Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/2163
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissert_Sergio Arnor Vieira.pdf861,86 kBAdobe PDFView/Open
Title: Governança corporativa em instituições financeiras : análise comparativa entre as normas nacionais e internacionais
Authors: Vieira, Sergio Arnor
Orientador(es):: Niyama, Jorge Katsumi
Assunto:: Instituições financeiras
Contabilidade
Governança corporativa
Issue Date: 13-Nov-2009
Citation: VIEIRA, Sergio Arnor. Governança corporativa em instituições financeiras: análise comparativa entre as normas nacionais e internacionais. 2007. 179 f., il. Dissertação (Mestrado em Ciências Contábeis)-Programa Multiinstitucional e Inter-Regional de Pós- Graduação em Ciências Contábeis, Universidade de Brasília/UFPB/UFPE/UFRN, Brasília, 2007.
Abstract: A governança corporativa atualmente tem ocupado papel de destaque nos meios empresariais e de estudos e pesquisas no ambiente acadêmico, o que motivou a criação de regras e normas, explícitas ou não, com vistas a delimitar a atuação dos administradores e gestores envolvidos, tendo como contrapartida o controle de suas atividades. Tais normas e regras são conhecidas e denominadas como de boas práticas de governança corporativa. Essas regras e normas têm extrapolado o limite do ambiente empresarial e adquirido corpo com relação à utilidade nos mais variados segmentos, seja no campo da administração, contabilidade, direito e, sobretudo, mercado financeiro e de capitais. No caso específico das instituições financeiras, como intermediárias atuantes entre os diversos agentes econômicos, a governança corporativa torna mais relevante e evidente a necessidade do constante aprimoramento se forem levados em conta os diversos riscos assumidos nas transações financeiras por elas realizadas. Este trabalho tem como objetivo descrever, analisar e comparar os sistemas e métodos de governança corporativa aplicáveis ou praticados por instituições financeiras ou que sejam exigíveis para atender os interesses dos stakeholders e, como corolário, apresentar uma análise comparativa entre as normas contábeis nacionais e internacionais. _______________________________________________________________________________ ABSTRACT
Corporate governance has presently occupied an outstanding role in the private enterpreneurship environment as well as in the academy, which has generated a body of rules and regulations, both explicitly and not explicit, to delimitate the acting of corporate managers and executives, consequently leading to a framework to the control of their activities. The rules and regulations referred to are known as corporate governace best practices and, presently, are considered to have tresspassed the boundaries of the corporate environment, gaining momentum in their application in several fields of knowledge, for instance, in accounting, in administration, in law or, specially, in the financial and capital markets. As for the application in financial institutions, the increasing demand for corporate governance is explained both by the role of financial institutions as intermediators in economic processes and the increasing market’s awareness and perception of the risks involved. This paper is focused in analysing the systems and the methods of corporate governance, currently applied by financial institutions, espontaneously or by demand, that aim in satisfying stakeholders’ needs for information, and presenting a comparative analysis between Brazilian and international accounting standards.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Programa Multiinstitucional e Inter-regional de Pós-Graduação em Ciências Contábeis, 2007.
Appears in Collections:CCA - Mestrado em Ciências Contábeis (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/2163/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.