestrado em Ciências e Tecnologias em Saúde

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2016_PauloHenriqueFerreiradeAraújoBarbosa_Parcial.pdf369,83 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.