Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/22000
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2015_JúliaDiasEscobarBrussi.pdf4,82 MBAdobe PDFView/Open
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorSautchuk, Carlos Emanuel-
dc.contributor.authorBrussi, Júlia Dias Escobar-
dc.date.accessioned2016-12-20T16:10:04Z-
dc.date.available2016-12-20T16:10:04Z-
dc.date.issued2016-12-20-
dc.date.submitted2015-12-16-
dc.identifier.citationBRUSSI, Júlia Dias Escobar. Batendo bilros: rendeiras e rendas em Canaan (Trairi – CE). 2015. 222 f., il. Tese (Doutorado em Antropologia)—Universidade de Brasília, Brasília, 2015.en
dc.identifier.urihttp://repositorio.unb.br/handle/10482/22000-
dc.descriptionTese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Sociais, Departamento de Antropologia, Programa de Pós-graduação em Antropologia Social, 2015.en
dc.description.abstractA partir da compreensão da renda de bilros enquanto uma prática que configura objetos, pessoas, relações e subjetividades próprias, essa tese busca destacar a importância e a participação dos gestos e engajamentos técnicos em tais processos de construção. A descrição de diferentes dimensões relacionadas à elaboração de uma renda e à formação das rendeiras, por meio das respectivas ações e sequências operativas, visa dar ênfase aos processos, ao invés dos produtos já finalizados. O trocar e o bater dos bilros nos ensinam não apenas sobre as rendas e rendeiras de Canaan (Trairi – CE), mas iluminam aspectos vinculados às suas escolhas produtivas e às transformações que podem – ou não – incorporar.en
dc.language.isoPortuguêsen
dc.rightsAcesso Abertoen
dc.titleBatendo bilros : rendeiras e rendas em Canaan (Trairi – CE)en
dc.typeTeseen
dc.subject.keywordAntropologiaen
dc.subject.keywordRenda de bilroen
dc.rights.licenseA concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.en
dc.identifier.doihttp://dx.doi.org/10.26512/2015.12.T.22000-
dc.description.abstract1This thesis departures from the understanding of bobbin lace as a practice that configures objects, people, relations and subjectivities. It aims to detach the importance and the participation of gestures and technique engagements in these processes. The description of different dimensions related to making a lace and forming a lace-maker, from the respective actions and operative sequences, seeks to emphasize the processes instead of the final products. The changing and hitting of the bobbins teaches us not only about lace and the lace-makers of Canaan (Trairi – CE, Brazil), but illuminates aspects that are related to their productive choice and the transformations they can – or cannot – incorporate into their production.-
Appears in Collections:DAN - Doutorado em Antropologia (Teses)

Show simple item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/22000/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.