Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/21895
Título: Intensidade do trabalho: questões conceituais e metodológicas
Autor(es): Rosso, Sadi Dal
Cardoso, Ana Cláudia Moreira
Assunto: Conceitos
Metodologia
Trabalho
Data de publicação: Set-2015
Editor: Departamento de Sociologia da Universidade de Brasília
Citação: DAL ROSSO, Sadi; CARDOSO, Ana Cláudia Moreira. Intensidade do trabalho: questões conceituais e metodológicas. Sociedade e Estado, Brasília, v. 30, n. 3, p. 631-650, set./dez. 2015. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-69922015000300631&lng=en&nrm=iso>. Acesso em: 25 maio 2016. http://dx.doi.org/10.1590/S0102-69922015.00030003.
Resumo: O objeto deste artigo é a discussão de elementos conceituais e metodológicos envolvidos com o fenômeno da intensidade do trabalho. Pesquisas realizadas em diversos países mostram que a intensificação é um componente estruturante do trabalho na contemporaneidade e essa tendência tem a capacidade de se prolongar por tempo indefinido sob o paradigma da hegemonia neoliberal que continua a reger as relações econômicas mundiais. O mesmo consenso não prevalece em relação a definições conceituais do fenômeno, seus correspondentes pressupostos teóricos e suas implicações metodológicas. A análise desta falta de consenso constitui o objetivo principal deste artigo. Para atender a este objetivo, será realizada uma revisão da literatura sobre a formulação da teoria do valor trabalho e de pesquisas recentes sobre o tema. A discussão conceitual e metodológica ancora-se na prática de levantamento de informações por meio de surveys da European Working Conditions Survey (EWCS), cujos questionários e relatórios serão analisados no tocante à objetividade e subjetividade, à relação das práticas empíricas com pressupostos conceituais, entre outros. Este ensaio de crítica conceitual e metodológica tem em vista estabelecer parâmetros para pesquisas necessárias ao contexto brasileiro, dadas, especialmente, as implicações da intensificação laboral sobre as condições de saúde de quem trabalha. _______________________________________________________________________________ ABSTRACT
The subject matter of this paper is the phenomenon of work intensity in its conceptual and methodological practices. Recent research made in several countries show that intensification of work is a structuring component in contemporary society and that such tendency may extend for undetermined time under the neoliberal paradigm of hegemony of contemporary world economic relations. The same consensus does not prevail in conceptual definitions of the phenomenon, its theoretical assumptions and methodological implications. An analysis of such lack of consensus is the main goal of this paper. A literature review since the labor theory of value until contemporary research is undertaken. The conceptual and methodological is made regarding the European Working Condition Surveys, whose questionnaire and reports are analyzed about subjectivity and objectivity and the relations of the empirical practices with conceptual definitions. This essay of conceptual and methodological critique aims at contributing with the formulation of parameters that may contribute with the making of necessary researches regarding the Brazilian context, given the implications of the labor intensification process on health conditions of the working people.
Licença: Sociedade e Estado - This is an open-access article distributed under the terms of the Creative Commons Attribution License (Attribution-NonCommercial 4.0 International (CC BY-NC 4.0)). Fonte: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-69922015000300631&lng=en&nrm=iso. Acesso em: 25 maio 2016.
DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S0102-69922015.00030003
Aparece nas coleções:SOL - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ARTIGO_IntensidadeTrabalhoQestoes.pdf1,42 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.