Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/21795
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2016_ThaizArmond.pdf1,4 MBAdobe PDFView/Open
Title: Filogeografia e delimitação de espécies do gênero Clyomys (Rodentia : Echymyidae)
Authors: Armond, Thaiz
Orientador(es):: Giugliano, Lilian Gimenes
Assunto:: Filogeografia
Bioma Cerrado
Roedor - Cerrados
Roedor - filogenia
Issue Date: 21-Nov-2016
Citation: ARMOND, Thaiz. Filogeografia e delimitação de espécies do gênero Clyomys (Rodentia: Echymyidae). 2016. 74 f., il. Dissertação (Mestrado em Zoologia)—Universidade de Brasília, Brasília, 2016.
Abstract: O Cerrado é um bioma brasileiro com alta riqueza de espécies e endemismo, sendo considerado um hotspot de biodiversidade. Apesar da sua importância ecológica, este bioma é continuamente transformado pelas ações humanas, colocando em risco a conservação de muitas espécies que compõem a sua fauna e flora. Nesta situação se enquadram os roedores do gênero Clyomys, que apresentam hábitos coloniais e semi-fossoriais, e cuja distribuição no Cerrado, apesar de ampla, é descontínua. Não existe consenso entre os pesquisadores em relação ao número de espécies dentro do gênero. Para alguns autores ao menos duas espécies são encontradas, C. bishopi no estado de São Paulo e C. laticeps nas demais localidades, enquanto que para outros o gênero possui apenas uma única espécie (C. laticeps). Os marcadores moleculares mitocondriais e nucleares são importantes ferramentas para a análise da variação e estrutura genética existente dentro das espécies e em suas populações, e podem ser utilizados para a resolução de questões relacionadas à definição de status taxonômico. Para esclarecer dúvidas com relação a filogeografia do gênero Clyomys avaliamos, por análises genéticas, 33 indivíduos provenientes de várias localidades distribuídas por quase toda a sua área de ocorrência. A análise de sequências mitocondriais (Citocromo b – CytB; Citocromo c Oxidase Subunidade I - COI) e nucleares (Fator de von Willebrand – vWF, Receptor do Hormônio de Crescimento – GHR e, Beta Fibrinogênio – BFIB) utilizando métodos filogenéticos baseados em máxima verossimilhança e inferência bayesiana mostraram uma possível separação do gênero Clyomys em três espécies, uma ocorrendo em São Paulo, uma na região central do Brasil e a outra na região do Pantanal. Esses resultados foram corroborados com altas probabilidades encontradas nas análises do BP&P. A datação da divergência dessas potenciais espécies sugere que isto tenha ocorrido no Pleistoceno, sendo que a divergência da linhagem próxima ao pantanal ocorreu primeiro. ________________________________________________________________________________________________ ABSTRACT
The Brazilian biome Cerrado is characterized by high species richness and endemism, and it’s considered a biodiversity hotspot. Despite its ecological importance, this biome is constantly changing due to human actions which strongly affects the conservation of many species. Clyomys, composed by colonial and semi-fossorial rodents, clearly fits in this situation. This genus has a large but discontinuous distributions over Cerrado area and there is no consensus among researchers regarding the number of species within the genus. Some authors consider two species, C. bishopi in São Paulo and C. laticeps in other locations, while for others Clyomys has only one species, C. laticeps. Molecular markers are important tools to access population genetic structure and it’s a powerful tool for species delimitation. Thus, we used mitochondrial an nuclear sequences from 33 individuals sampled in almost all known Clyomys range to evaluate the taxonomic status within the genus. The mitochondrial (Cytochrome b - CytB; Cytochrome c Oxidase Subunit I - COI) and nuclear (von Willebrand Factor - vWF, Growth Hormone Receptor - GHR and Beta Fibrinogen - BFIB) sequences were analyzed using phylogenetic methods based on maximum likelihood and Bayesian Inference. This analyses indicated a possible split into three species within Clyomys: one in São Paulo, one in central Brazil and another in the Pantanal. These results were corroborated by BAPS genetic clustering analysis and by a high probability for three distinct species in BP&P analyzes. Molecular dating based on *Beast species tree analysis indicated a recent speciation of these potential three species during Pleistocene in which the Pantanal lineage diverged first.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Biológicas, Programa de Pós-Graduação em Zoologia, 2016.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:IB - Mestrado em Zoologia (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/21795/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.