Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/21955
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2016_IdelvâniaPassosdeAraújoOliveira.pdf4,53 MBAdobe PDFView/Open
Title: “Entrei no curso assim, eu... e hoje, nesse grupo, eu me sinto nós” : a formação de professores no curso “vivências com a musicalização”
Authors: Oliveira, Idelvânia Passos de Araújo
Orientador(es):: Azevedo, Maria Cristina de Carvalho Cascelli de
Assunto:: Formação continuada
Música - instrução e estudo
Socialização profissional
Formação de educadores
Professores - formação continuada
Issue Date: 19-Dec-2016
Citation: OLIVEIRA, Idelvânia Passos de Araújo. “Entrei no curso assim, eu... e hoje, nesse grupo, eu me sinto nós”: a formação de professores no curso “vivências com a musicalização”. 2016. 216 f., il. Dissertação (Mestrado em Artes)—Universidade de Brasília, Brasília, 2016.
Abstract: O professor se forma ao longo de sua trajetória como aluno e como docente. Nesse processo, os cursos de formação continuada, paralelos e concomitantes à atuação profissional, constituem uma importante ação formativa para o desenvolvimento profissional docente, pois possibilitam inovar e conhecer novas ferramentas e metodologias para vencer os desafios da prática. Assim, uma proposta de formação musical para professores da Educação Básica propicia tanto o desenvolvimento musical quanto a aquisição de saberes pedagógicos musicais que os habilitem a trabalhar com atividades musicais na sua sala de aula. Nesse sentido, a formação continuada em música é o foco de estudo desta pesquisa de mestrado profissional. O objeto de estudo é o curso de formação continuada “Vivências com a Musicalização” promovido pelo Centro de Aperfeiçoamento dos Profissionais da Educação (EAPE) da Secretaria de Estado de Educação do Distrito Federal (SEDF), cuja ação formativa vai ao encontro da Lei Federal 11.769/2008 e da Portaria Distrital 132/2014. Dessa forma, esta pesquisa tem por objetivo refletir sobre as possibilidades e os desafios do curso “Vivências com a Musicalização” para a aprendizagem musical dos professores em formação, considerando a sua proposta pedagógico-musical, suas atividades e a percepção dos professores sobre os saberes vivenciados durante o curso. O aporte teórico se apoia em autores que discutem a formação docente – Garcia (1999, 2009), Imbernón (2010, 2011), Nóvoa (1992, 1995, 2002, 2007), Shulman (1986), Tardif e Lessard (2013); a aprendizagem do adulto – Placco e Souza (2015), Knowles (1978), Carvalho, Barreto e Alves (2010); a aprendizagem musical – Jorgensen (2003, 2008). A formação musical para professores da Educação Básica é abordada a partir de estudos de Bellochio (2000, 2003, 2013, 2014), Figueiredo (2004, 2005, 2007, 2010) e outros pesquisadores na área. A pesquisa-ação orienta a reflexão sobre o curso a partir de fontes de dados como 1) questionários, 2) documentos produzidos durante o curso e 3) observação participante. A análise dos dados reitera a ideia de que o estímulo da musicalidade contribui para a mobilização e apropriação de saberes necessários à prática pedagógico-musical. As experiências formativas no curso são enriquecidas pelas vivências dos professores em formação e possibilitam promover a autoestima, o reconhecimento profissional e a apropriação de saberes profissionais necessários à inserção e manutenção da música nas escolas de Educação Básica do DF. A reflexão sobre o curso revelou a importância da interação entre os professores na apropriação do conhecimento musical e pedagógico-musical, o que comprova a relevância da socialização dos saberes e das experiências docentes para o desenvolvimento profissional. ________________________________________________________________________________________________ ABSTRACT
Teachers’ experiences as students and as educators (in)form their professional trajectory. In such a process, the courses of continuing education offered in parallel and simultaneously to professional practice are presented as an important formative action for teaching professional development due to their possibilities to offer new tools and methodologies to innovate practice and face its challenges. Thus, the offer of music education courses for in-service teachers in compulsory schooling (basic education) provides both musical development and acquisition of pedagogic musical knowledge that enable them to work with music activities in their classrooms. The continuing education in music is the focus of this professional master’s research. The object of study is the continuing education course named “Experiences with initial music learning” (Vivências com a Musicalização). This course is promoted by a centre of professional education (EAPE) linked to the Secretariat of Education in the Federal District of Brazil (SEDF). Its educational actions comply with the Federal Law 11769/2008, and with the District Decree 132/2014. The objective of this research is to reflect on the challenges and possibilities of the above-mentioned course to the music learning of those teachers in training. This study considered the music pedagogy of that course, its activities and teachers’ perceptions about the knowledge experienced during that course. The theoretical underpinning is based on authors who discuss teacher education – Garcia (1999; 2009), Imbernón (2010; 2011), Nóvoa (1992; 1995; 2002; 2007), Shulman (1986) and Tardif and Lessard (2013); adult learning – Placco and Souza (2015), Knowles (1978), Carvalho, Barreto and Aguiar (2010); music learning – Jorgensen (2003; 2008). Music education for practitioners in compulsory schooling (basic education) is dealt with studies by Bellochio (2000; 2003; 2013, 2014), Figueiredo (2004; 2005; 2007; 2010) and other researchers. This action research guides the reflection on the course based on data collected through: 1) Questionnaires; 2) Documents produced during the course; and 3) Participant observation. Data analysis reiterates the idea that nurturing musicality contributes to the mobilization and appropriation of knowledge necessary for the pedagogic musical practices. The formative experiences of the course are enriched by teachers’ experiences. They enable the development of self-esteem, professional accreditation, and the appropriation of professional knowledge necessary for the inclusion and maintenance of music in compulsory schooling (basic education) in the schools of the Federal District of Brazil. The reflection about the course made me realize the importance of interaction among the teachers for their appropriation of musical knowledge and pedagogic musical knowledge. This shows the relevance to socialize knowledge and teaching experiences for their professional development.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Artes, Programa de Pós-Graduação em Arte, 2016.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:IdA - Mestrado em Artes (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/21955/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.