Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/21634
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2016_EmmanuelHenriqueSouzaRodrigues.pdf3,36 MBAdobe PDFView/Open
Title: A Deus o que é de César : a Câmara Federal e o casamento igualitário, uma análise lingüística
Authors: Rodrigues, Emmanuel Henrique Souza
Orientador(es):: Silva, Edna Cristina Muniz da
Assunto:: Linguística
Religião e política - Brasil
Análise de discurso crítica
Discursos parlamentares - análise do discurso
Issue Date: 1-Nov-2016
Citation: RODRIGUES, Emmanuel Henrique Souza. A Deus o que é de César: a Câmara Federal e o casamento igualitário, uma análise lingüística. 2016. 253 f., il. Dissertação (Mestrado em Linguística)—Universidade de Brasília, Brasília, 2016.
Abstract: Este é um trabalho de Linguística, numa perspectiva sociologicamente orientada, crítica. Dessa forma também é um trabalho que enfoca um debate sociológico, numa análise linguisticamente orientada. Nessa dupla ancoragem, da Sociologia e da Linguística, trago as categorias analíticas da Sociologia para explicar os dados analisados linguisticamente, com as categorias analíticas advindas da Sociologia. O objeto de pesquisa desta dissertação são os discursos parlamentares da 54ª legislatura quando foi tratado o tema casamento igualitário, nos quais observo as relações entre religião e política. Mobilizar as áreas da Linguística e da Sociologia reponde à questão principal de pesquisa, que pergunta como aconteceu a relação, mediada pela linguagem, entre a religião e a política nos discursos parlamentares pronunciados na tribuna da Câmara Federal durante a 54ª legislatura quando foi tratado o tema do casamento igualitário. A análise, por sua vez, foi realizada usando, da Linguística, os aportes da Linguística Sistêmico-Funcional, com a observação do Subsistema de Atitude e do Subsistema de Engajamento, dentro do que a Linguística Sistêmico Funcional define como sendo Metafunção Interpessoal. Os aportes da Sociologia usados para ler os dados descritos linguisticamente são as teorias sobre laicidade e secularização, bem como a de observação da separação entre o público e o privado; tais categorias são evocadas levando em conta uma perspectiva das modernidades múltiplas. Esta é uma pesquisa em Análise de Discurso Crítica. Os resultados apontaram que no Brasil não temos uma fronteira bem definida entre o público e o privado e que a secularização que temos no nosso país tem um modo específico de ser: com uma secularização colocada assim, transitando entre o privado e o público, a laicidade nossa é também nebulosa na nebulosidade da separação do público e do privado. A análise observando o Subsistema de Atitude indicou a postura religiosa conservadora dos deputados e o subsistema de engajamento apontou o quanto não há espaço para o diálogo nos ambientes teoricamente democráticos. Essas questões demonstram que os discursos religiosos são articulados e estão intimamente imbricados no político. Por fim, assumo que este trabalho é essencialmente crítico e fora dessa perspectiva ele não teria razão de existir; também assumo que pretendo que este trabalho se some a outros quanto à sua forma de fazer pesquisa que seja voltada para a humanidade e pela dignificação do humano, sendo peça no processo do respeito aos direitos humanos. Pretendo, ainda, que se some a outros trabalhos também em formas mais humanizadas de apresentação do processo científico em si. _________________________________________________________________________________________________ ABSTRACT
This is a Linguistic research, in a critical sociologically oriented perspective. Thus, it is also a work that focuses on a sociological debate, a linguistically oriented analysis. This double anchorage, Sociological and Linguistics, bring the sociology analytical categories to explain the data analyzed linguistically, with the analytical categories deriving from sociology. The research object of this monograph are the parliamentary speeches of the 54th legislature when it treated the equal marriage issue, in which I observe the relationship between religion and politics. Mobilize the areas of linguistics and sociology responds to the main research question, that question how happened the relationship mediated by language, between religion and politics in parliamentary speeches on the rostrum of the Federal Chamber during the 54th Legislature when it treated the subject of equal marriage. The analysis, in turn, was carried out using the Linguistics, the contributions of Systemic Functional Linguistics, with the observation Subsystem of Attitude and Engagement subsystem, within the Linguistics Systemic Functional defines as Interpersonal Metafunction. The Sociology of contributions used to read the data described linguistically are the theories of laïcité and secularization, as well as the observation of separation between public and private; these categories are mentioned taking into account the perspective of multiple modernities. This is a research in Critical Discourse Analysis. The results showed that in Brazil we do not have a well-defined boundary between public and private and that the secularization we have in our country has a specific way of being: with a secularization placed like this, moving between private and public, our secularity is also uncertainly in the fog of separation of public and private. Analysis observing the attitude subsystem indicated the conservative religious stance of deputies and engagement subsystem pointed out how there is no room for dialogue in the theoretical democratic environments. These questions show that religious discourses are articulated and are closely intertwined in the political. Finally, I assume that this work is essentially critical and out of that perspective, it would have no reason to exist; also, I assume that I want this work to sum others about his way of doing research that is focused on humanity and the dignity of the human, being part in the process of respect for human rights. I intend to further that if some other work also in more human ways of presenting the scientific process itself.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Letras, Departamento de Linguística, Português e Línguas Clássicas, Programa de Pós-Graduação em Linguística, 2016.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:LIP - Mestrado em Linguística (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/21634/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.